quarta-feira, 15 de agosto de 2018

Raio-x Ligue 1 2018/2019


Valorizado pelo título da Copa do Mundo da Rússia, o futebol da França chega forte para mais uma temporada da Ligue 1. No entanto, se a Marselhesa chegou ao lugar mais alto do pódio na principal competição de seleções do planeta, é um italiano que rouba a cena do campeonato nacional. Gianluigi Buffon deixou a Juventus e vai se aventurar no Paris Saint-Germain pelos próximos dois anos. Um atrativo para lá de importante no processo de afirmação do campeão e mais forte clube do país.
Os craques da Ligue 1 vão contar com a simpatia e o talento do lendário Gianluigi Buffon. Um privilégio (Tribuna do Cisco)
O novo goleiro do PSG, os conflitos internos de uma equipe repleta de estrelas e que vai ser comandada por jovem e rígido alemão. É o raio-x Campeonato Francês 2018/2019, com os demais e bons times do solo bicampeão do mundo.

O FAVORITO

PSG
Títulos: 7
Posição em 2017/2018:
Técnico: Thomas Tuchel
Principal jogador: Neymar
Aposta: Timothy Weah

O melhor time da França na atualidade não deve ter problemas para conquistar tudo o que disputar nas competições domésticas. Na verdade, o principal objetivo de Thomas Tuchel, ex-Borussia Dortmund, vai ser controlar o ego das estrelas e fazer o que ninguém ainda conseguiu: transformar o bando de craques em um time competitivo em nível europeu.

Apesar das críticas, Neymar é o sim o principal
jogador do PSG (PSG/Divulgação)
E para acalmar os ânimos de Neymar, Cavani e Daniel Alves, o time convenceu Buffon a aceitar o desafio longe de Turim. O novo goleiro do PSG, além de seguir sendo magistral em campo, vai ter o desafio de colocar a sua experiência para unir de vez o elenco. Se conseguir, o camisa 1 pode até mesmo se ajudar a conquistar a Liga dos Campeões pela primeira vez em sua carreira gloriosa.

Outro ponto que vale destacar é Mbappé. A jovem e rara joia francesa explodiu na Copa do Mundo e chega para a nova temporada muito mais pesado. O camisa 7 de Paris tem Cristiano Ronaldo como o principal ídolo e se depender do seu início fenomenal de carreira, tem tudo para se tornar uma máquina do futebol dos novos tempos. No novo ano, o seu comportamento vai ser um ponto de interrogação. Afinal, o atacante vai aceitar permanecer como sombra de Neymar ou vai chamar o protagonismo? Apostaria na segunda alternativa.

OS PRINCIPAIS COADJUVANTES

AS MONACO
Títulos: 8
Posição em 2017/2018:
Técnico: Leonardo Jardim
Principal jogador: Falcao García
Aposta: Aleksandr Golovin

Da equipe campeã há duas temporadas, só Falcao
permaneceu de estrela (Monaco/Divulgação)
Bastante enfraquecido em relação as duas últimas temporadas, o Monaco chega ao novo ano como um time que deseja explodir jovens jogadores e ganhar muito dinheiro com isso. A euforia de quando chegou a se tornar um novo rico já é passado e as saídas de grandes nomes como Fabinho, Lemar e João Moutinho mostra que agora a realidade é bem outra.

Porém, o atual elenco é capaz de brigar pela segunda posição, como foi na temporada passada. Leonardo Jardim segue como o comandante da equipe do Principado que permanece com Falcao sendo a referência no ataque.

Entre as contratações, o nome de Aleksandr Golovin é o principal reforço. O destaque russo na Copa do Mundo se valorizou demais na competição e agora vai ter que provar no Monaco que não é um relâmpago de Mundial. Apesar da boa contratação, os monegascos, infelizmente, perderam a ambição.

LYON
Títulos: 7
Posição em 2017/2018:
Técnico: Bruno Genésio
Principal jogador: Nabil Fekir
Aposta: Bertrand Traoré

Terceiro colocado na temporada passada, o Lyon quer pelo menos brigar pela segunda posição diante da dinastia parisiense. O que garante a manutenção da ambição da equipe do técnico Bruno Genésio é a permanência de Nabil Fekir. O bom meia francês, campeão do mundo, foi especulado em Arsenal, Chelsea e Liverpool, mas não chegou a acertar com nenhum dos ingleses. E se ninguém foi capaz de atingir a pedida da equipe heptacampeã da Ligue 1, o jogador vai ficar e ter mais uma temporada de provação em sua boa e jovem carreira.
A permanência de Fekir é quase um título para o Lyon (Lyon/Divulgação)


Além de Fekir, o Lyons tem peças importantes no elenco como Memphis Depay e os dois ótimos atacantes: Mariano e Bertrant Traoré. O segundo, inclusive, vai ter mais um ano para se firmar no futebol de alto nível.

Contudo, não parece que o Lyon seja capaz de assustar o PSG e as suas grandiosas estrelas.

OLYMPIQUE DE MARSEILLE
Títulos: 9
Posição em 2017/2018:
Técnico: Rudi Garcia
Principal jogador: Dimitri Payet
Aposta: Morgan Sanson

Frustração por não ter ido ao Mundial? Que nada!
O único clube francês a ter conquistado um título de Liga dos Campeões da Europa na história foi o que chegou mais perto de uma conquista internacional na temporada passada. O Marseille de Rudi Garcia foi vice-campeão da Liga Europa, perdendo apenas para o Atlético de Madrid. E com uma base bem montada e treinada, o time mais tradicional do país bicampeão do mundo é o principal candidato ao vice-campeonato da Ligue 1.

Como principal referência da equipe, Dimitri Payet tenta recuperar a confiança após ter sofrido a lesão que o tirou da Copa do Mundo. Além dele, o bom atacante Florian Thauvin, que o substituiu na convocação de Didier Deschamps, permanece no elenco, que também conta com a experiência do volante brasileiro Luiz Gustavo, do bom goleiro francês Mandanda, e do faro de gol do atacante grego Kostas Mitroglou. A aposta permanece na juventude do meia Morgan Sanson. O ex-jogador do Montpellier vai para a sua segunda temporada em Marseille.

Diferentemente das últimas temporadas, a Ligue 1 chega para 2018/2019 como terra de um clube só. O PSG está livre, leve solto para se consagrar campeão francês, empatar em títulos com o Monaco e focar principalmente na disputa da Liga dos Campeões da Europa.

Também disputam a Ligue 1 2018/2019:

Amiens
Angers
Bordeaux
Caen
Dijon
Guimgamp
Lille
Montpellier
Nantes
Nice
Nîmes
Reims
Rennes
Saint-Étienne
Strasbourg
Toulouse

Palpite: PSG

Veja também: