terça-feira, 28 de agosto de 2018

Raio-x La Liga 2018/2019


Sem um dos principais pilares do campeonato nos últimos anos, a Liga Espanhola pode ser menos equilibrada na temporada. A saída de Cristiano Ronaldo do Real Madrid deixa o caminho dos recordes livre para Lionel Messi. Mas é nessa brecha que o Atlético de Madrid quer se aproveitar para voltar a ser campeão e provar que o time montado pode bater de frente com os dois gigantes.
Orfã de CR7, La Liga é cada vez mais de Lionel Messi (Tribuna do Cisco)
OS FAVORITOS

ATLÉTICO DE MADRID
Títulos: 10
Posição em 2017/2018: 2°
Técnico: Diego Simeone
Principal jogador: Antoine Griezmann
Aposta: Thomas Lemar

Reforçado com a manutenção de Antoine Griezmann, o Atlético de Madrid chega muito forte para a temporada. O time comandado por Diego Simeone praticamente manteve a base com os seus principais atletas e os destaques da Copa do Mundo podem ganhar mais espaço. Diego Costa já dispensava comentários antes mesmo de protagonizar a Espanha no Mundial da Rússia, mas nomes como o lateral Lucas Hernández, o zagueiro Gimenez e principalmente o novo contratado, Thomas Lemar, podem ir para a equipe titular e mostrar serviço.

O título da Super Copa mostra o quão forte o Atlético pode se tornar ao longo da temporada (Divulgação/Atlético de Madrid)
Além de Lemar, o atacante croata Nikola Kalinic foi contratado, mas esse vai ter que se desvincular do rótulo de indisciplinado, o que o fez ser dispensado da delegação da Croácia, vice-campeã na Copa do Mundo.

A base do Atlético de Madrid é fortíssima, campeã da Liga Europa e da Super Copa da Uefa. Repleta de talentos e comandada por um dos técnicos mais premiados da Europa, as chances dos Colchoneros são grandes em La Liga.

BARCELONA
Títulos: 25
Posição em 2017/2018:
Técnico: Ernesto Valverde
Principal jogador: Lionel Messi
Aposta: Arthur

Contando sempre com a genialidade de Messi,
o Barça de Valverde precisa mostrar mais
 (Divulgação/Barcelona) 
Com o favoritismo anual desde que Messi começou a jogar profissionalmente, o Barcelona também vem com uma equipe semelhante a da temporada passada. O camisa 10, inclusive, agora é o dono da braçadeira de capitão, já que Iniesta foi para o Japão. E com o argentino sendo um dos mais experientes do grupo, o Barça passa por uma fase nova, que aproveita pouco os meninos da base e investe pesado na formação do elenco.

Como contratações, o mais badalado foi do volante chileno Arturo Vidal. Porém, dois brasileiros também foram contratados e geram muitas expectativas. É o caso de Arthur, que teve um crescimento meteórico no Grêmio e agora tem a missão de substituir Iniesta. O outro foi Malcom, que quase ia para a Roma, mas preferiu o Barcelona e chega para ser sombra do trio de ataque formado por Messi, Suárez e Dembelé. Por sinal, livre de lesões e campeão do mundo, o francês deve aparecer mais vezes em campo.

Por outro lado, a temporada também vai precisar ser de afirmação para Valverde. No ano passado, a eliminação nas quartas de final na Liga dos Campeões ligou o sinal de alerta. Por isso, o time necessita apresentar mais futebol e, para isso, Messi precisa retomar o protagonismo, já que a sua participação na última competição europeia foi bem abaixo do que todos costumam ver e esperar.

Na liga espanhola, porém, a tendência é que o time culé brigue de ponta a ponta pelo título.

REAL MADRID
Títulos: 33
Posição em 2017/2018:
Técnico: Julen Lopetegui
Principal jogador: Luka Modric
Aposta: Vinícius Júnior

Time que mais perdeu com o mercado de transferências, o Real Madrid segue a sina de gastar pouco e, ainda assim, brigar por tudo. O atual tricampeão europeu consecutivo perdeu apenas Zinedine Zidane, o técnico responsável por implantar essa dinastia na Liga dos Campeões, e Cristiano Ronaldo, o maior artilheiro da história do clube. É por essas e outras que a aposta em Julen Lopetegui, um treinador jovem e que gosta de apostar nos mais novos, pode ter sido fora de hora.

Courtois chega para um Real que deve ser menos
vitorioso que o passado (Divulgação/Real Madrid)
A principal contratação merengue foi do goleiro Thibaut Courtois. Contudo, neste início de campanha, o belga tem sido reserva de Keylor Navas. Além dele, o time também contratou o jovem lateral-direito Álvaro Odriozola e repatriou o atacante dominicano Mariano. Entretanto, apesar dos reforços, quem está numa situação complexa é o brasileiro Vinícius Júnior. O ex-jogador do Flamengo vivia uma nítida crescente na carreira, mas a venda de Cristiano Ronaldo para a Juventus causou um enorme rebuliço na capital espanhola. E diante disso, o jovem atacante do Brasil foi convocado para se apresentar antes do prazo previsto.

Com muito talento, mas pouco tempo para desenvolver, a pressão sob Vinícius Júnior já é gigante. Ele vai precisar mostrar o que provavelmente ainda não possui para vingar em solo espanhol. Para isso, Lopetegui vai ter que conseguir convencer o torcedor dentro de campo. E nesse sentido, o treinador, primeiramente, terá que domar os nomes experientes, como Marcelo, Kroos, Modric, Isco, Bale e Benzema. Após anos gloriosos, a temporada do Real Madrid não parece que vai ser das melhores.

OS COADJUVANTES

Destaque na Copa, Cheryschev agora é
 do Valencia (Divulgação/Valencia)
Dentre os coadjuvantes da vez, o destaque vai mesmo para o Valencia. O time quase centenário contratou demais: Denis Cheryshev, destaque russo na Copa, Kevin Gameiro e Michy Batshuayi.

Além dos valencianistas, o Sevilla é um time que normalmente chama atenção. Para a nova temporada, o time de Andaluzia espera menos problemas com troca de comandante. Pablo Machín é quem tem a missão de comandar a equipe que, dentro de campo, contratou o atacante português André Silva.

A volta de Santi Cazorla ao Villarreal também é um fato que chama a atenção, no entanto, de resto, nenhum desses clubes são capazes de assustar a soberania do trio de ferro.

Também disputam La Liga 2018/2019:

Alavés
Athletic Bilbao
Betis
Celta de Vigo
Eibar
Espanyol
Getafe
Girona
Huesca
Leganés
Levante
Rayo Vallecano
Real Sociedad
Real Valladolid

Palpite: Barcelona

Veja também: