segunda-feira, 2 de abril de 2018

Onde a tradição é fundamental


A Liga dos Campeões da Europa chega a fase de quartas de final. De um lado, quatro camisas para lá de pesadas, e de outro, mais quatro camisas de clubes de menos tradição, que visam fazer história em busca de uma vaga em Kiev, o palco da decisão desta temporada. E como de costume, Barcelona e Real Madrid largam na frente, mas não podemos duvidar do Bayern nem de Jupp Heynckes. Correndo por fora estão o Manchester City, de Pep Guardiola, o Liverpool, de Jurgen Klopp, e a Juventus, atual vice-campeã europeia. Por fim, estão Roma e Sevilla, que são os meros figurantes, mas que chegaram com méritos entre os oito melhores clubes do continente. Sem mais delongas, vamos aos palpites!

Na Era dos Titãs, seis clubes tentam acabar com a hegemonia de Real Madrid e Barcelona (Arte: Tribuna do Cisco)



Finalistas no ano passado, Juventus e Real Madrid voltam a se encontrar em Liga dos Campeões da Europa. Vale ressaltar que a Velha Senhora e Merengues também se enfrentaram em 2014/2015, nas semifinais. Na ocasião, a Juve levou a melhor.
Craque da Roja, Isco criou uma nova polêmica no vestiário do time de Zidane (Getty Images)
Contudo, a sapatada que levou na decisão da temporada passada deixou a Juventus para lá de assustada. Aquela atuação estava segura ao fim da primeira etapa, mas a superioridade espanhola veio no segundo tempo. No atual momento, os italianos viveram momentos de preocupação na Serie A do Calcio, mas já estão mais tranquilos, afinal, o Napoli tem derrapado na reta final. Além disso, a classificação heroica diante do Tottenham, nas oitavas de final, motivou ainda mais o elenco de Allegri. A Juve chega forte para reencontrar o Madrid.

Dybala volta ao bom futebol na hora certa (Getty Images)
Para o Real Madrid, a única competição na temporada que resta é justamente a Liga dos Campeões. E é muito por causa disso que os Merengues são os favoritos para cima da Juventus. O fato é que os comandados de Zinedine Zidane evoluíram desde janeiro, com a ascensão meteórica de Cristiano Ronaldo, que esteve tímido na primeira metade da campanha. O artilheiro da Champions League é a principal arma espanhola e, como quase sempre, não deve decepcionar.

Palpite: Real Madrid.


Ben Yedder foi o nome que eliminou o United da Liga
(Reuters)
Grande zebra das oitavas de final, o Sevilla é azarão diante de um Bayern de Munique, que nada de braçadas para a glória. Os espanhóis, comandados por Vincenzo Montella, estão longe de fazer uma boa campanha em La Liga. Apenas a sétima colocação após 30 jogos disputados.

No entanto, o que motiva o time do Sevilla é a classificação fora de casa contra o Manchester United. É óbvio que o Bayern é muito mais forte que os Diabos Vermelhos, mas enquanto houver minutos de jogo, há chance para as surpresas. Quem chega como o bom destaque é o atacante francês Ben Yedder. O rapaz ganhou até chance na seleção do seu país depois de eliminar os ingleses nas oitavas de final.

O Bayern assassinou o Borussia Dortmund
no último sábado (AFP)
Enquanto isso, o Bayern de Munique não parece que vai ter o mínimo de respeito pelo Sevilla. Tanto é que no último fim de semana, os Bávaros arrasaram com o Borussia Dortmund, um triunfo por 6 a 0 que praticamente garantiu mais um título de Bundesliga.

O que ainda preocupa Jupp Heynckes é o desfalque certo no gol. O goleiro Neuer segue fora de combate, podendo perder até mesmo a Copa do Mundo. Enquanto isso, na frente, o ataque permanece arrasador.

E fora de campo, o treinador já confirmou que vai retomar a aposentadoria ao fim da temporada. Ou seja, será que vamos ter um repeteco de 2012/2013? É possível... É bem possível!

Palpite: Bayern de Munique.


Invencível, o Barcelona não deve ter dificuldades
contra a Roma (Getty Images)
Chegou o momento. O Barcelona de Ernesto Valverde ainda não teve um adversário capaz de derrota-lo na temporada. No confronto de quartas de final da Liga dos Campeões, a Roma não parece ser capaz de quebrar essa invencibilidade.

O Barça leva a melhor em quase todas as posições, perdendo, no atual momento, apenas no gol. Alisson tem feito uma grande campanha, superando Ter Stegen, que tem sido criticado mesmo sendo a melhor opção para a Alemanha na ausência de Manuel Neuer.
Recuperado, Nainggolan é a esperança
romanista (Getty Images)

Briga pela camisa 1 à parte, o Barcelona é muito favorito e aposta num conjunto que vem em plena evolução. Valverde já consegue fazer o time ser mais coletivo, o que é bom para os medalhões e também para o jovem Ousmane Dembélé, que, aos poucos, vai se encaixando. Porém, a queda de rendimento de Paulinho é evidente, perdendo espaço.

Enquanto isso, a Roma vai na toada de que chegou onde poderia. O time italiano fez uma grande primeira fase e derrotou o Shakhtar nas oitavas de final após 90 minutos bem equilibrados. Contra o Barcelona, as chances são mínimas e a aposta está em Alisson. O goleiro brasileiro vai ter muito trabalho. Principalmente para manter o tabu dentro de casa. Os Giallorossi ainda não sofreram um gol sequer jogando no Estádio Olímpico.

Palpite: Barcelona.



Sem sombra de dúvidas, Liverpool e Manchester City farão um confronto sem muito holofotes, mas que certamente será o melhor da fase de oitavas de final. Velocidade, posse de bola e um poderio ofensivo fora de série são os principais atributos de Reds e Citizens.

Voando baixo, Salah "brigou" até para ser o presidente do Egito (Getty Images)

E se na Premier League, o Manchester City sobra e deve confirmar o título no próximo sábado, na Liga dos Campeões, o Liverpool é quem tem tradição. O pentacampeão europeu retorna as quartas de final após um período sombrio. As chances são altíssimas. Jurgen Klopp, comandante vermelho, aposta no seu tridente de ataque, formado por Sadio Mané, Roberto Firmino e o mítico Mohamed Salah. É talento demais para um onze inicial só.

Já no lado de Manchester, Pep Guardiola também conta com muito talento. Kevin De Bruyne puxa a fila de um time que, apesar de não possuir tanta tradição no velho continente, chegou a semifinal há dois anos. Mais fortalecido, o clube azul pode repetir o feito e sonhar ainda mais alto. 

Do outro lado da moeda, Kun Aguero é sempre letal (Reuters)

Palpite: Liverpool


Confira os jogos das quartas de final:
Juventus x Real Madrid (ida: 03/04 – Turim/volta: 11/04 – Madri)
Sevilla x Bayern de Munique (ida: 03/04 – Sevilla/volta: 11/04 – Munique)
Barcelona x Roma (ida: 04/04 – Barcelona/volta: 10/04 – Roma)