segunda-feira, 23 de outubro de 2017

No dia do penta, Ronaldo enfim vai se igualar a Messi como os dois maiores jogadores do século

Mais cedo do que de costume, a Fifa anuncia hoje o melhor jogador do mundo no ano de 2017. Independente da revista France Football desde a temporada passada, a entidade agora antecipa a premiação para se distanciar do resultado da concorrente. Mas, assim como no passado, o resultado deve ser semelhante e tanto a Fifa quanto a revista vão coroar, mais uma vez, Cristiano Ronaldo. Vai ser a quinta bola de ouro do português, se igualando a Lionel Messi.  O argentino, inclusive está na disputa e deve ficar com a segunda colocação. Mais consolidado do que nunca a candidato a sucessor, Neymar completa a trindade. Vamos aos palpites.

Cristiano Ronaldo lidera as apostas, enquanto Messi e Neymar são azarões. Vai ter penta do português (Tribuna do Cisco)
 
CRISTIANO RONALDO

Ronaldo foi protagonista num dos grandes feitos
 da história do Real Madrid (Getty Images)
Chegou o momento. Após anos de luta, alguns ofuscado pelo sucesso e brilhantismo do Barcelona, é a hora de Cristiano Ronaldo se igualar a Lionel Messi como o segundo jogador a chegar ao quinto título de melhor do mundo. E fez por merecer. O portuga começou a temporada passada mal, mostrava que a idade parecia o atingir. No entanto, no segundo semestre, o Real Madrid de Zinedine Zidane decidiu acordar. E pela primeira vez nesse formato de Liga dos Campeões da Europa, um clube conseguiu ser bicampeão consecutivo. Ronaldo foi fundamental para esse crescimento madridista. O camisa 7 marcou 10 gols em cinco jogos, das quartas de final até a finalíssima, diante da Juventus. Os seus feitos não pararam por aí e, com a descoberta do talento de Isco, o português também ajudou o seu time a voltar a ser campeão espanhol.
Motivos não faltam para o prêmio permanecer nas mãos de Cristiano Ronaldo, foram títulos coletivos somados ao brilho individual daquele que, empatado com Messi, é o maior jogador do século.

LIONEL MESSI

Messi não foi brilhante na temporada passada, mas o desempenho
 na atual tem enchido os olhos (Getty Images)
O argentino não teve um ano vitorioso. Para falar a verdade, o Barcelona foi um fracasso na temporada passada. Uma eliminação sofrível diante da Juventus na Liga dos Campeões da Europa, isso após uma bela exibição contra o PSG no polêmico 6 a 1. No entanto, o brilho de Messi ficou apagado. No Campeonato Espanhol, o desempenho foi razoável, o time foi superado pelo Real Madrid e só conseguiu se erguer no final da competição. O prêmio veio apenas na Copa do Rei, no qual o clube sobrou. E não, não foi um grande ano para Lionel, que oscilou como nunca na Catalunha.
Contudo, o seu talento permanece indiscutível e a segunda colocação na premiação desta segunda-feira é certo. E os sinais de um futuro bom, apesar da idade, já começam a aparecer. O início de temporada de Messi é fenomenal, liderando o Barcelona a reencontrar os bons resultados.

NEYMAR

Hoje no PSG, Neymar garantiu vaga no trio após se destacar
pelo Barcelona contra os franceses (Getty Images)
Correndo por fora, mas se estabilizando como a terceira potência individual do futebol, Neymar é o futuro. O brasileiro nem foi tão bem em sua última temporada de Barcelona, com exceção para o polêmico 6 a 1 sobre o PSG pelas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa. Erros de arbitragem à parte, o brasileiro deu um show. Curiosamente, no intervalo entre as temporadas, trocou o clube espanhol pelo francês e os desafios só aumentaram. O agora camisa 10 quer a bola de ouro e a supremacia individual. Vai precisar de tempo, vai precisar levar o PSG ao título europeu e também a Seleção Brasileira ao topo do mundo. Mas, convenhamos, Neymar é muito capaz e é questão de tempo para que tudo isso aconteça. Nesta tarde, a ele resta a terceira colocação.





OUTROS PALPITES:

MELHOR TÉCNICO

Zinedine Zidane
Massimigliano Allegri
Antonio Conte

Zidane foi bicampeão europeu como técnico do Real Madrid (Getty Images)


MELHOR GOLEIRO 

Gianluigi Buffon
Keylor Navas
Manuel Neuer

O último imortal italiano, Buffon liderou a Juventus no vicecampeonato europeu (Getty Images)


MELHOR JOGADORA

Lieke Martens
Carli Lloyd
Deyna Castellanos

Campeã europeia pela Holanda, Martens foi eleita a melhor jogadora da Europa pela Uefa (Getty Images)


MELHOR TÉCNICO (FUTEBOL FEMININO)

Nils Nielsen
Gérard Prêcheur
Sarina Wiegman

Comandante de Lieke Martens na Holanda, Sarina Wiegman deve ser eleita a melhor treinadora do planeta (Getty Images)
PRÊMIO PUSKAS

Olivier Giroud
Deyna Castellanos
Masuluke Oscarine

Apesar de votação popular, o gol escorpião de Olivier Giroud é o mais bonito da temporada (Getty Images)