terça-feira, 30 de maio de 2017

O Real Madrid no último título de Liga dos Campeões da Juventus

É muito cedo para relembrarmos a última conquista de UEFA Champions League do Real Madrid. O atual campeão europeu manteve praticamente a base que levantou a “Undecima” no ano passado. Por isso, seguindo o roteiro da postagem passada, na qual relembra o último título de Liga dos Campeões da Juventus, retornamos 21 anos atrás para conferir o Real Madrid daquela temporada.
A temporada não foi nada agradável, mas o Real Madrid já contava com nomes como Raúl, Hierro e acredite, Luis Enrique. (Historias del Real Madrid)

Escalação

Buyo, Quique Sanchez Flores, Hierro e Sanchis; Alkorta, Milla, Redondo, Laudrup e Luis Enrique; Raúl e Zamorano.
Reservas Conhecidos: Cañizares, Guti, Freddy Rincón e Dejan Petkovic.
Técnicos: Jorge Valdano, Vicente Del Bosque e Arsenio Iglesias

Raúl ainda é o jogador que mais vestiu a camisa do Madrid em
toda a história. (Divulgação / Real Madrid)
O time não era lá dos mais estrelados, era uma época pré-galáctica. Como resultado, uma temporada bem mediana do Real Madrid. O clube amargou a sexta colocação em La Liga, foi eliminado nas oitavas de final da Copa do Rei e caiu nas quartas de final da Liga dos Campeões justamente contra a Juventus. A irregularidade rendeu em três treinadores em apenas um ano. O primeiro foi Jorge Valdano, depois Vicente Del Bosque, que comandou a equipe em pouquíssimos jogos, e depois deu lugar a Arsenio Iglesias. Nenhuma alternativa fez o futebol melhorar.

Contudo, no elenco, muitos nomes interessantes, como o do zagueiro Hierro, um dos grandes ídolos madridistas de todos os tempos. Tinha também o defensor Quique Sanchez Flores, que hoje é técnico de futebol com passagens por Benfica e Atlético de Madrid. Fernando Redondo, Michael Laudrup e Luis Enrique são três craques do meio de campo que lideravam o Real de 1995/1996. Por fim, no ataque, ninguém menos que Raúl Gonzalez, aquele garoto que viria a se tornar o homem que mais vezes vestiu a camisa “blanca”. A temporada não foi boa e o Real Madrid só se reergueu dois anos depois, no qual faturou a Liga dos Campeões. Curiosamente, em 1997/1998, o Madrid venceu a Juventus na Amsterdan Arena.

Curiosidades

a) Naquela temporada, o técnico Vicente Del Bosque ainda não possuía um status digno de assumir como efetivo o Real Madrid. Ele ficou no banco como interino após a saída de Valdano e antes da chegada de Arsenio. Em 2016, o treinador deixou o comando da seleção espanhola e se aposentou com um imenso legado. É ídolo do Real Madrid, conquistando duas vezes o Campeonato Espanhol e também em duas ocasiões a Liga dos Campeões da Europa. Pela Roja, o técnico foi campeão da Euro em 2012 e da Copa do Mundo da África do Sul, realizada em 2010.

b) O atacante Raúl Gonzalez deixou o Real Madrid em 2010, após uma passagem que durou 16 anos. Além de ser o jogador com mais partidas pelo clube, o eterno camisa 7 também era o maior artilheiro da história branca, com 323 gols marcados. Porém, a chegada de Cristiano Ronaldo causou um furacão nos números do time espanhol. Em oito anos de Real Madrid, o português já marcou 404 tentos e lidera a lista com folga.

c) Após a fraca temporada 1995/1996, o Real Madrid foi campeão da Liga dos Campeões em cinco oportunidades: 1997/1998, 1999/2000, 2001/2002, 2013/2014 e 2015/2016.

d) O Real Madrid e a Juventus decidiram a Liga dos Campeões da Europa em apenas uma oportunidade. A vitória, em 1998, foi madridista, 1 a 0 jogando na Holanda. O gol foi marcado pelo iugoslavo Predrag Mijatović. Daquele elenco, os remanescentes da temporada 1995/1996 eram os zagueiros Manuel Sanchis e Fernando Hierro, o meia Fernando Redondo e o atacante Raúl.

e) Em 1996, o Real Madrid terminou na sexta colocação no Campeonato Espanhol. Naquela ocasião, o Atlético de Madrid faturou a competição com incríveis 87 pontos e pasmem, os Colchoneros terminaram La Liga como a melhor defesa, apenas 32 gols sofridos em 42 disputados. Coincidência ou não, Diego Simeone era volante titular da equipe na época.
Um ano sem título não é comum para o Madrid (Corazon Blanco)
Neste sábado, o Real Madrid vai em busca de mais um feito no Velho Continente. O clube encara a forte Juventus em Cardiff, no País de Gales, para se tornar campeão europeu pela décima segunda vez.