sábado, 10 de setembro de 2016

Raio-x Bundesliga 2016/2017

Segunda liga que mais cresce na Europa, a Bundesliga deve apresentar mudanças importantes na temporada 2016/2017. O todo poderoso Bayern de Munique reforçou o elenco no campo, mas a saída de Pep Guardiola pode comprometer o desempenho, apesar da necessária chegada de Carlo Ancelotti. Enquanto isso, no Signal Iduna Park, um Borussia reforçadíssimo para novamente rivalizar com os Bávaros, Thomas Tuchel é a arma para recuperar o orgulho aurinegro. O Schalke 04 vai de novo correndo por fora, o Wolfsburg desmanchando e a dupla Leverkusen/Monchengladbach seguem dando muito trabalho, é a liga alemã, o país tetracampeão do mundo crescendo no velho continente.

Os grandes atacantes chamam a responsabilidade em uma das ligas que mais cresce na Europa. (Tribuna do Cisco)
FAVORITO POR TÍTULO

Bayern de Munique
Títulos: 26
Posição em 2015/2016: 1°
Técnico: Carlo Ancelotti
Principal Jogador: Robert Lewandowski
Aposta: Renato Sanches

Conquistador da Alemanha pelos últimos quatro anos, o Bayern de Munique trocou o comando técnico. A saída de Pep para o Manchester City causou nova revolução na Bavária, a mudança para Carlo Ancelotti causará uma mudança no estilo de jogo. Para a temporada, a modificação começará na posse de bola, estratégia que será completamente reduzida, outro ponto são os retornos dos atletas para as suas funções de origem, com zagueiros na zaga, laterais na lateral, meias no meio e atacantes no ataque.

Tricampeão europeu, Ancelotti substitui Pep. (Getty Images)
Carlo Ancelotti pode dar muito certo na Allianz, talvez a mudança para um futebol mais pragmático seja o que o Bayern precise para voltar a disputar de fato a Europa. A chegada do italiano também pode significar algo de ruim, o futebol do Bayern deixa de ser tão moderno e pode comprometer o desenvolvimento da própria liga alemã, beneficiando o rival Borussia Dortmund. Como reforços, dois grandes que se incorporaram ao clube e devem chegar para a titularidade. O primeiro é Mats Hummels, cria do clube, o zagueiro retorna ao Bayern recheado de experiência e conquista, é um dos melhores do mundo em sua posição. O segundo é uma joia, Renato Sanches foi a grande revelação da UEFA Euro 2016 e após anos de Benfica, vai ter uma enorme oportunidade em um gigante do velho continente, pode ser uma boa surpresa.

Com poucas rodadas disputadas, o Bayern já desponta como favorito a levar o pentacampeonato da Bundesliga, apesar disso, os rivais virão forte e o clube Bávaro terá que mostrar serviço.

PODEM SURPREENDER

Bayer Leverkusen
Títulos: 0
Posição em 2015/2016: 3°
Técnico: Roger Schmidt
Principal Jogador: Hakan Çalhanoğlu
Aposta: Kevin Volland

Com passagem pela seleção alemã, Volland acertou com o
 Bayer Leverkusen. (Bayer Leverkusen Oficial)
Eficiente e com a base mantida, o Bayer Leverkusen chega a temporada 2016/2017 como azarão na disputa pelo título. O clube de muita tradição na Alemanha jamais conseguiu conquistar a Bundesliga, agora mantém Roger Schmidt e vai a luta no momento em que o Bayern de Munique perde força. O Leverkusen manteve seus bons nomes, o raçudo zagueiro Toprak, o lateral brasileiro Wendell, o excelentíssimo meia Çalhanoğlu e os atacantes  Javier Hernández, Chicharito, e Stefan Kießling.

Como apostas, a principal é no atacante ex-Hoffenheim Kevin Volland, o seu conhecimento em Bundesliga é fator crucial para brilhar com a camisa rubronegra. O Bayer está estabilizado como a terceira força do futebol alemão, mas é preciso mais, o time não conseguiu um bom desempenho na Liga dos Campeões passada, agora o desafio aumenta e a experiência sobra, é hora dos meninos se tornarem homens e elevarem o padrão Leverkusen de futebol.

Borussia Dortmund
Títulos: 8
Posição em 2015/2016: 2°
Técnico: Thomas Tuchel
Principal Jogador: Pierre-Emerick Aubameyang
Aposta: Ousmane Dembélé

Segunda grande força do futebol alemão, o Borussia Dortmund é reflexo do crescimento da Bundesliga como a segunda maior liga nacional da Europa. Só em transferências, os aurinegros gastaram mais de 90 milhões de euros, detalhe que os valores das transações de Sebastian Rode e Emre Mor não foram revelados. O Dortmund se reforçou ao máximo, o vicecampeão alemão quer voltar a conquistar a Bundesliga e Thomas Tuchel sabe que o momento é ideal para se equiparar a Era Klopp.

Taxado como Judas, Götze terá um desafio e tanto. (AFP)
Os reforços são badalados, para a zaga, Marc Bartra substitui Hummels, para o meio Sebastian Rode e Emre Mor, na lateral esquerda veio Raphael Guerreiro e no ataque duas grandes joias, Mario Götze retorna a Muralha Amarela para recuperar a regularidade e o bom futebol. Como aposta, o segundo reforço na frente foi Andre Schürrlle, trinta milhões de euros gastos apenas no alemão que ainda não conseguiu se firmar em clube algum.

Com a troca no comando técnico do Bayern, Thomas Tuchel tem totais condições de reerguer o Borussia ao topo do futebol alemão. Ninguém, fora o Bayern de Munique, é tão forte no país quanto o Dortmund, então tudo caminha para o sucesso do Signal Iduna Park, desafiará a camisa e o momento Bávaro, mas já está preparado.

Borussia Monchengladbach
Títulos: 5
Posição em 2015/2016: 4°
Técnico: André Schubert
Principal Jogador: Thorgan Hazard
Aposta: Christoph Kramer

Irmão de Eden, Thorgan é referência nos Potros. (Vavel.com)
Clube cinco vezes campeão alemão, o Borussia Monchengladbach é acostumado a dar trabalho na história recente, os Potros não brincam e não se apequenam diante dos rivais. E para provar que a estabilidade é a chave para o sucesso, o time de André Schubert repatriou Christoph Kramer, o volante campeão mundial pela Alemanha voltou ao time que o projetou para o sucesso e quer mostrar que é dono do meio de campo. Além dele o meia Thorgan Hazard segue como referência, o irmão do meio de Eden acabou descartado pelo Chelsea, mas no futebol alemão rende um pouco do que se espera, sendo primordial para o planejamento do Gladbach.

Com a equipe bem encaixada e vaga assegurada na fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa, por ironia, caiu justamente no grupo de Barcelona, Manchester City e Celtic. Apesar da má sorte, os Potros são fortes demais para ser desafiados como azarões, o quarto lugar na temporada passada e a estabilidade dos últimos tempos confirmam o ótimo momento.

Schalke 04
Títulos: 7
Posição em 2015/2016: 5°
Técnico: Markus Weinzierl
Principal Jogador: Klaas-Jan Huntelaar
Aposta: Yevhen Konoplyanka

Promessa há dois anos, Konoplyanka chega a Gelsenkirchen.
 (Schalke 04 Oficial)
Em Gelsenkirchen a missão é clara, técnico e jogadores querem tirar o Schalke 04 da fila. Um dos clubes mais simpáticos do país, os azuis-reais reforçaram muito bem a sua equipe e virão com tudo para rivalizar com Bayern, Dortmund e os demais. Contratações de impacto em se tratando de Schalke, vieram o lateral espanhol Coke, o zagueiro brasileiro Naldo, o jovem atacante suíço Embolo, o meia francês Benjamin Stambouli e principalmente o bom meia ucraniano Yevhen Konoplyanka.

A Veltins Arena será um lugar para ser bem observado na temporada 2016/2017, o Schalke 04 cresceu na temporada passada com um time mediano, agora mais forte, a expectativa é que Markus Weinzierl tenha mais tranquilidade quando o assunto for elenco.
  
FIGURANTES

Hamburgo
Títulos: 6
Posição em 2015/2016: 10°
Técnico: Bruno Labbadia    
Principal Jogador: Aaron Hunt
Aposta: Douglas Santos

Campeão olímpico, Douglas Santos vestirá as cores
 do Hamburgo. (Hamburgo Oficial)
Mediano na atualidade, o Hamburgo preza pela manutenção da equipe e reforços pontuais para sair dessa maré de azar. O clube alemão amargou a décima colocação na temporada passa, agora, Bruno Labbadia segue apostando em nomes como Aaron Hunt e no goleiro Adler para voltar a alçar voos mais altos. O Dinossauro alemão trouxe dois reforços que vale a pena comentar, o primeiro é croata e causou polêmica quando contratado pelo Barcelona. Alen Halilovic chega em definitivo a Alemanha com o objetivo de provar que não é apenas promessa e pode vir a ter papel de destaque. Diferentemente do meia croata, o outro bom reforço do Hamburgo veio do Brasil, o campeão olímpico Douglas Santos fez por merecer tal contrato, é uma das grandes revelações brasileiras dos últimos anos. A Alemanha será a sua primeira experiência na Europa, talvez merecesse um clube que brigue com maior proximidade com o G4, mas o Hamburgo é sim uma boa casa para o brasileiro. O clube foi bem no mercado, tem tudo para deixar o meio da tabela e tentar algo melhor, pode surpreender em se tratando de vaga na Liga Europa.

Werder Bremen
Títulos: 0
Posição em 2015/2016: 13°
Técnico: Viktor Skripnik
Principal Jogador: Claudio Pizarro
Aposta: Serge Gnabry

De contrato renovado, Pizarro segue na pacata Bremen.
(Youtube.com)
Jamais campeão alemão, o Werder Bremen viveu seus dias de glória na década passada. Contudo a geração de Diego Ribas conseguiu apenas um vicecampeonato da Copa da UEFA (hoje Liga Europa), o tempo passou e a única coisa que permanece hoje é Claudio Pizarro. Brigando contra o descenso nas últimas temporadas, o Werder novamente terá uma jornada como figurante na Bundesliga, as dificuldades crescem no momento em que a liga tanto cresce. O principal reforço da equipe de Bremen foi Serge Gnabry, a revelação alemã ainda não conseguiu se firmar em lugar algum, nos verde e brancos, a oportunidade derradeira. Outro bom reforço do Werder foi o meia-atacante Max Kruse, após uma temporada no Wolfsburg, desembarca na cidade para recuperar o orgulho do maior rival do Hamburgo. O momento é semelhante entre os dois rivais, oscilam por baixo da tabela, se fosse para apostar em melhores condições entre ambos, apostaria todas as fichas no Hamburgo.

Wolfsburg
Títulos: 1
Posição em 2015/2016: 
Técnico: Dieter Hecking
Principal Jogador: Julian Draxler
Aposta: Mario Gómez

Referência no ataque da seleção, Gómez retorna
 a Bundesliga. (Getty Images)
Um dos clubes europeus mais emergentes dos últimos tempos, o Wolfsburg conquistou Bundesliga e Copa da Alemanha em menos de 7 anos, para 2016/2017, quer surpreender ainda mais. Mesmo com a crise na Wolkswagen, o clube perdeu poucas peças e trouxe nomes alternativos para recuperar o plantel de Dieter Hecking. Para completar, os Lobos mantiveram a promessa Julien Draxler, fator fundamental para tirar a equipe dos figurantes e colocar em condição de surpresa. O time vendeu os zagueiros Naldo e Dante, também perdeu o atacante Bas Dost para o Sporting de Lisboa. Contudo a base não foi tão comprometida, permanece o goleiro suíço e ídolo máximo Diego Benaglio, o excelente lateral esquerdo também suíço Ricardo Rodríguez, o volante brasileiro Luiz Gustavo e o já mencionado Draxler. Como reforços, dois nomes cascudos e conhecedores do futebol alemão, o meia polonês Jakub Błaszczykowski e atacante alemão Mario Gómez estão de volta ao país e tentarão talento e sorte na Toca dos Lobos. O Wolfsburg sobrevive e a crise e arma um plantel interessante, porém é cedo para afirmar que a equipe pode superar tais dilemas, segue como figurante até que se prove o contrário.

A Bundesliga é recheada de muita tradição e de clubes que, quando não submissos ao Bayern, dão certo trabalho na segunda liga que mais cresce no velho continente. Para a temporada nova, temos nomes como Augsburg, Colônia, Darmstadt, Eintracht Frankfurt, Freiburg, Hertha Berlim, Hoffenheim,    Ingolstadt, Mainz e o tão “odiado” RB Leipzig.

Palpite: Bayern de Munique