segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Os Cinco Melhores Jogadores do Primeiro Turno do Brasileirão 2016

O primeiro turno do Campeonato Brasileiro 2016 está chegando ao fim, sem dúvida temos a liga mais pragmática dos últimos tempos no país. Jogos sem emoção, nenhum clube se sobressai e vários candidatos ao rebaixamento, a verdade é que o equilíbrio reina na liga que está nivelada por baixo. Com a fraca saga das equipes, os jogadores são quem tem chamado a responsabilidade em promover e dignificar o Brasileirão da Série A, de A a Z, do Norte ao Sul do país ou dos 18 aos 35 os atletas foram os principais destaques das primeiras dezenove rodadas. Pensando nisso, elencamos os cinco melhores jogadores do turno e mostramos porque eles merecem todos os créditos no quesito elevar o nível do limitado Brasileirão do país do 7 a 1, confira!
Palmeiras e Corinthians dividem a ponta após 19 rodadas de Brasileirão. (Extraído de Youtube.com)
05 Fernando Prass (Palmeiras)


Prass é o líder que todo clube deseja ter em seu elenco.
(Blog Esportudo)
São 38 anos de vida, experiência de sobra para um atleta que melhora a cada temporada. Fernando Prass encerrou 2015 com tudo ao seu favor, acertando o pênalti decisivo que garantiu o título da Copa do Brasil pelo Palmeiras. Para a nova temporada a responsabilidade aumentou e Prass abraçou a causa de levar o Verdão para o topo do país, para isso ele se doou ao máximo e mostrou que liderança tem de sobra. As atuações foram para lá de convincentes, recebendo elogios da crítica que o colocou como o goleiro do Brasil em 2016. Foi por essas e outras que Fernando Prass foi o escolhido para liderar a Seleção Olímpica na busca pelo inédito ouro. O pecado e o azar de uma grave lesão tirou o sonho de Prass de vestir a Amarelinha, problema também para o Palmeiras que ainda não conseguiu se entender sem o grande goleiro, o Verdão pode penar enquanto ele não retornar.

04 Bruno Henrique (Corinthians)

Bruno Henrique foi uma boa surpresa para a versão
 2016 do Corinthians. (GloboEsporte.com)
Volante de 26 anos, Bruno Henrique representa o que sobrou de bom no time do Corinthians. O hexacampeão brasileiro não é de longe o que foi em 2015, mas as atuações de Bruno empolgam e elevam o meio-campo alvinegro que já se coloca na liderança do Campeonato e mostra que briga mesmo após perder tantos jogadores importantes. Já são quatro gols no Brasileirão, o volante é polivalente, chuta de longe, manda bem na bola aérea e é gigante nos desarmes, Bruno Henrique é tudo o que o Corinthians precisava e se enquadra na quarta colocação do nosso top5.

03 Willian Arão (Flamengo)

Coração na ponta da chuteira: Willian Arão é o jogador que
 organizou o Flamengo na temporada. (Pernambuco Press)
Jogador mais regular do Flamengo desde o início do ano, as atuações de Willian Arão colocaram o clube carioca na briga pelo título até o momento. Rápido, com ótimo passe e finalização apurada, o moderno volante vai ganhando cada dia mais espaço, inclusive assumindo a braçadeira de capitão com apenas cinco meses de Flamengo. No Brasileirão, Arão já soma dez vitórias, três gols e muita dedicação, o credenciando a terceira posição na lista dos melhores jogadores deste primeiro turno.

02 Robinho (Atlético Mineiro)

Não fosse Jesus, Robinho era disparado o
craque do Campeonato. (Agência Estado)
O melhor jogador do Brasileirão no momento figura o segundo lugar em nossa lista. Sim, o cobrado Robinho enfim encaixou e tem decidido em favor do Atlético Mineiro nesta arrancada para o G4. O time das Minas Gerais demorou a crescer sob o comando de Marcelo Oliveira, mas a chegada de Fred ajudou também a Robinho, que agora tem companhia a altura para auxiliá-lo no reerguer do Galo. Robinho decide, marcas gols, pedala como no início da década passada, caiu nas graças da torcida e eleva o patamar de um campeonato nivelado por baixo, é uma exceção. Caso, no segundo turno, o Atlético confirme o favoritismo e brigue pelo título, chegando a ser campeão, não teremos dúvidas, Robinho é a peça fundamental, o craque maior nesta campanha quase que inédita.

01 Gabriel Jesus (Palmeiras)

Menino de ouro, prata ou bronze? Jesus foi o cara
 do primeiro turno. (Marcos Ribeiro)
O show do primeiro turno se deu por conta da joia do ano de 2016 do Brasil. Gabriel Jesus apareceu em 2015, conquistando a titularidade e ganhando espaço no grupo alviverde. Na atual temporada as coisas melhoraram ainda mais, o menino de 19 despontou de vez para o futebol, marcou muitos gols, decidiu jogos, chegou a Seleção Brasileira. Mais do que isso, os feitos do garoto Jesus no primeiro turno do Brasileirão o levaram a assinar contrato com o Manchester City de Pep Guardiola, participará da nova empreitada do técnico espanhol. Como recompensa, o direito de poder participar do turno decisivo com o Palmeiras, será Jesus o homem capaz de encerrar o jejum do Verdão em Campeonatos Brasileiros? Caso repita o desempenho do primeiro turno, já teremos o campeão e o melhor jogador da competição

00 Bônus: A Revelação – Vitor Bueno (Santos)

Vitor Bueno é bônus, é revelação! (Ivan Storti)
Tratar de revelação do Brasileirão ainda no primeiro turno é algo muito falível, tudo pode acontecer no segundo turno e jogo pode virar. Porém é inegável dizer que o Santos foi a grande a grande surpresa do turno, conseguiu terminar os dezenove primeiros jogos em quinto lugar e se afirmou na briga por um lugar na Taça Libertadores. No papel um plantel frágil, na prática talento e qualidade para levar o Peixe a briga pela ponta. Um dos motivos, para variar, um garoto, desta vez Vitor Bueno, 21 anos, meia-atacante, gols, assistências, protagonismo. Quando Gabriel e/ou Lucas Lima são convocados para a Seleção, quando Ricardo Oliveira sofre lesão, eis que surge Vitor Bueno, se apresenta para o futebol e já chama responsabilidade. É o garoto certo na hora certa, a revelação do Brasileirão até então.