quarta-feira, 6 de julho de 2016

O penúltimo passo para a glória

É chegado o momento, a UEFA Euro 2016 chega as semifinais prometendo bastante, de um lado duas seleções buscando o primeiro título de sua história, de outro, 5 Copas do Mundo e 6 Eurocopas. Portugal e País de Gales jogarão em Lyon, enquanto franceses e alemães vão ao Velodrome em Marselha para confirmar quem disputará a grande final em Saint-Denis no próximo domingo. Briga equilibrada por título continental, também temos duelos acirrados pela artilharia do torneio, Griezamann lidera com 4 tentos, enquanto Payet, Giroud e Bale somam três e querem roubar o topo. Vamos aos palpites:
Portugal, País de Gales, Alemanha e França disputando duas vagas na finalíssima da Euro de equilíbrio máximo.
(Tribuna do Cisco)

Portugal vs País de Gales

O primeiro grande duelo será entre os
astros do Real Madrid. (Tribuna.ro)
Em sua quarta semifinal em cinco Eurocopas, Portugal sabe que o momento é bastante oportuno, Fernando Santos ainda possui um pouco do que Portugal tem de melhor na sua história, um Cristiano Ronaldo que ainda é tímido, mas pode acordar nas decisões e coadjuvantes de muita qualidade que estão engrenando nesta reta final. Pepe lidera a defesa, com o zagueiro, Portugal sofreu apenas um gol no mata-mata, os lusitanos estão se equilibrando, apesar das classificações sofridas diante de Croácia e Polônia. Pronto para brilhar, Cristiano Ronaldo foi exigido na rodada que deu aos portugueses a classificação para o mata-mata, chamou a responsabilidade, guardou dois belos gols e liderou a equipe para a fase final. Capitão e maior referência, Ronaldo necessita dessa conquista, briga por ela desde 2004, agora experiente, o atacante tem que realmente decidir caso queira ajudar sua nação a sair desse jejum quase que eterno.

Eliminando a poderosa geração belga, a líder do ranking da FIFA, o País de Gales ganhou muita força e chegou a semifinal sem o rótulo de azarão. A equipe está encaixada, Bale é líder e chama a responsabilidade, o craque do Real Madrid sempre costuma crescer em decisões. Vale destacar também o conjunto que está fazendo a Europa tremer, a base do Swansea, com Ashley Williams, Ben Davies e também Jon Allen (hoje no Liverpool). Em sua primeira participação em fase final de Euro, Gales quer está curtindo o momento, quer ver até onde é capaz de chegar, quer mostrar que vale a pena apostar nessa geração que cresce a cada temporada.

No confronto teremos um pouco mais do mesmo entre as equipes, de um lado Portugal querendo sofrer, buscando se classificar aos trancos e barrancos, mostrando que é possível seguir firme “jogando feio”, com muita eficiência tática e cansaço adversário. Do outro galeses sedentos para recuperar o tempo perdido, buscando jogar bonito e ser ainda mais respeitado no velho continente. O ponto negativo na partida será a ausência de Aaron Ramsey, o meia do Arsenal e camisa 10 da seleção cumprirá suspensão automática, uma perda de peso que deve comprometer a atuação do País de Gales. Portugal comemora!

Palpite: Portugal

Alemanha vs França

Neuer e Griezmann se enfrentaram na Champions,
êxito para o francês. (Reuters)
Campeã do mundo, sólida como nenhuma outra nação, a Alemanha está mais do que acostumada a duelar contra os donos da casa e vencer, tem a frieza de um país que não se abala com a pressão, se reergue e volta forte a disputa. foi nesse tom que o time de Löw despachou os italianos, pela primeira vez em confrontos oficiais, é nessa perspectiva que o time vai novamente em busca de eliminar os franceses. Para o confronto no Velodrome, os alemães não contarão com as presenças de Hummels (supenso), Khedira e Mario Gómez (machucados), ausências de peso, algumas podem ser supridas a altura, outras não, por exemplo, o time alemão não possui outro centroavante de ofício, terá que improvisar. A perda de Hummels é ainda mais dolorosa, perderá um dos melhores jogadores desta edição de Euro, perderá a liderança do setor defensivo que também surpreende no ofensivo. No geral, a Alemanha é mais forte, vive um momento mágico, mas vencer a França dentro de casa é uma tarefa quase impossível.

Jogando o fino da bola, a França enfim se entendeu, o time atropelou a Islândia com atuação de gala, o meio-campo se acertou com o ataque, a defesa promete se organizar. Sem medo da Alemanha, os franceses, liderados por Deschamps, vão com tudo em busca da vitória na revanche, o que lhes credenciará a vaga na decisão em casa. Pogba, Griezmann, Payet e principalmente Giroud cresceram demais em cada fase de competição, a força de cada atleta pode carregar a França, nos braços do povo, para mais uma final de sua história. Caso vença a Alemanha, a França vai à busca do tricampeonato europeu, igualando em número de conquistas com a rival de amanhã. É clássico, um dos maiores do futebol europeu, a Alemanha já não tem mais pressão, eliminou a Itália, a França terá o seu primeiro e gigante desafio na Euro em casa, é tarefa também quase impossível, é prova de fogo para os dois países.

Palpite: França