quarta-feira, 6 de julho de 2016

Novo escudo, novo uniforme e novo técnico: a era Guardiola começa no Manchester City

A tão esperada apresentação de Pep Guardiola no Manchester City aconteceu, e foi bastante especial. O treinador catalão, que já garantiu seu lugar na história do Barcelona e do Bayern de Munique, desembarca agora na Inglaterra para mais um desafio em sua carreira (algo que ele adora), e encontra uma estrutura de primeiro nível para desenvolver suas ideias da melhor maneira possível.

Pep Guardiola em sua apresentação oficial ao Manchester City (Foto: Twitter)
No chamado Citizen Weekend, o Manchester City planejou uma super festa para apresentar de uma só vez os novos uniformes, fornecidos novamente pela Nike, o novo escudo do clube – que voltou a ser redondo após uma votação entre os torcedores do City no ano passado – e também a estrela principal do dia, Pep Guardiola, “o cara” que vai comandar os citizens nas próximas três temporadas, pelo menos.

Todos já sabem que Guardiola tem um currículo espetacular como treinador, com duas conquistas de Champions League na bagagem, além de seis campeonatos nacionais na Espanha e na Alemanha. Suas concepções a respeito do futebol são únicas, e próprias de quem estudou bastante e é obcecado pelo esporte como ele é. Por isso, com uma carreira tão vitoriosa assim, ele chega ao City sem precisar mais provar muita coisa a ninguém, mas ainda com uma sede enorme de conhecimento e certo de que o futebol inglês tem muito para ensiná-lo.

Pep é o técnico certo na hora certa para o Manchester City, e essa relação tem tudo pra dar certo. O clube passou por um momento de transição, e agora vai se firmando como um dos gigantes no cenário nacional e internacional, não só pelo elenco cheio de grandes jogadores, mas também por causa do alto investimento na estrutura relacionada ao futebol. O centro de treinamento do City, o CFA – City Football Academy, é o mais moderno do mundo hoje em dia, e um dos mais completos. A partir dele está sendo possível aprimorar o desenvolvimento de novos jogadores, formando atletas de alto nível, e uma das características de Guardiola é exatamente o trabalho com jogadores da base dos clubes que treina. O exemplo mais recente é Joshua Kimmich, do Bayern de Munique, que subiu para o profissional com ele e hoje já está disputando a Eurocopa com a seleção alemã.


A filosofia de jogo de Pep Guardiola é algo fascinante, e com seu modelo de treinamento e suas táticas bem estudadas não há dúvidas de que haverá uma grande mudança no modo como joga o Manchester City. Isso também trará um impacto direto nos jogos da Premier League, que são conhecidos por serem muito corridos e dinâmicos. O futebol que Guardiola propõe, baseado na troca de passes, na forte marcação e na chegada em bloco ao gol certamente transformará a maneira como os ingleses veem o futebol, e ainda bem que teremos várias temporadas pela frente pra acompanhar tudo de perto. Pep vai compor um grande grupo de ótimos técnicos, como Jürgen Klopp, José Mourinho, Antonio Conte, Maurício Pocchetino, entre outros, para formar a melhor e mais disputada liga de todas.