sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Raio-x Bundesliga 1 2015/2016

Sem a menor disputa desde que o Bayern voltou a vencer, a Bundesliga segue sendo de um clube só, a queda do Borussia Dortmund e a incógnita para cima do Wolfsburg devem fazer com que os Bávaros dominem novamente o novo ano. Diferente dos últimos anos, Pep Guardiola está muito pressionado, o espanhol ainda não conseguiu mostrar a que veio, é bem verdade que a Bundesliga tem sido dele desde sua temporada inicial na Alemanha, mas os fracassos pesados na Liga dos Campeões colocam Jürgen Klopp na sombra do badalado jovem técnico.
Talentos alemães embalam Bundesliga, a terra do técnico mais badalado que os clubes. (Tribuna do Cisco)

O Bayern sofreu bastante na temporada passada devido as várias lesões no elenco, o time chegou ao momento decisivo contra o Barcelona na semifinal da UEFA sem Ribéry (que ainda não retornou), Robben, Schweinsteiger, Alaba, entre outros, ou seja, os principais atletas não tinham a menor condição de ajudar os alemães na busca pelo hexa. O detalhe é que o time de Munique ainda possui um dos melhores elencos de toda a Europa, porém, para a nova temporada, Guardiola optou por reforçar o plantel com boas peças de reposição.
Antes de mais nada, Bastian Schweinsteiger deixou a acomodação de Munique e seguiu para o Manchester United, a transferência foi boa para todos os envolvidos, mas principalmente para o Bayern de Munique, havia muito tempo que o meia não rendia o esperado, muito menos entrava em campo, desempenho caiu drasticamente e o time necessitou trocar de jogador. As contratações foram muito badaladas, o suficiente para o time do Bayern disparar como favorito ao tetra, Arturo Vidal chegou para jogar e sem dúvidas fará mais partidas que Schweinsteiger, Douglas Costa custou caro aos cofres Bávaros, mas tem jogado pelas pontas e foi a grande sensação da pré-temporada, quem sabe o brasileiro não assume de vez a condição de titular.

Vidal tem tudo para ser mais efetivo que Schweinsteiger,
vai conseguir? (Bayern de  Munique Oficial)
Por fim, o time contratou mais dois jogadores para compor o elenco, Joshua Kimmich (meia) e Sven Ulreich (goleiro) vieram do Stuttgart, o goleiro ocupará a vaga deixada por Pep Reina, que não agüentou a reserva e regressou ao Napoli. Alguns jogadores (principalmente os alemães) vez por outra demonstram insatisfação com o treinador espanhol, prova clara disso são os constantes desentendimentos com Mario Götze, por ora, o garoto do gol do tetra alemão ficou e também tem de mostrar futebol, apenas culpar o técnico não será solução. As variações táticas permanecem no time e isso pode ser um fator para a crise de vestiário, Lahm retornou a lateral direita, mas Rafinha segue no time titular jogando como zagueiro, isso mesmo, Pep possui Benatia, Boateng, Javi Martínez, Dante, Badstuber (lesionado), mas o brasileiro e baixinho Rafinha tem jogado na zaga. O ataque segue fenomenal, Lewandowski lidera o setor, mas Müller nunca decepciona.  O elenco do Bayern está fechado e pronto para mais uma temporada, será a prova de fogo para Pep Guardiola conseguir levar o clube ao topo do continente, caso contrário... Jürgen Klopp!

Apostando na mesmice e tentando não repetir a catástrofe do ano passado, o Borussia Dortmund está de novo comandante, Thomas Tuchel foi bem no Mainz 05 (assim como Klopp) e vai ter sua chance em um grande clube aos 41 anos de idade. É apenas o segundo clube de Tuchel como técnico profissional, verdade que tem um grande elenco, mas os aurinegros estão um pouco saturados, desgastados e necessitam de uma reformulação mais drástica, será uma tarefa dura para o jovem alemão. Pilares do time, Weindenfeller, Hummels e Marco Reus permaneceram e querem recolocar o Dortmund no patamar de anos atrás, além deles, alguns jogadores chamaram a responsabilidade na temporada passada e podem novamente mostrar talento, são os casos de Jonas Hofmann e Pierre-Emerick Aubameyang, o gabonês tem sido o craque da equipe.

Tuchel é muito jovem, mas não é tão louco quanto Klopp.
(Borussia Dortmund Oficial)
Algumas apostas fracassaram, Adrián Ramos segue no elenco, mas Ciro Immobile foi para o Sevilla, o italiano não se firmou no futebol alemão, uma grande decepção. Sebastian Kehl jogou demais na temporada passada, justamente a última de sua carreira profissional, deixou futebol, liderança e muita saudade, contudo a boa notícia foi a permanência de Ilkay Gündogan, o volante fez de tudo para sair e terminou renovando contrato, sua presença (sem lesões) será crucial para as pretensões do time da Muralha Amarela. Destaque nas contratações do Borussia se resumem ao goleiro Bürki e o bom meia Castro, nada de tão espetacular, comporão o elenco. O Dortmund tem disparado o segundo melhor elenco da Bundesliga, mas o desgaste a desconfiança podem e devem atrapalhar o Aurinegro na campanha, brigará pela vaga na Liga dos Campeões!

Segundo melhor alemão na última temporada, o Wolfsburg tem um projeto interessante para brigar com o Bayern pela Bundesliga, mas o buraco é muito mais em baixo e acredito apenas em vaga na Champions para os Lobos. Vice-campeão alemão, campeão da Copa da Alemanha e da Super Copa, o Wolfsburg tem um time bem respeitável, Benaglio é remanescente da Bundesliga 2009 (único título alemão do clube) e ainda ganhou a companhia de jogadores cascudos e talentosos. As pretensões do time de Dieter Hecking passam pela permanência de Kevin De Bruyne, a joia belga está na mira do Manchester City que quer pagar fortunas e seduzir o camisa 14, destacando que o menino é o craque do clube alemão. Além de De Bruyne, o Wolfsburg mostra porque quer disputar a Bundesliga, conseguiu segurar o interesse da Inter e manteve Perisic, o jovem lateral Ricardo Rodriguez também ficou e claro, o ótimo atacante Bas Dost segue firme liderando o setor ofensivo. André Schürrle, Vieirinha, Luiz Gustavo, Aaron Hunt e Max Kruse, artilharia bastante pesada para os Lobos buscarem a Salva de Prata. Hoje o Wolfsburg tem mais cara de time que o próprio Borussia Dortmund, por isso, deve ficar com folga na segunda colocação.

Caso permaneça, De Bruyne pode ajudar o Wolfsburg
 a surpreender. (Wolfsburg Oficial)
A Alemanha ainda apresenta ótimos clubes, é por essas e outras que o futebol campeão do mundo coloca quatro clubes na Liga dos Campeões, enquanto Itália e França disputam apenas três vagas. Bayer Leverkusen chega para a temporada reforçado de um campeão da Copa América, Aránguiz é ótimo e deve tomar conta do meio de campo alemão, o Schalke 04 tenta renovar sua esperanças, mas o time é limitado, o Borussia Monchengladbach sempre faz excelentes temporadas, porém é sempre bombardeado no mercado de transferências. A Bundesliga cresce e cada temporada, apresenta as torcidas mais apaixonadas e vibrantes do planeta, o grande problema é a força única do Bayern de Munique, o time não dá chances aos demais e sobra durante todo o campeonato, é um problema sem solução, nos resta desfrutar do melhor futebol do mundo acompanhando o campeão absoluto tentar a sorte, vale a pena, mas as vezes enche.

Palpite: Bayern de Munique (com antecedência!)