domingo, 12 de outubro de 2014

Mercedes é campeã do Mundial de Construtores

Ainda chocados com o desfecho do Grande Prêmio do Japão, os pilotos foram para o fim de semana estrear o Grande Prêmio da Rússia em Sochi sem a mesma empolgação que a Fórmula 1 vinha proporcionado. Apesar disso, o debutante GP da Rússia protagonizou o fim do Mundial de Construtores, mais uma dobradinha da Mercedes fez com que a grande escuderia da temporada já fosse coroada com a conquista, na pista, Hamilton e Rosberg seguem travando excepcionais duelos.
Hamilton passeia e dá o título de construtores a Mercedes. (AP/Tribuna do Cisco)

Na largada, o sinal é que teríamos uma boa disputa pela ponta, mas Rosberg não conseguiu ter êxito na tentativa de superar Hamilton, Bottas acompanhava em terceiro o duelo entre a dupla da Mercedes, o finlandês também foi uma ótima revelação na temporada. A corrida começou com alguns erros grosseiros, principalmente na tentativa de Nico em assumir a ponto, o alemão fritou os pneus e teve que ir aos boxes logo na primeira volta, quem fez companhia ao ex-líder do Mundial foi Felipe Massa, não bastava o brasileiro ter largado em décimo oitavo, o piloto da Williams ainda foi obrigado a visitar o pit stop na primeira volta.

Fritada acabou com as pretensões de Nico. (Getty Images)
Enquanto Nico buscava recuperação após o erro no início, Hamilton voava baixo em Sochi, o inglês deu a volta por cima na temporada, hoje, ele é realmente o grande favorito a conquista, é mais experiente e um piloto num nível superior em relação ao companheiro alemão. Felipe Massa não estava com sorte e acabou não conseguindo ultrapassar Pérez, o mexicano estava dando muito trabalho ao brasileiro que ficou em décimo primeiro. Não sobrou chances para ninguém, foi um GP bem fechado lá na frente, a dupla da Mercedes liderando (Rosberg conseguiu recuperar o segundo posto) e Bottas em terceiro, destacando a boa prova da dupla da McLaren, Button em quarto e Magnussen em quinto e Fernando Alonso, o provável futuro piloto da McLaren acabou em sexto.

Faltam apenas três provas para o fim da temporada 2014 da F1, Lewis Hamilton vai conseguindo ampliar sua vantagem e ficando muito próximo do bicampeonato, a próxima prova acontecerá no dia 2 de novembro, o Grande Prêmio dos Estados Unidos em Austin, será o divisor de aguar para as pretensões de Rosberg, o alemão ainda terá fôlego para dar reviravolta em Lewis? A resposta, em 2 de novembro.
Extraído de Globoesporte.com

Mundial de Pilotos:
1. Lewis Hamilton: 291 pontos
2. Nico Rosberg: 274
3. Daniel Ricciardo: 199
4. Valtteri Bottas: 145
5. Sebastian Vettel: 143
6. Fernando Alonso: 141
7. Jenson Button: 94
8. Nico Hulkenberg: 76
9. Felipe Massa: 71
10. Kevin Magnussen: 39
11. Sergio Pérez: 47
12. Kimi Raikkonen: 47
13. Jean-Eric Vergne: 21
14. Romain Grosjean: 8
15. Daniil Kyvat: 8
16. Jules Bianchi: 2

*Os demais ainda não somaram pontos.

Mundial de Construtores:
1. Mercedes: 565 pontos
2. RBR/Renault: 342
3. Williams/Mercedes: 216
4. Ferrari: 188
5. Force India/Mercedes: 143
6. McLaren/Mercedes: 123
7. STR/Renault: 29
8. Lotus/Renault: 8
9. Marussia/Ferrari: 2
10. Sauber/Ferrari: 0
11. Caterham/Renault: 0