sábado, 30 de agosto de 2014

UFC 177: Z-I-C-A

Um saudoso “Salve!” a todos os leitores da Tribuna do Cisco! Finalmente nossa “pausa forçada” nos eventos do UFC chegou ao fim. Neste sábado teremos mais um evento principal após o cancelamento da edição 176, a edição que o sucede estará sendo sediada em Sacramento, capital da Califórnia. Mais uma vez teremos um duelo entre americano e brasileiro na luta principal, valendo o cinturão da categoria dos galos.  Ou melhor, aconteceria, pois nesse exato momento fico sabendo que o desafiante adoeceu durante o processo de perda de peso e teve de ser retirado do combate.
Cartaz Oficial antes do Fail! (foxsports.com)

Foi a primeira vez que eu me recordo claramente em que uma luta foi cancelada exatamente no dia anterior do duelo e desde que começamos a escrever sobre MMA na Tribuna. Nós já tinhamos preparado todo texto introdutório que faço antes de comentar sobre o card as lutas do card preliminar e palpitar com mais detalhes as do principal, como é de costume aqui em nosso blog, mas o esforço foi adiado já que o tema será usado no futuro. Mesmo assim, continuamos com algo a falar, pois, nosso objetivo é sempre externar nosso ponto de vista sobre o esporte.

E se tem algo que marcou o UFC neste ano é sua zica! Estamos no final de agosto e tivemos inúmeras lutas adiadas ou canceladas por lesões e outros motivos judiciais. Vitor Belfort lutaria com Chris Weidman, mas não foi liberado. Lyoto entrou no seu lugar para enfrentar o campeão, que se machucou e a luta que aconteceria em maio só foi realizada em julho. Wanderlei Silva e Chael Sonnen falaram, falaram, falaram, foram as vias durante o TUF Brasil, falaram, falaram, falaram e nenhum deles conseguiu liberação para lutar porque tiveram problemas com os exames anti-doping. No Brasil, Cigano faria a luta principal do TUF III com Miocic, faria! Pois também se machucou e entrou Fábio Maldonado. Nos leves, Anthony Pettis se machucou no fim do ano passado e lutará contra Melendez só em dezembro, será? Ainda na mesma categoria, o estrangulador de ursos Khabib Nurmagomedov estava a um passo de ser o próximo desafiante, mas deu entrada no estaleiro e também ficou de molho. Nos meio-pesados, a revanche entre Jon Jones e Alexander Gustafsson finalmente aconteceria, ACONTECERIA! O sueco se machucou e deu lugar a Daniel Cormier, que fez um circo junto com o atual campeão e protagonizaram uma briga ao melhor estilo Todo Duro e Holyfield. E no final das contas, Bones se machucou num treinamento com Alistair Overeem e só voltará em janeiro do próximo ano.
Para termos um pouco de noção da crítica situação do evento, nós teremos apenas TRÊS lutas preliminares. Eu nunca assisti um evento do UFC tão desfalcado. E isso porque ainda tivemos algumas lutas do UFC 176 que foram transferidas para este. Não tem como falar outra coisa além de “A bruxa está solta!”.

Vamos para os palpites antes que alguém se machuque mais!

Parece que Dana não tá feliz. (mmajunkie.com)
Yanci Medeiros VS Damon Jackson
Esta luta é de total interesse para Yanci, pois um revés o faria perder o emprego! Motivos não faltam pois ele lutou três vezes no UFC, com duas derrotas e um No Contest. E para apimentar um pouco mais a situação do striker, ele enfrentará um lutador da categoria dos penas, que pegou a luta de última hora e fará sua estreia no UFC. Mas, não estou subestimando Jackson, muito pelo contrário, acredito que ele tem muito potencial e se encaixar a estratégia, vai levar o combate. Os caminhos para vitória também são totalmente apostos. Medeiros procurará manter a luta em pé e tentar prolonga-la o máximo possível já que Jackson nunca passou do segundo round. Já Jackson deve tentar o combate no solo desde o início e, caso consiga, não vá ter muita dificuldade para vencer.

PALPITE: JACKSON POR FINALIZAÇÃO NO SEGUNDO ROUND.

Ramsey Nuen VS Carlos Diego Ferreira
Olha, eu acho que o problema não é comigo, mas Ramsey é um daqueles caras burocráticos que eu fico me perguntando “por que ele faz parte do UFC?”. Sim, escrevo isso sempre torcendo para que ele queime minha língua com evolução e não com um golpe de sorte. Já Carlos Diego é mais um jiu-jiteiro que tentará se criar no UFC. Na sua primeira luta conseguiu uma finalização rápida e acho que isso será o que se repetirá neste duelo, entretanto, sempre observando a parte de luta em pé para avaliar sua evolução.

PALPITE: FERREIRA POR FINALIZAÇÃO NO PRIMEIRO ROUND.

Shayna Baszler VS Bethe Correia
Mais uma luta de grappler vs striker. A americana, que faz parte do quarteto “as quatro amazonas” se sente muito confortável no chão! Principalmente para usar toda a altura que a favorece. Sò que Bethe é muito superior em pé e Shayna já mostrou que pode ser nocauteada. Se a brasileira encurtar a distância, consegue levar mais uma vitória pra casa.

PALPITE: CORREIRA POR DECISÃO UNÂNIME

Danny Castillo VS Tony Ferguson
Danny é mais um representante da Alpha Male no evento e vai procurar levar a luta por chão, não por falta de habilidade, mas porque o seu adversário é um melhor lutador em pé. Ambos vêm de vitória e devem fazer uma luta mais franca. Só que Ferguson é mais completo e deve conseguir vencer o duelo

PALPITE: FERGUSON POR NOCAUTE NO PRIMEIRO ROUND
Não dá pra imaginar algo diferente. (boymma.com)

TJ Dillashaw VS Joe Soto
Apesar de ser um bom lutador e ser muito habilidoso no chão, não consigo levar fé em uma cara que não teve nem 24 horas pra se preparar para um combate.

PALPITE: DILLASHAW POR NOCAUTE NO SEGUNDO ROUND.