sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Raio-x Serie A TIM 2014/2015

Campeonato sem prestígio, decadente e falido? Que nada! O Calcio se inicia neste fim de semana gerando muitas expectativas, com a queda de Internazionale e Milan, a Juventus dominou o futebol da bota até a última temporada, porém a saída de Antonio Conte pode causar uma drástica mudança no clube de Turim, enquanto isso, o excelente projeto da Roma pode colocar o time da capital na rota do título nacional. O futebol italiano vive um período um pouco sombrio, foi a segunda Copa do Mundo consecutiva que o país acabou eliminado na fase de grupos, além disso, o futebol alemão já havia ultrapassado o italiano em número de vagas para a Liga dos Campeões da Europa, a vantagem alemã só aumentou e ficou bastante claro o enfraquecimento italiano na competição européia, o Napoli foi eliminado pelo Bilbao na fase preliminar, ou seja, apenas Juventus e Roma representarão o país na maior liga de futebol do continente, a situação é caótica.
Apesar de enfraquecido, a bota ainda apresenta seus experientes talentos. (Tribuna do Cisco)
Vidic foi a melhor contratação
da Internazionale. (Getty Images)
Um gigante na década passada, a Inter ainda não conseguiu se firmar após a conquista da tríplice coroa em 2010. É verdade que a chegada de Walter Mazzarri deu uma boa acalmada no vestiário, o time conseguiu terminar na quinta colocação e vê na temporada atual uma boa chance para firmar o elenco e conseguir retornar a disputa da Liga dos Campeões, ainda falta um pouco, mas Mazzarri fez contratações pontuais e boas para o início de renovação dos Nerazzurri. Vidic assumiu a zaga e já se tornou um titular incontestável, o ex-capitão do Manchester United foi, sem dúvidas, a melhor contratação da equipe, apesar da idade, o sérvio ainda tem muita bola para jogar e com certeza equilibrará a defesa interista. Multifuncional, Gary Medel fez ótima Copa do Mundo e chegou ao time de Milão podendo jogar na zaga e também no meio de campo, o chileno é daqueles jogadores de muita entrega, raça e força, para somar a defesa, os azuis e pretos ainda tiraram o lateral brasileiro Dodô da Roma, o garoto tem um brilhante futuro e já vinha jogando bem pela equipe da capital, para ser sincero, não entendi como a Roma liberou tão facilmente o garoto para um rival, bom para a Inter. Os últimos reforços são apostas de Mazzarri, Yann M’Vila surgiu muito bem no Rennes e logo alcançou a seleção francesa, o tempo passou e o meia acabou se escondendo no futebol do Rubin Kazan, com apenas 24 anos, M’Vila terá a chance de reencontrar seu futebol na Inter, uma oportunidade única e uma aposta interessante, o bom francês jogará ao lado de Guarín e Hernanes, atletas que tratam muito bem a bola. Acredito que a Inter possa brigar por uma vaga na Liga dos Campeões, mas ainda falta muita coisa para a equipe voltar a brigar pelo título nacional, a renovação era necessária, mas o aposentado Zanetti fará falta!

Allegri terá a chance de ouro para se
 firmar como grande técnico. (La Presse)
Atual tricampeã, a Juventus tentou, tentou e tentou se destacar no cenário europeu, entretanto, colheu fracassos e seguiu mandando apenas no Calcio. Para piorar a situação, a Federação Italiana não pensou que outro nome poderia resgatar o bom futebol da seleção e tirou Antonio Conte dos Bianconeri, a diretoria agiu rápido e trouxe um nome um tanto contestado, Massimiliano Allegri conseguiu um título do Calcio com o Milan, mas o desgaste e os maus resultados culminaram em sua demissão do comando do time de Milão, além disso, vale destacar que Allegri foi o treinador que liberou Andrea Pirlo do Milan para a Juventus, penso eu que a torcida do clube de Turim deva uma ao jovem técnico. Apesar do certo desgaste, a Juventus conseguiu manter o bom time, principalmente ao segurar Arturo Vidal e Paul Pogba, a base já é forte e ganhou nomes interessantes, a experiência de Evra, o bom futebol do ítalo-brasileiro Romulo e as apostas em Pereyra e Morata, o primeiro rendeu bem na Udinese, já Morata era bastante contestado no Real Madrid, mas fazia seus gols, sem falar que ainda é um garoto, pode ajudar muito a Velha Senhora na busca pelo tetracampeonato. Já está mais do que na hora da Juve almejar o título europeu, contudo, não vejo o time bem preparado a ponto de brigar com os gigantes europeus, para falar a verdade, a equipe está indo bem devagar, é por essas e outras que coloco a Juventus novamente na briga pelo Calcio, fracassando na Liga dos Campeões, destacando também que o clube não terá a mesma facilidade como teve nas últimas três conquistas do Campeonato Italiano, a concorrência cresceu!

Pippo Inzaghi e uma tarefa indigesta. (AP)
A maior decepção da última temporada, o Milan tenta se reerguer, mas o time, as apostas e a direção demonstram um pouco mais do mesmo. Após queimar Seedorf no comando técnico, é a vez de Filippo Inzaghi tentar a sorte como “bombeiro” de um clube mal administrado e despreparado, lembrando que o Rossonero tem bons nomes no seu plantel. Havia tempos que o clube precisava de um bom goleiro e o excelente Diego López caiu como uma luva, deverá ser o titular de Pippo, além do bom arqueiro, o time contratou peças decadentes do elenco do PSG, o muito experiente zagueiro Alex (deve ser titular) e um jogador que ainda não conseguiu se firmar no futebol, vale destacar que Jérémy Ménez já está com 27 anos, não é mais nenhum garoto e precisa amadurecer. Perder Balotelli foi, na minha visão, um grande equívoco, é verdade que o atacante é um pouco perturbado, mas suas atuações poderiam aumentar as expectativas do clube que vive tempos sombrios, eu não creio que Fernando Torres (recém-contratado) consiga substituí-lo à altura, por outro lado, o Milan precisa de um ponto de apoio no ataque e Torres precisa de um clube para se apoiar, El Niño ainda tenta recuperar seu bom futebol e reencontrar o caminho das redes. Pablo Armero também reforça o Rossonero, o bom colombiano pode dar uma nova cara ao decepcionante lado esquerdo milanista, caso teste novas formações táticas, Pippo poderia experimentar Armero como uma meia esquerdo, como ele tem atuado na seleção da Colômbia. Hoje, não apostaria no Milan em hipótese alguma, a não ser como candidato a decepção da temporada, o clube já não vai disputar nenhum torneio internacional, está na hora de se iniciar uma renovação lenta e pensar em nomes jovens que possam recolocar o Milan no lugar onde ele merece. A diretoria não tem feito isso, com isso, torcedores e fãs do futebol se entristecem com a decadência do segundo clube com mais conquistas de Ligas dos Campeões da história.

Napoli fracassou em seu primeiro
 desafio na temporada. (AP)
Ao terminar a temporada em ascensão, as expetativas para a temporada do Napoli eram bem interessantes, porém, o clube já provou o contrário ao decepcionar na fase preliminar da Liga dos Campeões, o time de Rafa Benítez foi engolido pelo Athletic Bilbao e acabou tendo que se contentar com a melancólica vaga na Liga Europa, ou seja, o planejamento foi por água abaixo com apenas dois jogos oficiais na temporada, um fracasso total! Reina não permaneceu (foi para o Bayern) e Rafael assumiu a condição de titular, o argentino Andújar foi contratado para a reserva, além dele, vale destacar os reforços De Guzmán e Michu, o primeiro foi muito bem na Copa do Mundo e garantiu um bom contrato, pode ser de muita utilidade ao meio campo carente dos napolitanos, já o espanhol vinha sendo uma das sensações do futebol europeu e ficou famoso ao ser o destaque da campanha excepcional do Swansea do País de Gales, um reforço e tanto! Com a queda na Liga dos Campeões, o Napoli terá que se reerguer muito rapidamente, com isso, o título do Calcio já está praticamente descartado, na minha sincera opinião é claro, acredito que o Napoli irá novamente brigar por uma vaga na Liga dos Campeões, o problema será o desânimo do elenco, a desconfiança da torcida e a concorrência com outros clubes, vida difícil ao clube de De Laurentiis.

Além da boa equipe, o esquadrão romanista
 apresentou um belo uniforme. (Divulgação)
Vice-campeão e vivendo um projeto muito bacana, a Roma entra na temporada 2014-2015 muito forte, Rudi Garcia chegou cercado de muita desconfiança, com o passar da última temporada ele provou ser genial ao conseguir organizar o sistema defensivo e ganhar um belo presente com a contratação de Gervinho, o marfinense se tornou indispensável na escalação do francês nos Giallorossi. Perder Benatia foi um duro golpe, nem a direção, muito menos Garcia e os torcedores esperavam que o marroquino bom de bola pudesse forçar sua saída do clube em meio a um projeto em andamento, lembrando que o zagueiro foi muito bem em sua primeira e única temporada pelo clube da capital, sua ida para o Bayern de Munique aumentará a rivalidade dos times nos duelos pelo grupo E da Liga dos Campeões, serão embates imperdíveis! Para repor a saída de Benatia, a Roma trouxe boas apostas, Davide Astori veio do Cagliari, jogou bem e deve garantir a condição de titular, mas o recém-contratado Manolas também quer mostrar serviço, com o tempo, Garcia definirá quem fará companhia a Leandro Castán em uma das melhores defesas do futebol italiano. A Roma não fez tanta questão em manter o jovem lateral esquerdo Dodô (seguiu para a Internazionale), sendo assim, os experientes Ashley Cole e Emanuelson serão os donos da posição, com o inglês na vaga de titular e o holandês no banco de reservas, bons jogadores apesar da queda de rendimento de Cole. Buscando ter um meio de campo mais refinado e melhorar o banco de reservas, os Romanistas trouxeram Seydou Keita e Salih Ulçan, o togolês e o turco apostas bem opostas, isso porque o africano é bem mais rodado e deverá ter mais chances no time titular, enquanto o turco ainda é jovem e terá uma primeira temporada para tentar se firmar fora do seu país de origem. Com a não afirmação de Ljajic e as partidas inconstantes de Florenzi, a Roma investiu pesado e trouxe uma das revelações da temporada passada, o jovem e ótimo meia argentino Juan Iturbe, é claro que ele fará dupla com Gervinho e Totti no ataque romano, um trio para lá de eficiente e temido. O time da Roma é aquele time de se encher os olhos, está entrosado e apresentando um futebol muito bonito, para mim, ainda faltaria uma peça no ataque, que não deve ser contratado pela confiança depositada em Destro, apesar de deficiências evidentes em alguns setores, acredito que o time da Roma é aquele único e capaz de jogar de igual para igual com a Juventus, é aquela equipe que vai brigar pelo Calcio, é a minha grande aposta para a conquista do título!

No mais, temos Fiorentina, Lazio, Udinese e porque não destacarmos a sensação Hellas Verona, esses clubes sempre dão bastante trabalho e prometem acirrar a briga com os gigantes citados nos parágrafos de cima. A Viola fez apostas interessantes e querem provar que o quarto lugar da temporada passada ficou barato, a Lazio ainda tenta voltar a mostrar bom futebol, será uma temporada de afirmação, a Udinese sempre revela bons jogadores e não será diferente na nova campanha e o Verona quer provar que não deu sorte na última temporada, mostrando que aposta e acerta em seus reforços. O Cesena, o Empoli e o Palermo estão de volta a série A, são boas novidades para 2014-2015, será o campeonato que provará que o futebol italiano ainda é sensacional e pode atrair os olhares do mundo do futebol, que o show comece!

Palpite: Roma.