terça-feira, 12 de agosto de 2014

Raio-x Premier League 2014/2015

A bola já vai rolar para a melhor liga do planeta, as coisas estão bem modificadas para a nova temporada e a vida não será fácil para o Manchester City, clube que lutará pela manutenção do título, o fato é que não tem bobo na Premier League e cada ponto será fundamental para todos os que almejam grandes posições. Vimos no fim de semana passado uma das excelentes surpresas para a temporada, um modificado e reforçado Arsenal brilhou e golpeou o time do City (que estava desfalcado), entretanto, Wenger enfim terá uma equipe competitiva que poderá brigar pela conquista nacional.
A Premier League tem tudo para ser o centro das atenções no futebol do Velho Continente. (Tribuna do Cisco)
Arsene Wenger já mostrou que sua base era forte, a prova disso foi a grande campanha na última temporada, liderando o campeonato por mais tempo que o próprio campeão (o Manchester City), além disso, a conquista da FA Cup deixou os torcedores muito motivados para a temporada 2014/2015. O grande reforço foi Alexis Sánchez, mas atletas que brilharam na Copa do Mundo como o goleiro colombiano Ospina, o lateral Debuchy e o retorno do Joel Campbell reforçarão e deixarão o elenco recheado de boas opções, contudo a grande aposta de Wenger será mesmo o jovem lateral inglês Chambers, menino que despontou no Southampton. A verdade é que o Arsenal dará muito trabalho e os torcedores podem ficar muito empolgados, afinal de contas, os Gunners brigarão sim pelo título da Premier League, elenco, ótimo técnico e um grande estádio colaborarão para o sonho acontecer.

Um Arsenal bastante competitivo para a nova temporada. (uk.eurosport)
Um Chelsea pronto para conquistar a Inglaterra.
(Tribuna do Cisco)
Entretanto, quem deverá brilhar mesmo na temporada são os Blues, José Mourinho foi muito esperto e tirou boa parte dos seus reforços do futebol espanhol, em uma só tacada, trouxe Cesc Fabregas, Filipe Luís e Diego Costa, além deles, os retornos em definitivo de Courtois e Didier Drogba tornou o elenco muito, mais muito forte. Entrosados com o atual elenco, os novos reforços transformarão o Chelsea em uma das equipes mais temidas da Europa. Só no gol, o time contará com Cech e Courtois (Se Messi ainda não conseguiu vencer Petr Cech, imagine agora com a chegada de Courtois), é até um pouco cruel colocar o tcheco e o belga para disputar posição, mas Mourinho adora fazer isso. Com a fraca atuação do ataque no ano passado, o time londrino agora contará com o melhor “camisa 9” da última temporada, Diego Costa foi o grande craque do Atlético de Madrid e com um time muito mais bem montado e mais rico, o hispano-brasileiro tem tudo para se destacar na Inglaterra. Didier Drogba jamais deveria ter deixado o Chelsea, viveu aventuras na China e na Turquia e agora retornou para auxiliar Mourinho em nova empreitada, o marfinense ainda tem gás e futebol para ser a sombra de Diego, será fundamental. O meio campo ganhou um dos melhores reforços do futebol inglês para a temporada, Fabregas deixará Oscar muito menos sobrecarregado, terá a missão de chamar a responsabilidade e tem grandes chances de ser o protagonista, porém, antes de tudo, o espanhol terá que reencontrar seu futebol desperdiçado na Catalunha nos últimos anos. Na minha opinião, o “Special One” ainda necessita reforçar a zaga, não que a saída de David Luiz seja uma grande perda, mas o português precisa de mais um zagueiro para compor o elenco. O Chelsea é, para mim, o grande favorito a conquista a Premier League 14/15.

Uma mescla de jovens e veteranos,
 o surpreendente Liverpool. (Liverpool FC)
Surpreendente em 2013/2014, os Reds mostraram que podem sim almejar voos mais altos, o grande problema para Brendan Rodgers foi a saída de Suárez, contudo, o uruguaio já não estava mais com a cabeça em Liverpool, por isso, o jovem técnico utilizou a grana conquistada para reforçar de vez o elenco limitado. Para ajudar Philippe Coutinho, Sturridge, Sterling e Cia vieram às boas revelações Divock Origi, Lallana, Emre Can e o sérvio Markovic, além deles, nomes mais experientes também foram contratados para auxiliar a mescla de jovens e veteranos, como foram os casos de Lovren e Lambert, o segundo, inclusive, já está mais para o final da carreira. Acredito que o Liverpool deu um passo muito alto na última temporada, entretanto, ainda não vejo esse elenco com força para brigar com os demais gigantes, é um projeto a longo prazo e a nova temporada valerá para testar os reforçado jovem time na  disputa das mais variadas competições, lembrando que os Reds retornarão a Liga dos Campeões da Europa nesta temporada. Steven Gerrard ainda é o grande nome, será o protagonista, mas vai precisar de mais algum nome mais experiente para fazer a máquina do Liverpool funcionar, na creio que exista esse nome no atual elenco, a saída de Suárez fez isso acontecer, por isso, os Reds terão que ir ao mercado e gastar dinheiro.

Caballero será a sombra de Hart no
 campeão inglês. (Sky Sports)
Após conquistar a Premier League mais complicada e emocionante dos últimos tempos, o Manchester City optou por reforçar os setores mais carentes, sem grandes contratações bombásticas. A grande bomba em City of Manchester foi a chegada de Frank Lampard, o meia vai defender os Citizens até dezembro, depois, rumará para a última aventura da carreira, jogar na MLS pelo novato New York FC. O ótimo goleiro Caballero chegou e Manuel Pellegrini deu o recado a Joe Hart, ele não poderá falhar como titular, caso falhe, o argentino é a sombra e tem talento para ser titular, é o mesmo caso de Zabaleta que, apesar das boas atuações, terá a sombra de Sagna na direita, será uma briga muito interessante. No ataque, o time azul deverá manter os quatro da temporada passada, não há mais dúvidas, Agüero e Dzeko são os titulares, Negredo é o reserva de luxo e o técnico Pellegrini teve, sabiamente, muita paciência e dará mais uma chance para uma das decepções da última temporada, o motenegrino Jovetic terá que correr atrás do prejuízo e mostrar que valeu a pena o investimento. No mais, o bom meio formado por Fernandinho, Yaya Touré, Nasri e Silva foram mantidos e reforçados pelo brasileiro Fernando e, pelo já mencionado Frank Lampard, além do mais, vale destacar que Jesús Navas tem tudo para e firmar na equipe, é um grande jogador. O City é forte como sempre, porém, acredito num foco maior na Champions League, sem falar do desgaste do elenco, com isso, aposto que os Citizens só ficarão com vaga entre os quatro primeiros, ou seja, não será o campeão desta temporada.

Um Louis Van Gaal para reerguer o United. (Telegraph)
É hora do show! O Manchester United é a prova que existe boa administração e ainda existe ótimos visionários no mundo do futebol, a prova disso é que, de maneira muito acertada, a diretoria fechou com Louis Van Gaal antes mesmo da Copa do Mundo, o holandês brilhou no Mundial e chegou com bastante moral e carta branca para causar uma revolução nos Diabos Vermelhos e no futebol inglês. Se é para ter uma ideia, o holandês ganhou no colo apenas dois reforços até então, os jovens e excelentes Luke Shaw (ex-Southampton) e Ander Herrera (ex-Bilbao), só com esse toque de juventude, o United vem brilhando na pré-temporada e mostrando um novo ânimo, completamente diferente triste equipe de David Moyes. O fato é que contratações de peso ainda deverão ser anunciadas, o mais provável é Arturo Vidal, o time aos poucos vai se encorpado e acredito que chegará ao auge no momento certo do campeonato, vale destacar também que os Diabos Vermelhos não jogarão a UEFA Champions League, dessa forma, a Premier League será priorizada. Ainda não vejo o United como candidato ao título, isso porque a equipe oscila bastante, em uma temporada domina o futebol inglês e leva a Premier League de forma inquestionável, em outra protagoniza um desastre e só termina na sétima colocação, Van Gaal terá um duro trabalho e eu acredito muito nele, por isso, já coloco o Manchester United entre os quatro primeiros, mas não no nível de Arsenal, Chelsea e City, a verdade é que o campeonato será espetacular!

Os demais clubes deverão dar trabalho, porém eu creio que os gigantes estão em um patamar muito acima, tornando impossível o sonho de clubes médios. Apesar disso, o Everton é um time que me chama bastante atenção, a equipe de Roberto Martinez conseguiu em definitivo a compra dos direitos do jovem e bom Lukaku, sem falar de importantes jogadores como Mirallas, Barry, Baines, Jagielka e, é claro, do “goleiraaaaço!” Tim Howard, ainda por cima, o jovem Barkley já brilhou na temporada 2013/2014 e tem tudo para chamar a responsabilidade na atual, não tenho dúvidas de que ele estará em um gigante muito em breve. Além do Everton, o Tottenham lançou um projeto interessante, o promissor técnico Mauricio Pochettino fará um trabalho mais humilde e tem jogadores também muito promissores, tem tudo para dar certo, já foram contratados a dupla do Swansea, Vorm e Ben Davies e o jovem defensor inglês Dier, que estava no Sporting. No mais, Swansea, Newcastle, QPR e talvez o Southampton poderão dar trabalho e brigar por cima, os demais farão figuração, mas uma coisa é certa, não existe mais bobo no melhor futebol do mundo, o futebol da Premier League!

Times que darão certo trabalho, aliás, sempre dão trabalho em um campeonato tão complicado. (Tribuna do Cisco)
Palpite: Chelsea.