sexta-feira, 16 de maio de 2014

Brasil na América: Quartas de Final (Volta)

Após um longo inverno, o Brasil não disputará as semifinais da Taça Libertadores da América, o Cruzeiro se apequenou diante do San Lorenzo e viu um time mais bem preparado lhe eliminar dentro do Mineirão, confira como foi a partida e reflita conosco o que aconteceu com o país no torneio que era seu desde 2010.
Piatti celebra e Moreno disputa bola, não deu para a Raposa. (Tribuna do Cisco)

Cruzeiro 1 x 1 San Lorenzo-ARG: Após sofrer derrota de forma melancólica em Buenos Aires, o Cruzeiro convocou sua torcida para uma festa no Mineirão, o problema é que o time de Marcelo Oliveira esqueceu de avisar o time do Papa Francisco, o San Lorenzo é realmente um time muito bom para os padrões Taça Libertadores. O Cruzeiro começou de maneira muito apática, errando ao se lançar ao ataque e pecando ao deixar a defesa aberta, foi impressionante como Dedé e Ceará abriram o lado direito, foi justamente assim que os argentinos mataram o jogo, Piatti recebeu sozinho e abriu o placar, sem chances para o goleiro Fábio.

Frustração mineira na taça Libertadores: (AFP)
A Raposa acordou para o jogo, Marcelo Moreno chamou muita atenção ao demonstrar muita raça, ele desperdiçou muitas oportunidades, é verdade, mas também não teve sorte em momentos cruciais, que poderiam empatar o jogo, o gol não veio e o Cruzeiro seguiu a sina rumo a mais um fracasso na Libertadores. No segundo tempo, o time celeste melhorou, atacou até conseguir empatar a peleja, mas era tarde demais, o gol de Bruno Rodrigo veio apenas na metade da etapa final, nem a expulsão de Romagnoli (ídolo do San Lorenzo) fez com que os argentinos se abalassem, a classificação estava muito encaminhada.

A verdade é que o Cruzeiro fez uma Libertadores muito abaixo do esperado, o campeão brasileiro foi empurrando com a barriga o máximo que pode, parou nas quartas de final. Vale a reflexão, o Brasil não colocou nenhum clube entre os 4 melhores da América, detalhe: o país esteve presente pelo menos na final desde 2005 até 2013, um grande recorde que país nenhum deve conseguir repetir por enquanto. Os quatro classificados começam a se enfrentar após a Copa do Mundo, Bolívar x San Lorenzo e Defensor x Nacional-PAR farão bons jogos, teremos um campeão inédito assim como tivemos nos dois últimos anos, será de arrepiar.

Ficha Técnica:

Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Data: 14 de maio de 2014, quarta-feira

Horário: 22h (de Brasília)

Árbitro: Martín Vásquez (URU)

Assistentes: Miguel Nievas e Carlos Pastorino (ambos do Uruguai)

Cartões amarelos: (Cruzeiro) Dedé (San Lorenzo) Mercier, Matos, Kannemann, Torrico

Cartão vermelho: (San Lorenzo) Romagnoli

Gols:
Cruzeiro: Bruno Rodrigo, aos 25 minutos do segundo tempo
San Lorenzo: Piatti, aos nove minutos do primeiro tempo

Cruzeiro: Fábio; Ceará, Dedé, Bruno Rodrigo e Samudio (Egídio); Nilton (Dagoberto), Henrique, Everton Ribeiro e Júlio Baptista (Ricardo Goulart); Willian e Marcelo Moreno
Técnico: Marcelo Oliveira

San Lorenzo-ARG: Torrico; Buffarini, Valdes, Gentilette e Mas; Mercier, Ortigoza, Piatti (Kannemann) e Villalba (Kalinski); Correa (Romagnoli) e Matos
Técnico: Eduardo Bauza

Nota:

Com a eliminação de todos os brasileiros, a série Brasil na América retorna somente em 2015, com o início da Taça Libertadores 2015, todavia, seguiremos acompanhando e transmitindo para todos o que de melhor rolar nas semifinais e na grande decisão do maior torneio de futebol das Américas.

Grande abraço!

Dia 24 de maio, os olhos do mundo se voltam para Lisboa, o Estádio da Luz será palco da grande decisão da UEFA Champions League. Real Madrid x Atlético de Madrid, respiramos a final da Liga dos Campeões, siga conosco, Esporte Entre Amigos!