segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Mais uma para o currículo

No Grande Prêmio dos Estados Unidos, vimos Sebastian Vettel novamente dominar e vencer a prova, o alemão dominou todo o fim de semana, fazendo a pole e deixando seus “rivais” para trás. Os outros pilotos só cumprem tabela e alguns buscam manter ou arrumar emprego para 2014. Kimi Raikkonen sofre com uma lesão no pescoço e foi substituído por seu compatriota Heikki Kovalainen em Austin.
Vettel e mais um recorde. (Tribuna do Cisco)

Dura largada em Austin (AP)
Vettel, o insuperável, largou muito bem e não permitiu que Webber e Hamilton o ultrapassassem, enquanto que o australiano acabou errando e perdendo posições para Lewis e Grosjean. Felipe Massa, muito feliz por acertar com a Williams para a próxima temporada, foi muito mal na disputa da super pole e caiu logo no Q2, além disso, o piloto brasileiro não começou bem a corrida, caindo para a décima sexta colocação.

Logo no início da corrida, Adrian Sutil acabou se enrolando e tocando no carro de Pastor Maldonado, girando para fora e obrigando o safety car a intervir, teríamos uma relargada. Mesmo com a relargada, Vettel sobrou na sequência, é impressionante como os outros pilotos não são páreos para o alemão e a RBR. Em segundo, Grosjean seguia firme e logo abriu 4 segundos de vantagem para Lewis Hamilton, o piloto da Mercedes ainda tinha que se preocupar com as investidas de Mark Webber, vimos uma prova espetacular, apesar do título antecipado de Vettel.

As investidas de Webber em Hamilton tiveram resultado na décima quarta volta, quando o australiano acionou a asa móvel deixou o britânico para trás, uma verdadeira prova do que o carro da RBR é capaz. Felipe Massa seguia atrás, mas novamente fazia uma corrida de recuperação, foi basicamente o ano dele na Ferrari, fazer corridas de recuperação, o brasileiro seguia firme e manteve Jenson Button atrás. Substituíndo Raikkonen, Kovalainen não conseguiu fazer uma boa prova, brigando na parte de baixo, terminando em décimo quarto.

Alonso, o vice-campeão em 2013. (EFE)
Nos momentos finais, Vettel só passeava e fechou a prova em 1h39m17s, mais uma vitória do alemão. Ainda vale ressaltar a grande disputa da prova, Fernando Alonso ultrapassou Hulkenberg e teve muitas dificuldades em se manter em quinto, mas talento e experiência fizeram com que o espanhol terminasse entre os 5 primeiros. Grosjean em segundo e Webber em terceiro fecharam o pódio. Felipe Massa terminou em décimo segundo por conta da punição a Vergne, não pontuou e cumpre tabela em Interlagos.
Foi a décima segunda vitória de Vettel na temporada, batendo o recorde de Michael Schumacher em 2004, o alemão segue o plano de se tornar o maior piloto da história da Fórmula 1, ele está incansável e com sede de recordes. Terminando em quinto, Fernando Alonso confirmou matematicamente o vice-campeonato, ele mesmo disse após a prova que é o “melhor dos mortais”, colocando Vettel em um patamar acima.

Interlagos acontece em 24 de novembro, encerrando a temporada de um homem só e fechando com chave de ouro mais um ano da Fórmula 1, o maior campeonato automobilístico do planeta, até a próxima!

Classificação final – GP EUA (Austin):

1) Sebastian Vettel (ALE/RBR), 56 voltas em 1h39m17s148
2) Romain Grosjean (FRA/Lotus) + 6s2
3) Mark Webber (AUS/RBR) + 8s3
4) Lewis Hamilton (ING/Mercedes) + 27s3
5) Fernando Alonso (ESP/Ferrari) + 29s5
6) Nico Hulkenberg (ALE/Sauber) + 30s4
7) Sergio Pérez (MEX/McLaren) + 46s6
8) Valtteri Bottas (FIN/Williams) + 54s5
9) Nico Rosberg (ALE/Mercedes) + 59s1
10) Jenson Button (ING/McLaren) + 1m17s2
11) Daniel Ricciardo (AUS/STR) + 1m21s0
12) Felipe Massa (BRA/Ferrari) + 1m26s9
13) Esteban Gutiérrez (MEX/Sauber) + 1m31s7
14) Heikki Kovalainen (FIN/Lotus) + 1m35s0
15) Paul Di Resta (ESC/Force India) + 1m36s8
16) Jean-Eric Vergne (FRA/STR) + 1m44s5*
17) Pastor Maldonado (VEN/Williams) + 1 volta
18) Jules Bianchi (FRA/Marussia) + 1 volta
19) Giedo van der Garde (HOL/Caterham) + 1 volta
20) Charles Pic (FRA/Caterham) + 1 volta
21) Max Chilton (ING/Marussia) + 1 volta

Não completou:
22) Adrian Sutil (ALE/Force India), na 1ª volta

* Jean-Eric Vergne (STR) chegou em 12º, mas teve 20s acrescido ao seu tempo final em razão de um incidente com Esteban Gutiérrez (Sauber) e caiu para 16º

Melhor volta: Sebastian Vettel (ALE/RBR), 1m39s856, na 54ª volta