segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Adeus dos sonhos

Primeiramente, um adeus dos sonhos para Vettel, que bateu mais um recorde, 13 vitórias em apenas uma temporada, o alemão dominou a temporada e disse: “Não queria que a temporada terminasse, meu momento era muito bom.” Um adeus dos sonhos para Webber, que subiu ao pódio em sua última prova como piloto profissional de Fórmula 1, ficando atrás apenas do absoluto Sebastian Vettel. Por último, um adeus dos sonhos para a temporada 2013 da F1, a temporada de um homem só e que deixa expectativas para o ano que vem, alguém consegue destronar o alemão e a RBR? Difícil, mas os próximos capítulos deste livro serão escritos em março de 2014.
O adeus de Mark Webber, o australiano boa praça. (Tribuna do Cisco)

Pois bem, vamos ao Grande Prêmio do Brasil, muitos foram os que temeram a primeira prova com chuva na temporada, logo na última do ano, mas, os deuses do automobilismo não quiseram que a chuva atrapalhasse o andamento do GP. A largada foi dura, Vettel não foi bem e logo foi ultrapassado por Nico Rosberg, um dos poucos pilotos que conseguiram vencer Vettel na temporada, todavia, o piloto da RBR logo retomou a liderança. Romain Grosjean foi muito bem em 2013, deixou de ser o maluco que todos nós já conhecíamos e aprontou para muitos guiando muito bem sua Lotus, mas logo na primeira volta, o francês abandonou a prova, finalizando a temporada por baixo.

Quem estava na expectativa para fazer uma boa prova e se despedir da Ferrari com honra era Felipe Massa, o brasileiro fazia tudo certinho na prova, estava na quarta colocação e já havia combinado com Alonso uma troca de posições para que ele pudesse subir ao pódio no Brasil, entretanto, uma punição para lá de contestada acabou com os planos do piloto. Massa passou com os quatro pneus pela linha branca dos boxes e foi punido com muita rigidez, tendo que passar pelos boxes e perder várias posições, caindo de quarto para oitavo. Revoltado, Massa respondeu a FIA, dizendo: “Inacreditável!” Realmente foi uma pena muito dura, é impressionante como isso acontece com os brasileiros na Fórmula 1, muito suspeito.

Lewis Hamilton, apesar de ter um carro melhor de que seu companheiro, não foi páreo para um Rosberg muito motivado, isso vai gerar uma boa reflexão nos bastidores da Mercedes. Contudo  Hamilton protagonizou uma das cenas do GP, ele e a Williams de Bottas se chocaram, fazendo com que o finlandês deixasse a prova, foi carro para um lado e pneu para o outro. Quem deixou saudades nessas últimas provas foi Kimi Raikkonen, lesionado, o finlandês foi substituído pelo seu compatriota Heikki Kovalainen, mas o desempenho não foi o mesmo. Kimi voltará em 2014 pilotando a Ferrari.

A corrida foi seguindo e parecia que, enfim choveria, alguns pingos trouxeram o drama para Interlagos, mas nada que mudasse os rumos de uma prova já decidida. O final da prova foi bastante emocionante, Vettel cruzou a linha e fez o seu característico zerinho, enquanto Webber passeava e refletia sobre sua carreira, a imagem da corrida foi quando o australiano retirou o capacete e continuou correndo, saudando os fãs, um espetáculo! Fernando Alonso, vice-campeão mundial, fechou o pódio, uma boa temporada de Fernando, que terá de conviver com a sombra de Raikkonen em 2014, muita pressão e mais emoção.

A temporada foi muito bem, mesmo sem tanta emoção, Vettel dominou e nenhum outro conseguiu tirar a força do alemão e da RBR, uma temporada espetacular, cheia de recordes, mas sem a emoção do ano passado. Felipe Massa terminou em sétimo, os sete anos de Ferrari foram realmente bons, mas quase lhe rendeu um título em 2008, onde bateu na trave e Hamilton foi coroado o campeão. Na Williams, o foco de Felipe é outro, ele não terá a mínima chance contra os gigantes, mas terá muito mais respeito, pois será o piloto número 1 da escuderia.
Felipe Massa deixa a Ferrari e Webber cai no pódio. (Tribuna do Cisco)

É isso, a temporada 2013 acabou, esperamos um 2014 repleto de emoções, queremos agradecer a vocês que acompanharam a temporada e viveram grandes espetáculos conosco, a Tribuna do Cisco agradece aos amigos do esporte fãs da Fórmula 1. Voltamos em março de 2014, o Grande Prêmio da Austrália, em 16 de março será novamente o pontapé inicial, até lá!

Classificação final – Grande Prêmio do Brasil:
1) Sebastian Vettel   (ALE/RBR)  - 1h32m36s300
2) Mark Webber        (AUS/RBR)    + 10s452
3) Fernando Alonso    (ESP/Ferrari)    +  18s9
4) Jenson Button      (ING/McLaren)   +   37s3
5) Nico Rosberg       (ALE/Mercedes   +   39s0
6) Sergio Pérez       (MEX/McLaren)   +   44s0
7) Felipe Massa       (BRA/Ferrari)  +  49s1
8) Nico Hulkenberg    (ALE/Sauber)    + 1m04s2
9) Lewis Hamilton     (ING/Mercedes)   +  1m12s9
10) Daniel Ricciardo   (AUS/STR)   + 1 volta
11) Paul di Resta      (ESC/Force India) + 1 volta
12) Esteban Gutiérrez  (MEX/Sauber)  + 1 volta
13) Adrian Sutil       (ALE/Force India) + 1 volta
14) Heikki Kovalainen  (FIN/Lotus)  + 1 volta
15) Jean-Eric Vergne   (FRA/STR)  + 1 volta
16) Pastor Maldonado   (VEN/Williams) + 1 volta
17) Jules Bianchi      (FRAMarussia)   + 2 voltas
18) Giedo van der Garde (HOL/Caterham)  +  2 voltas
19) Max Chilton   (ING/Marussia)  +   2 voltas

Abandonaram:
20) Charles Pic    (FRA/Caterham)
21) Valtteri Bottas   (FIN/Williams) 
22) Romain Grosjean  (FRA/Lotus)

Resultado final da temporada. (Tribuna do Cisco)