segunda-feira, 12 de agosto de 2013

The ball is gonna roll

Vai começar a melhor liga de futebol do planeta, a Premier League 2013/2014 vem para provar que não perdeu força e que ainda manda no cenário europeu. O Manchester United venceu o Wigan por 2 a 0 e conquistou a Super Copa da Inglaterra, inaugurando a nova temporada, a Premier League começa já neste fim de semana e são vários os candidatos ao tão almejado título.
A Premier League confirma que ainda é o melhor campeonato do mundo. (Tribuna do Cisco)


Moyes substitui Sir Alex no comando dos Diabos. (AFP)
Uma das novidades veio logo do atual campeão, os Red Devils perderam sua peça principal, Sir Alex Ferguson disse adeus ao futebol e David Moyes foi anunciado para a complicadíssima missão de substituir o Sir. Apesar da vinda de Moyes, o Manchester está muito parado na janela de verão, apenas a contração da promessa Guillermo Varela. Com certeza, só ele não dará conta da fragilidade do elenco experiente.

Van Persie é o ponto forte do time, o artilheiro foi o principal nome na conquista da última temporada e da Super Copa, todavia, Wayne Rooney tem uma rixa com o técnico Moyes e está em litígio com o time, más línguas falam até em saída do Shrek. Por essas e outras, a temporada do United não deve ser das melhores, Van Persie terá de correr por muitos se o time quiser alguma coisa na temporada.

Grandes contrataçõs dos Citizens.
(Tribuna do Cisco)
Primo milionário do United, o Manchester City sofreu uma reformulação, trocou o tradicional modelo italiano de Roberto Mancini, pelo moderno futebol espanhol de Manuel Pellegrini, o chileno logo tratou de contratar grandes jogadores, nomes como Jesús Navas e Alvaro Negredo vieram do futebol espanhol. O bom volante brasileiro Fernandinho comprou briga com o Shakhtar e também chegou aos citizens, a grande joia do futebol mundial Jovetic deixou a Fiorentina e aceitou a proposta milionária do time inglês, as expectativas são muito boas para um time em formação. 

Pellegrini é a aposta do City. (UEFA.com)
A última temporada não foi muito boa, o time não conseguiu a classificação para a segunda fase da Liga dos Campeões, por isso o elenco vem mordido, caso Pellegrini consiga organizar a “briga” de egos e unir Aguero a Jovetic, Negredo a Dzeko e Navas a Silva, o time se torna o grande favorito ao título da Premier League, com grandes possibilidades de, enfim, conseguir a classificação para a fase final da Champions League.

Special One está de volta. (The Sun)
Depois de conquistar a Liga dos Campeões, o Chelsea relaxou e optou por contratar jovens jogadores na última temporada, o resultado foi razoável, o time foi muito mal na competição europeia, em compensação, herdou a vaga na Liga Europa e acabou conquistando a taça, Rafa Benítez foi demitido e José Mourinho está de volta, o Special One volta ao palco onde mais se consagrou, ao grande amor da sua vida, segundo ele, é claro.

O time não precisava de tantas contratações, pois a base titular já era muito jovem, esta realmente é a temporada para Hazard, Oscar e a contratação mais badalada André Schurrle se firmarem para o futebol. Além de Schurrle, veio o jovem lateral Van Ginkel e o experiente goleiro australiano Schwarzer, ele será o reserva direto de Cech, um ótimo goleiro, apesar dos 40 anos. O Chelsea tem um elenco excelente, caso consiga resistir as tentativas do Barcelona por David Luiz, o time pode e deve brigar por títulos, além disso, mais reforços poderão pousar em Londres, são os casos de Eto’o e William, postos a venda pelo Anzhi.

Walcott é a única esperança
dos Gunners. (The Sun)
Quarta força do futebol inglês, o Arsenal novamente chega enfraquecido para a temporada, dessa vez o time não perdeu nenhuma grande estrela, mas há carências no elenco, vários buracos deixados com as saídas dos seus jogadores mais importantes. A perda de Fàbregas foi um grande choque, o fim da novela Van Persie nem se fala, o saldo positivo foi a renovação de contrato de Walcott. Contudo, é impressionante como Wenger não trata de reforçar o elenco, o técnico só prova que está ultrapassado, apesar de conseguir vários milagres com o elenco que tem.

Podolski, Cazorla e Walcott ainda são as grandes armas do time, muitos outros jovens podem se apresentar na temporada, a única contratação do time foi o jovem Sanogo, campeão do mundial sub-20 com a seleção francesa, o atacante é a aposta de Wenger para o futuro dos Gunners. Muitos foram especulados, Higuaín, Luis Suárez, Bernard e a bola da vez é o volante Luiz Gustavo, até quando o Arsenal vai viver de especulação? Até o momento, todas as especulações viraram frustrações, frustração é um bom substantivo para a temporada que o Arsenal deve ter.

Soldado é candidato a artilheiro. (Action Images)
Sonhando em voltar a Liga dos Campeões, o Tottenham montou um forte elenco para a nova temporada, os Spurs pagaram caro por Paulinho (campeão da Copa das Confederações com o Brasil) e Soldado, o atacante vindo do Valencia é a grande aposta de gols, candidatíssimo a artilheiro da Premier League. Villas-Boas tem mais uma chance de provar que o Tottenham é a quarta força da Inglaterra, todavia, a temporada dos Spurs está condicionada a permanência de Bale, que deve sair, o galês já declarou que não quer ficar, o Real Madrid deve ser o destino.

Ou o Tottenham contrata um substituto a altura ou o time vai sofrer um pouco na temporada, isso porque Bale foi o melhor jogador do último campeonato, é corpo e alma do elenco, na minha opinião, vale a pena comprar briga para manter o craque por pelo menos mais uma temporada. Se mantiver Bale, o Tottenham pode brigar pelo até pelo título.

Coutinho sobrou na pré-temporada. (Facebook)
Há tempos sem fazer uma grande temporada, a torcida do Liverpool pode esperar boas surpresas na temporada, o time de Brendan Rodgers está bastante entrosado, Philippe Coutinho caiu como uma luva, o camisa 10 fez uma pré-temporada excepcional, se colocando como principal jogador do time. Isso também aconteceu por conta do clime entre Suárez e clube, o jogador já pediu para deixar os Reds para jogar a Champions League, mas Rodgers e dirigentes estão fazendo um jogo duro. Assim como no Tottenham, para o Liverpool sonhar com vaga na Liga dos Campeões, Suárez tem que continuar em Anfield, caso isso não aconteça, torcedores e jogadores podem começar a cantar “You never walk alone” e se contentar com mais uma temporada mediana.

Muitos clubes brigando por um só título, recheados de bons clássicos e muito dinheiro envolvido, é por essas e outras que a Premier League é o maior liga nacional do planeta, a Tribuna estará de olho e o que de melhor acontece você confere aqui, fiquem ligados.

Palpite: Manchester City.