segunda-feira, 10 de junho de 2013

Vettel domina e vence mais uma

Não teve para Alonso e Cia, Sebastian Vettel não deu chance para ninguém, fez a pole e venceu o Grande Prêmio do Canadá, mesmo no meio da temporada, o alemão já está próximo do tetra, confirmando as expectativas. Quem também mandou bem, só para variar foi Kimi Raikkonen, o finlandês terminou em nono e igualou o recorde de Michael Schumacher, com 24 corridas pontuando, na Inglaterra, o piloto tem tudo para superar o lendário alemão.
Vettel vence mais uma e se aproxima do tetra. (Tribuna do Cisco)

A corrida começou com Vettel largando na pole, o alemão não deu sopa para o azar e arrancou na liderança, seguido por Hamilton, Valtteri Bottas, o finlandês da Williams largou em terceiro, mas realmente foi só uma zebra, Rosberg e Webber trataram de ultrapassar o jovem piloto. Felipe Massa, que largou em décimo sexto, ganhava posições, o brasileiro precisava apagar a imagem do GP de Mônaco, e até que conseguiu fazer uma boa prova.

E Vettel foi abrindo vantagem, era o dia dele, Hamilton via seu rival na prova abrir 5 segundos de vantagem, nessa situação era realmente melhor manter o segundo lugar, principalmente quando se via um Fernando Alonso se aproximar. Enquanto isso, Felipe Massa seguia roubando e ganhando posições, foi uma boa corrida de recuperação do brasileiro. Mark Webber sofreu um grande susto, o australiano viu o retardatário (Van der Garde – Caterham) e tentou passá-lo, acabou encostando no piloto e por pouco não danificou a asa, o holandês foi punido e acabou nem completando a prova.

Buscando pelo menos a segunda colocação, Fernando Alonso começou seu show particular, fez uma linda ultrapassagem em Webber e já estava em terceiro, só faltava Hamilton, o show viria mais tarde. Van der Garde, numa corrida a lá Grosjean, mais uma vez atrapalhou a prova, dessa vez, Nico Hulkenberg utilizou a asa, o kers, tudo que lhe tinha direito, mas não teve jeito, garde acabou tocando no finlandês e os dois tiveram que abandonar a prova, o holandês perdeu 5 posições no GP da Inglaterra.

O momento mais fantástico da corrida foi o duelo entre Hamilton e Alonso, os ex-campeões brigaram por mais de uma volta, um ultrapassava e o outro recuperava, até que na volta 63 o espanhol da Ferrari levou a melhor e ficou com o segundo lugar. Foi o fim, Vettel em primeiro, Alonso em segundo e Hamilton em terceiro, o pódio em Monrtreal. Felipe Massa terminou em oitavo, uma grande corrida o piloto da Ferrari que ainda ultrapassou Kimi Raikkonen no fim.
O pódio em Montreal, Alonso também deu show! (Reuters)

O nosso próximo encontro acontece daqui a duas semanas, no Grande Prêmio da Inglaterra, até lá, você confere as posições, calendário e tudo mais que acontece na maior competição automobilística do planeta.

Nota:

Antes do final da prova, o piloto Gutiérrez (Sauber) acabou batendo e abandonou a prova, os fiscais foram recolher os restos do carro, um deles tropeçou e foi atropelado pelo guindaste que retirava o carro, o homem não resistiu e faleceu no hospital. A Tribuna lamenta muito o incidente e dedica esse post ao fiscal.

Classificação final – GP do Canadá:
1 - Sebastian Vettel (ALE/RBR) - 1h32m09s143
2 - Fernando Alonso (ESP/Ferrari) - 1m26s504 - a 14s408
3 - Lewis Hamilton (ING/Mercedes) - a 15s942
4 - Mark Webber (AUS/RBR) - 1m26s208  - a 25s731
5 - Nico Rosberg (ALE/Mercedes) - 1m26s008 - a 1m09s725
6 - Jean-Eric Vergne (FRA/STR) - 1m26s543 - a 1 volta
7 - Paul di Resta (ESC/Force India) - a 1 volta
8 - Felipe Massa (BRA/Ferrari) - 1m30s354 - a 1 volta
9 - Kimi Raikkonen (FIN/Lotus) - a 1 volta
10 - Adrian Sutil (ALE/Force India) - a 1 volta
11 - Sergio Pérez (MEX/McLaren) - a 1 volta
12 - Jenson Button (ING/McLaren) - a 1 volta
13 - Romain Grosjean (FRA/Lotus) - a 1 volta
14 - Valtteri Bottas (FIN/Williams) - a 1 volta
15 - Daniel Ricciardo (AUS/STR) - a 2 voltas
16 - Pastor Maldonado (VEN/Williams) - a 2 voltas
17 - Jules Bianchi (FRA/Marussia) - a 2 voltas
18 - Charles Pic (FRA/Caterham) - a 2 voltas
19 - Max Chilton (ING/Marussia) - a 3 voltas
20 - Esteban Gutiérrez (MEX/Sauber) - a 7 voltas
Melhor volta: Mark Webber (RBR) - 1m16s182 - na volta 69

Não completaram:
Nico Hulkenberg (ALE/Sauber) - na volta 46
Giedo van der Garde (HOL/Caterham) - na volta 44