segunda-feira, 17 de junho de 2013

Duro de assistir

Grupo B – Nigéria 6 x 1 Taiti

Antes mesmo da copa começar, todos já esperavam que esse seria o pior jogo do torneio, até deu para divertir o telespectador, mas Nigéria e Taiti fizeram um jogo horrendo, a seleção taitiana mostrou toda a sua inocência e seu amadorismo e os nigerianos se aproveitaram disso, aumentaram seu saldo de gols e lideram o grupo B com o fim da primeira rodada.
Oduamadi fez hat-trick e garante goleada nigeriana. (Marcos Ribolli/Tribuna do Cisco)

A Nigéria começou dominando o jogo, tocando bola e percebendo o fraco futebol taitiano. A seleção do Taiti, embalada pelos gritos da torcida brasileira no Mineirão, até que tentou dominar a bola, sair para o jogo, mas era totalmente desorganizada e sem nenhuma técnica, sabia que iria penar. Com 5 minutos de jogo, o árbitro Joel Aguilar acabou interferindo no lance, a bola sobrou para Echiejile que chutou e contou com o desvio de dois defensores taitianos, 1 a 0 e início de surra.

Histórico! Taiti marca e o Mineirão explode de emoção.
(Getty Images)
4 minutos depois e a Nigéria já abria 2 a 0, a defesa taitiana saiu errado e deu a bola para Oduamadi, que passou por zagueiros do time da Oceania e tocou no canto do limitado goleiro Samin. Aos 15 minutos, os nigerianos tiveram outra chance, mas o atacante Musa foi brincar e acabou se enrolando. Brincando de fazer gol os nigerianos chegaram ao terceiro gol, a bola foi cruzada rasteira na área do Taiti, Samin se posicionou para encaixar a bola, porém ela escapuliu e sobrou nos pés de Oduamadi que não perdoo, 3 a 0 e fim de papo na primeira etapa.

Apesar dos 3 a 0 contra, todas as vezes que os taitianos chegavam ao ataque, a torcida mineira vibrava e acolhia de braços abertos, um bonito gesto já que faltava muito futebol em campo. Foi nessa empolgação que o Taiti fez história, cobrança de escanteio pela esquerda, apagão na defesa nigeriana e Jonathan Tehau empurrou para o gol, emoção dentro e fora de campo, foi o primeiro e pode ser o único gol do Taiti na competição internacional, 3 a 1.

O show foi mesmo nigeriano. (Getty Images)
O gol do Taiti foi realmente um golpe de sorte, a Nigéria retomou o embalo e chegou ao quarto gol, em uma boa jogada de Oduamadi, o cara do jogo, que chutou cruzado e contou com a “ajudinha” do autor do gol taitiano, Tehau empurrou para o próprio gol e viu a Nigéria comemorar mais um. Já em ritmo de treino, os campeões africanos marcaram mais dois gols e definiram a pelada, o quinto veio dos pés do cara do jogo, Oduamadi completou e conseguiu o hat-trick, o sexto foi marcado pelo cara que abriu o placar, Echiejile  mandou uma bomba e garantiu um belo saldo de gols para a Nigéria, 6 a 1 e folga na liderança do grupo.

A Nigéria agora duela contra o Uruguai, o jogo vai decretar o rumo da seleção africana na Copa das Confederações, o Taiti pega a Espanha e sofrerá nas mãos da Fúria, porém chegar onde chegou já é motivo de orgulho.

Destaque da partida: Oduamadi.

Ficha técnica:

Local: Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

Data: 17 de junho de 2013, segunda-feira.

Horário: 16 horas (de Brasília).

Árbitro: Joel Aguilar (El Salvador).

Assistentes: William Torres e Juan Zumba (ambos do El Salvador).

Cartão amarelo: Omeruo (Nigéria).

Gols:

TAITI: Jonathan Tehau, aos nove minutos do segundo tempo

NIGÉRIA: Echiejile, aos cinco, e Oduamadi, aos nove e aos 26 minutos do primeiro tempo; Jonathan Tehau (contra), aos 24, Oduamadi, aos 31, e Echiejile, aos 35 minutos do segundo tempo.

TAITI: Samin; Ludivion, Vallar (Faatiarau) e Jonathan Tehau; Simon (Lemaire), Bourebare, Caroine e Aitamai; Vahirua (Atani), Chong-Hue e Alvin Tehau.
Técnico: Eddy Etaeta.

NIGÉRIA: Enyeama; Ambrose, Oboabona, Omeruo (Egwuekwe) e Echiejile; Ogude, Obi Mikel e Mba (Ogu); Oduamadi, Musa e Ujah (Ideye).

Técnico: Stephen Keshi.