terça-feira, 14 de maio de 2013

Será que o bicho vai pegar?


"O bicho vai pegar", essas foram as palavras ditas por Luiz Felipe Scolari assim que anunciou a lista de convocados para a Copa das Confederações que começa no próximo mês, mas será mesmo que a seleção vai ter pique para correr contra Itália e Espanha? É esperar pra ver! Praticamente a mesma base foi mantida, a seleção, que não vem jogando nada bem, precisa de uma estabilidade e por isso Felipão não resolveu mexer tanto. A Grande surpresa foi a não convocação de Ronaldinho, apesar de viver boa fase, o meia não consegue engrenar jogando pela seleção e seu colega de Atlético, Bernard, foi escolhido em seu lugar, concordei plenamente com Felipão nesse ponto.
Felipão convoca a seleção para a Copa das Confederações. (Reuters/Tribuna do Cisco)

Confira a lista:

Goleiros: Júlio César (QPR), Jefferson (Botafogo) e Diego Cavalieri (Fluminense).
Tudo ok no gol, Júlio César foi rebaixado da Premier League com o QPR, todavia o goleiro se sobressaiu no time de Londres e também vem agarrando bem pela seleção do Felipão. Justiça feita! Jefferson sempre agarrou em alto nível, foi convocado por Mano para a Copa América 2011 e terá novamente a chance de ficar no banco da seleção, Diego Cavalieri completa a lista, com todo o merecimento, é claro.

Zagueiros: Thiago Silva (PSG), Dante (Bayern de Munique), David Luiz (Chelsea) e Réver (Atlético Mineiro).
Mesmo com uma temporada pífia dos Blues, David Luiz foi gigante e virou o grande xerife da zaga do Chelsea, confirmando a presença no time titular de Scolari para a Copa das Confederações. Outro que mandou muito bem na temporada foi Dante, campeão alemão com o Bayern, o zagueiro foi eleito melhor zagueiro do futebol alemão e ainda disputará a final da UEFA Champions League dia 25 contra o Borussia Dortmund. Thiago Silva dispensa comentários e Réver venceu a disputa com Dedé pela última vaga, o zagueiro do Galo vive um grande momento com o time mineiro, por isso Felipão não teve dúvidas na hora de colocá-lo na lista.

Laterais: Daniel Alves (Barcelona), Jean (Fluminense), Marcelo (Real Madrid) e Filipe Luís (Atlético de Madrid).
A lateral direita é uma grande incógnita, Daniel Alves nunca repete o rendimento de Barcelona na seleção e por isso a necessidade de um substituto à altura, contudo Scolari convocou Jean para a reserva de Dani, o que é muito questionável, pois Jean já disse que gosta e que está adaptado a posição de volante, então para que perder um lateral e convocar outro volante? A grande característica retranqueira do nosso querido Felipão. Marcelo e Filipe Luís serão os laterais pelo lado esquerdo, o primeiro não fez grande temporada, lesões e problemas com Mourinho atrapalharam o brasileiro, já Filipe Luís foi muito bem, ganhando a vaga de Adriano, o lateral multifuncional do Barcelona.
Não foi dessa vez! Nem Ronaldinho, nem Kaká. 
(Reuters/Tribuna do Cisco)

Meio-campo: Paulinho (Corinthians), Fernando (Grêmio), Luiz Gustavo (Bayern de Munique), Hernanes (Lazio), Oscar (Chelsea), Bernard (Atlético Mineiro), Jadson (São Paulo) e Lucas (PSG).
Quem esperava Ronaldinho ou Kaká viu Felipão surpreender e, assim como Romário em 2002, o técnico não convocou nenhum dos dois, porém falaremos mais sobre a não convocação de R10 em um post, aguardem! Ramires também ficou de fora, os volantes são Paulinho, que realmente merece ser titular da seleção, afinal de contas, é o grande craque do Timão, Fernando do Grêmio, Luiz Gustavo do campeão alemão Bayern de Munique e Hernanes da Lazio, o craque deve formar dupla com Paulinho no time titular, vem jogando bastante desde que chegou a capital italiana.

Mais a frente, o camisa 10 Oscar vai ter que chamar a responsabilidade, o garoto já tem experiência de jogar num time de ponta na Europa e também já tem vaga firmada na Família Scolari, Lucas não foi fora de série em sua primeira temporada pelo PSG, mas o jovem meia foi muito útil e deu conta do recado, contudo não entendo o porquê do ex-são-paulino amargar o banco da CBF, é um absurdo que quase ninguém questiona. Jadson é um ponto de interrogação, vem jogando muito pelo São Paulo, resta saber se ele será utilizado com frequência pelo técnico da seleção, Bernard foi uma supresa, venceu a disputa com seu colega de equipe Ronaldinho, merecidamente no meu ver, o menino tem um fôlego impressionante, sem falar dos bons passes e uma finalização ímpar, um craque.

Atacantes: Neymar (Santos), Hulk (Zenit), Fred (Fluminense) e Leandro Damião (Internacional).
Completando a lista, vem os atacantes, Neymar não vem jogando bem pela seleção, mas é presença garantida nas convocações, a presença dele é necessária na minha visão, Hulk atuou muito bem na era Porto e com Mano Menezes no comando da seleção, após trocar Portugal pela Rússia, o paraibano vem oscilando bons e maus momentos, entretanto acho justo a convocação do atacante, pode ser muito importante na copa. Fred já teve várias provas de fogo e sempre foi aprovado em todas elas, ele já deveria ter cadeira cativa nas convocações de Luiz Felipe Scolari, o camisa nove do Flu vem muito motivado e é uma das peças-chave da nossa seleção na Copa das Confederações e na Copa do Mundo. Leandro Damião foi o escolhido para completar a lista, o artilheiro do Internacional já passou por fases melhores, agora ele está bastante estável, convocação questionável, principalmente pela fase que vive Jô e Diego Tardelli no Galo.
Será que veremos a seleção assim na Copa das Confederações? (Mowa Press/Tribuna do Cisco)

A Copa das Confederações começa dia 15 de junho e a bola vai rolar para Brasil e Japão em Brasília, a Tribuna acompanha e comenta a situação da seleção da CBF durante toda a competição, fiquem ligados!