terça-feira, 28 de maio de 2013

Guia Básico Sobre o Triathlon

Prezados leitores da Tribuna do Cisco, é com imenso prazer que anuncio a minha chegada à equipe para tratar aqui, a partir de hoje, de triathlon e ciclismo. Como é de ciência geral da nação, ambos esportes não são tão populares se comparados aos demais tratados aqui mesmo neste blog (apesar de apresentarem acréscimo considerável de participantes e entusiastas nos últimos anos), daí a necessidade de um guia básico sobre cada um para melhor situá-los previamente antes de acompanharem as matérias por vir.



O triathlon, ou para nós brasileiros: triatlo... Não há, na literatura a respeito desse esporte, um consenso sobre a sua origem exata. É muito comum, no entanto, a associação direta do esporte ao Ironman. Isso é, e não é verdade. Existem relatos de competições envolvendo natação, ciclismo e corrida na França ainda na década de 1920, e posteriormente de um evento num formato muito semelhante ao triatlo atual em San Diego, Califórnia (EUA). Todavia é inegável que o Ironman ajudou enormemente na promoção e consagração deste esporte. Curiosamente, a história desse campeonato partiu de uma situação banal. Em 1978, marinheiros estadunidenses no Havaí discutiam sobre qual seria o atleta de melhor forma física: o nadador, o ciclista ou o corredor. Sem, no entanto, chegarem a uma conclusão, decidiram criar uma competição envolvendo as três modalidades para esclarecer a dúvida levantada, e o fizeram em grande estilo! Criaram então uma prova reunindo as competições havaianas mais importantes de cada disciplina. Assim, ficou estabelecida uma competição de forma sequencial e ininterrupta, envolvendo natação, ciclismo e corrida, nessa ordem. As distâncias foram determinadas a seguir: 3,8km de natação (o percurso da chamada travessia de Waikiki); 180km de ciclismo (em função da corrida ao redor de Oahu); e os 42km da tradicional maratona (essa de origem grega) de Honolulu. Dado o tremendo desafio que consistia (e permanece consistindo) em apenas ser um mero concluinte de uma prova como essa, o vencedor seria coroado como um Homem de Ferro - um Ironman!


Estava lançada, dessa forma, a pedra fundamental do esporte. Atualmente, qualquer prova de triatlo em qualquer lugar do mundo ocorre, necessariamente na ordem acima citada - o "nadapedalacorre". As distâncias, no entanto, não se restringem às do Ironman. São elas: o Sprint, ou Short Triathlon (750m de natação, 20km de ciclismo e 5km de corrida); o triatlo Olímpico, ou Triathlon Standard (1,5km de natação, 40km de ciclismo e 10km de corrida) - formato adotado nas Olimpíadas desde Sydney 2000; o triatlo de Longa Distância (3km de natação, 80km de ciclismo e 20km de corrida); o meio Ironman, ou Ironman 70.3 (que consiste nas distâncias originais do Ironman em milhas, 140.6, mas divididas pela metade, daí o 70.3); e o Ultraman, que de tão extenuante, necessita de 3 dias (com paradas para descanso a cada dia) para se percorrer os extremos 10km de natação, 421km de ciclismo e 84 de corrida!

Exemplo da chamada "área de transição". É nela que os atletas fazem a transição da natação para o ciclismo, e posteriormente do ciclismo para a corrida. Em geral, além de estacionadas as bicicletas em locais marcados e fiscalizados, há cestos no chão, onde o atleta guarda equipamentos e/ou vestimenta que será usado mais tarde na prova, assim como deposita os já utilizados. A foto acima foi tirada de um Ironman, onde o procedimento é um pouco diferente. Nele, cada atleta retira a sua sacola em local determinado e realiza a troca de equipamentos e vestimenta em local também determinado, dirigindo-se depois somente à sua bicicleta, ou deixando-a na sua "vaga".

Existem ainda algumas variações a partir das próprias modalidades dentro do triatlo. São elas: o Aquathlon (corrida, natação e corrida) e o Duathlon (corrida, ciclismo e corrida). Existem também pequenas diferenças a partir do modelo tradicional do triatlo, a saber: o Paratriathlon (adaptado aos portadores de necessidades especiais) e o Triathlon Off-Road, ou Cross Triathlon. Nele, o trecho de ciclismo que é originalmente realizado no asfalto predominantemente plano, dá lugar à estrada de terreno completamente irregular e em geral repleta de subidas e descidas, o mesmo se aplica à corrida. As distâncias deste tipo de triatlo sempre variam de acordo com as características da prova, sendo o campeonato X-Terra o precursor desta vertente e também sediando (assim como o Ironman) o campeonato mundial da categoria no Havaí.


Existem diversos outros detalhes, fatos, regras, curiosidades e histórias relevantes a serem tratados, mas de forma geral, isto é o que há de essencial para se saber a respeito desse esporte bastante exigente e desafiador (mentalmente e fisicamente), que é tido por alguns de seus adeptos como um verdadeiro estilo de vida.