terça-feira, 28 de maio de 2013

Em pega de rua, Rosberg vence o GP de Mônaco

O Grande Prêmio de Monte Carlo foi repleto de problemas, vários acidentes, pilotos imprudentes e o famoso e lendário pega de rua em Mônaco, sensacional! A Mercedes arrebentou na super pole, Rosberg largou em primeiro e Hamilton completou a primeira fila, ou seja, a vitória estava muito próxima, pois em Mônaco as posições pouco mudam. Felipe Massa sofreu um acidente na disputa por posições no grid, o carro meio que parou e o brasileiro foi direto para a lona, mas nada grave com o piloto da Ferrari.
Rosberg vence em Mônaco, festa para Ross Brawn e a Mercedes. (F1)

A largada foi bem tranquila, a dupla da Mercedes seguiu liderando, Sebastian Vettel, que largou em terceiro, manteve a posição e seguia na cola da dupla de Ross Brawn. A dupla que não vem se entendendo desde o início da temporada, e atrapalhando o rendimento da McLaren nas provas, aprontou mais uma, Button e Pérez se estranharam logo na saída do famoso túnel, por pouco a dupla não disse adeus a prova.

Felipe Massa por pouco não se machucou sério.
(Getty Images)
O primeiro “acidente” da corrida ficou por conta de Charles Pic, da Caterham, o carro do francês pegou fogo e o piloto teve que abandonar. Enquanto isso, os pilotos de elite, Webber, Raikkonen, Alonso e Button foram aos boxes, os quatro não faziam uma boa prova. A cena inusitada e preocupante na corrida foi protagonizada por Felipe Massa, o brasileiro, que já havia sofrido um acidente na super pole, acabou indo a lona, o mais impressionante foi que o piloto da Ferrari derrapou e bateu no mesmo lugar, um tanto quanto curioso, a equipe alegou problemas na suspensão do carro, contudo nada grave com o brasileiro.

Seguindo com a corrida, Fernando Alonso tentou fazer o que mais de habilidoso, as ultrapassagens, foi bem até chegar em Sérgio Pérez, pois não conseguindo passar o mexicano, o espanhol aplicou uma ultrapassagem ilegal, terminou recebendo a ordem de permitir a ultrapassagem de Pérez. Mais ousado ainda foi o próprio Sérgio Pérez, que tentou espremer Kimi Raikkonen até o finlandês liberar a posição, resultado: pneu furado para o carro da Lotus, Kimi teve que ir aos boxes e perdeu posições, enquanto Pérez danificou seu carro e abandonou a prova, a temporada não ta boa para o mexicano da McLaren.


Nos momentos finais, Nico Rosberg já sentia o gostinho da vitória e só terminou a prova pela tradição, com Vettel fazendo a tarefa em segundo, e  Mark Webber em terceiro lugar. Vettel comemorou bastante o segundo lugar, principalmente porque Raikkonen estava lá atrás e Alonso não foi bem. Kimi Raikkonen foi prejudicado por Sérgio Pérez, mas de maneira impressionante, o finlandês voo na pista, ultrapassou três e terminou na décima colocação, conseguindo pontuar, é por essas e outras que Raikkonen é o grande piloto da atualidade.
O intruso no meio dos pilotos da RBR, Rosberg dominou Monte Carlo. (Reuters)

A F1 retorna daqui a duas semanas, o Grande Prêmio do Canadá, em Montreal. Vettel já abriu boa vantagem, o que o coloca como franco favorito ao título, mas Raikkonen e Alonso não deixarão barato para o alemão tricampeão mundial, fiquem ligados!

Confira o resultado final do GP de Mônaco:
1 - Nico Rosberg  (ALE/Mercedes)
2 - Sebastian Vettel (ALE/RBR)
3 - Mark Webber (AUS/RBR)
4 - Lewis Hamilton (ING/Mercedes)
5 - Adrian Sutil (ALE/Force India)
6 - Jenson Button (ING/McLaren)
7 - Fernando Alonso (ESP/Ferrari)
8 - Jean-Eric Vergne (FRA/STR)
9 - Paul Di Resta (ESC/Force India)
10 - Kimi Raikkonen (FIN/Lotus)
11 - Nico Hulkenberg (ALE/Sauber)
12 - Valteri Bottas (FIN/Williams)
13 - Esteban Gutierrez (MEX/Sauber)
14 - Max Chilton (ING/Marussia)
15 - Giedo Van der Garde (HOL/Caterham)

Abandonaram a prova:
Sergio Pérez (MEX/McLaren)
Romain Grosjean (FRA/Lotus)
Daniel Ricciardo (AUS/STR)
Jules Bianchi (FRA/Marussia-Cosworth)
Pastor Maldonado (VEN/Williams-Renault)
Felipe Massa (BRA/Ferrari)

Charles Pic (FRA/Caterham-Renault)