quarta-feira, 17 de abril de 2013

O Novo Kaiser


A chegada a um novo clube é sempre algo complicado, principalmente a mudança para outro país, onde o atleta tem de se adaptar a outras culturas, outro estilo de jogo e um novo método de trabalho, contudo um jogador tem chamado bastante atenção e mal precisou de adaptação, é a prova que esse cara é fora de série, trata-se de Javi Martínez, o jovem volante do Bayern de Munique e da seleção espanhola.
Em terreno bávaro, Javi Martínez chama a responsabilidade e se torna o grande líder. (Goal/Tribuna do Cisco)

Vamos voltar para o início da temporada, antes do Bayern anunciar Pep Guardiola, antes do time se tornar a grande potência da atual temporada, voltemos para o princípio, onde o Bayern estava “machucado” com os três reveses em finais na temporada anterior, vice da Bundesliga (Borussia Dortmund campeão), vice da copa da Alemanha (Borussia Dortmund campeão) e vice da Liga dos Campeões da Europa (Chelsea campeão).

Javi Martínez já conquistou a Copa do Mundo 2010
e a Euro 2012. (Giaoduc/Tribuna do Cisco)
O projeto continuou na pauta e Jupp Heynckes foi mantido, contudo o time precisava de um cara que desse maturidade ao meio campo e junto com Schweinsteiger fizesse realmente a bola rolar, então a diretoria pensou e foi buscar o cara no país em que a “bola mais rola” na atualidade, a Espanha. Os bávaros vieram até o país Basco e pagaram uma verdadeira fortuna (40 milhões de euros) por Martínez, jogador inexperiente que não tinha um título por seu clube, o Athletic Bilbao.

Inexperiente que nada, Javi Martínez teve uma linda passagem pelo futebol espanhol e segue sendo convocado pela seleção campeã mundial. O cara aceitou o projeto e assumiu a camisa 8 do Bayern, desde então, o time bávaro só vem crescendo, já conquistou o Campeonato Alemão, acabou de massacrar o Wolfsburg por 6 a 1 e se classificar para a final da Copa da Alemanha, sem falar da semifinal da Liga dos Campeões da Europa, na qual o Bayern vai encarar o forte Barcelona, missão duríssima, porém o time de Munique entra como favorito.

O casamento Bayern e Martínez vem dando muito certo, o Bayern briga pela tríplice coroa e o volante vem conquistando seus primeiro títulos por clubes, no Bilbao, o máximo que ele conseguiu foi um vice na Liga Europa. Além disso, o espanhol é um jogador multifuncional, joga de volante, joga na zaga e tem aquela liderança dentro de campo, superando até mesmo Mark Van Bommel, o antigo capitão do Bayern.

No País Basco, Martínez chamou a atenção do mundo e se tornou a contratação mais cara da história da Bundesliga. (Site oficial do Bayern de Munique/Tribuna do Cisco) 
Sendo assim, venho avaliando a fase espetacular do Bayern e coloco como o diferencial do time do Bayern a contratação de Javi Martínez. O jogador de apenas 24 anos ainda deverá evoluir e com a chegada de Pep Guardiola na próxima temporada, o Bayern de Munique pode implantar uma dinastia, semelhante a que o Barcelona implantou, é esperar pra ver.