domingo, 7 de abril de 2013

Brasil na América: 6° Episódio

Destaque da Libertadores, o Atlético passei contra o Arsenal. (Gabriel Castro/Tribuna do Cisco)
Palmeiras respira aliviado.
(Action Images/Tribuna do Cisco)

Palmeiras 2 x 0 Tigre: O mais desacreditado dos brasileiros na Libertadores, o Palmeiras entrou em campo com a mesma garra que vem mostrando e conseguiu um grande resultado. Com gols de Caio e Charles, o time paulista venceu o time argentino por 2 a 0 e se aproximou da classificação.
Um jogo bastante duro, com muitas entradas fortes e muita raça em campo. O time do Palmeiras vem chamando muita atenção pela dedicação dentro de campo, pois mesmo com um time bastante limitado, mostra força para derrubar as barreiras e com isso, pode e deve conseguir a classificação.
Tendo mais dois jogos para cumprir, o Verdão tem um jogo crucial contra o Libertad no Pacaembu, se vencer, ficará a um jogo da classificação. Na sexta rodada, o Palmeiras duela contra o Sporting Cristal pela vaga nas oitavas.

Atlético Mineiro 5 x 2 Arsenal: O time que vem dando show na Libertadores 2013 fez do Arsenal de novo a sua vítima. Na jogada característica do time, a bola foi lançada para Jô que cabeceou para Tardelli arrancar e tocar no canto, 1 a 0. Poucos minutos depois, Rever lançou Jô novamente e o excelente atacante cabeceou para Luan, o meia foi derrubado fora da área, mas o árbitro marcou pênalti e Ronaldinho não desperdiçou.
A lenda R10 fez até chover em Minas Gerais.
(Atlético Mineiro oficial/ Tribuna do  Cisco)
O Arsenal descontou com Bragheri e será que o time conseguirira reagir? Não, o galo mineiro ampliou, Ronaldinho lançou Jô, que dominou e tocou para Luan completar, 3 a 1. Para apimentar mais ainda o jogo, Marcos Rocha arrancou, perdeu a bola, porém Araújo recuperou e tocou para Ronaldinho, o R10 dominou perfeitamente, ajeitou e chutou de maneira excepcional, a bola foi no ângulo, um lance de cinema, uma ode ao futebol!
Respondendo ao gol do mito Ronaldinho, o Arsenal descontou numa belíssima combrança de falta de Benedetto, a bola triscou em Marcos Rocha e enganou Victor, mas o desvio não tirou a beleza do gol. A tréplica veio com Alecsandro, driblou o defensor do time argentino e mandou uma bomba para o gol, foi para matar o jogo, goleada e festa na Arena Independência.
Já classificado e com 100% de aproveitamento, o Atlético vai até São Paulo jogar no Morumbi, jogo duro para o galo se manter invicto, o estádio vai pegar fogo!
Unidos pelo bi!  Corinthians sua para vencer o
 Millonarios. (AFP/Tribuna do Cisco)
Millonarios 0 x 1 Corinthians: O sempre regular e atual campeão Corinthians foi até Bogotá enfrentar o Millonarios. O Timão fez um jogo de grupo, Tite começou com Pato, Emerson e Romarinho formando o trio de ataque, Renato Augusto segue machucado e não jogou.
O gol do Corinthians veio dos pés de Danilo, o craque corintiano vem escrevendo uma bela passagem pelo time alvinegro, superando até a marca pelo São Paulo, muito bom jogador. O fato é que o gol foi o único grande momento do jogo, que foi um pouco monótono, porém o Timão conseguiu uma importante vitória, com o empate do Tijuana, o time paulista agora lidera o grupo 5 e só precisa vencer o San José no Pacaembu para se classificar em primeiro.

The Strongest 2 x 1 São Paulo: De maneira inacreditável, o São Paulo é o time brasileiro que corre um seríssimo risco de não se classificar para as oitavas. O time foi até La Paz jogar a vida contra o The Strongest, contudo o time viu Soliz fazer um belo gol e complicar a vida do time paulista. No fim da primeira etapa, Aloísio foi derrubado dentro da área, Rogério Ceni não perdeu a chance e empatou a peleja, trazendo a esperança de volta para os tricolores.
São Paulo perde e se complica na competição. (AP/Tribuna do Cisco)
O São Paulo perdeu muitas chances no jogo e acabou castigado, Marcos Paz chutou de longe e Rogério Ceni empurrou para o gol, lance bizarro, o goleiro foi do céu ao inferno e saiu de campo cabisbaixo.
O São Paulo foi derrotado e está a perigo no grupo 3 da Libertadores, o time é terceiro e tem que vencer o Atlético no Morumbi e torcer para o saco de pancadas Arsenal vencer o The Strongest, tarefa quase impossível, o tricolor deve ficar pelo caminho, um fracasso para ser esquecido.