segunda-feira, 25 de março de 2013

Problemas de insônia? Jogos da CBF pode ser um bom remédio


         Fim da data FIFA para os selecionados do Felipão e mais uma vez, nada agradou, quer dizer, nomes como Marcelo, Oscar, Hulk e principalmente Fred foram os únicos destaques. O jogo da seleção continua monótono e até quando Felipão vai ficar nesse rodízio entre Kaká e Ronaldinho? Na derrota para a Inglaterra, R10 perdeu um pênalti e viu a CBF ser derrotada, nos empates contra Itália e Rússia, Kaká jogou muito mal e só prova que não tem condições de jogar pela seleção.
Fred marcou em todos os jogos do Brasil sob o comando de Scolari. (UOL/Tribuna do Cisco)
        Entretanto vimos um Brasil jogar muito bem os primeiros 45 minutos com a Itália, abriu 2 a 0 com Fred e Oscar, porém na segunda etapa, a “Família Scolari” cochilou e viu De Rossi e Balotelli empatarem o jogo. Fred jogou muito bem, Hernanes e Oscar também, Neymar teve um “brilheco”  ao tocar para um Oscar livre no lance do segundo gol, todavia Hulk foi mal e acabou indo para o banco de reservas para o jogo contra a Rússia.
        Contra o time de Fabio Capello, a CBF entrou em campo muito pior, a Rússia foi melhor em toda a primeira etapa e só não abriu o placar no início pela falta de técnica dos selecionados do técnico italiano. No segundo tempo o Brasil melhorou um pouquinho, até porque pior não tinha como ficar e mesmo melhor no jogo, Fred e companhia viram de longe a Rússia tocar a bola na pequena área brasileira e abrir o placar com Fayzulin, 1 a 0 para os russos. Com uma bela trama de Hulk e Marcelo, os dois melhores em campo, Fred empatou e deu números finais a partida, 1 a 1 e o Brasil continua apresentando muitos defeitos e sem cara de time, muito menos de família.
Neymar disputa bola, o brasileiro não vem jogando nada
 na seleção. (Mowa Sports)
        O próximo passo da seleção da CBF é contra Bolívia em La Paz e contra o Chile em Belo Horizonte, o fato marcante para essas duas partidas é que Felipão só convocará atletas que só atuam no Brasil, o que é um absurdo sem tamanho, isso porque as estrelas Kaká, Júlio César, Hulk, Marcelo e companhia jogam na “casa” da CBF, que é a Inglaterra e nós brasileiros temos que aturar uma seleção limitada jogar contra uma Bolívia mais limitada ainda, lamentável!