quarta-feira, 6 de março de 2013

Juve rumo ao título e PSG passa no sufoco


Juventus faz 2 a 0 e elimina com muita facilidade o Celtic, PSG toma um susto, mas despacha o Valencia.
A
A união faz a força, Juventus clama pelo título e realmente merece ele. (AFP)
         Após massacrar o Celtic na ida, a Juve recebeu o time escocês em sua fortaleza e deu conta do recado com muita tranqüilidade, ampliou a vantagem e mostra que voltou a Champions para brigar pelo título. No primeiro tempo, o sempre artilheiro Matri logo abriu o placar, controlou o jogo e viu um Celtic abatido, afinal de contas, já havia entregue os pontos.
        Andrea Pirlo vem jogando muito e, sem dúvida, é um dos melhores jogadores da atual Liga, o veterano de ouro da Velha Senhora. Senhora essa, que manteve e vem mantendo uma regularidade na temporada, é líder do Calcio e está invicto junto com Dortmund e Schalke 04 na Liga dos Campeões da Europa.
        Contudo, voltando para as quatro linhas, Fábio Quagliarella deu números finais ao baile italiano. A Juventus ficará a espera do seu adversário, com possibilidades de um clássico contra o Real Madrid, seria sensacional e crucial para o alvinegro italiano provar que está com a bola toda.
Jonas abriu o placar, mas não deu para o
 Valencia. (Reuters)
        Em Paris, Zlatan Ibrahimovic não pode jogar por conta de uma expulsão desnecessária no jogo de ida, todavia, o PSG entrou em campo no melhor estilo Carlo Ancelotti de retranca, pois é meus amigos, Ancelotti poderia ter tido uma posição digna e mandado seu time jogar pelo menos bem, porém, nada disso aconteceu e o Paris assistiu o Valencia tentando vencer o jogo, para falar a verdade, foi uma partida bastante chata.
        Só na segunda etapa que o jogo deu uma leve esquentada e os gols saíram, primeiro, o brasileiro Jonas mandou um lindo chute e calou o Parque dos Príncipes, um fato inusitado na atual temporada. A vitória momentânea não era suficiente para classificar o time espanhol, porém, o PSG jogou para o gasto e foi buscar o empate como sobrevida... e conseguiu. Numa jogada, Gameiro carregou a bola até a área, a bola sobrou com Lavezzi, que precisou chutar duas vezes para empatar a partida e classificar o PSG.
Lavezzi garante o PSG nas quartas. (Getty Images)
        Fim de jogo e a festa foi completa, parecia um título antecipado, é claro que esse time atual já fez história, em temporadas passadasm o PSG nem na Liga dos Campeões estaria, então, mais do que merecido o choro emocionado de Thiago Silva, o Paris está de parabéns pela classificação.
        A UEFA Champions League retorna na próxima semana, com o clássico entre Barcelona e Milan, Bayern e Arsenal, Schalke 04 e Galatasaray e Málaga e Porto, é imperdível!