quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Milan ousa e arrasa o Barcelona taticamente


       Para a surpresa da maioria, o desacreditado Milan conseguiu o impossível e anulou por completo o futebol do Messi e do resto do time do Barcelona. Foi para encerrar os jogos de ida com chave de ouro e deixando os fãs do esporte muito ansiosos pelos jogos de volta, o jogo começou com um Milan marcando em cima, mal deixando o Barça jogar, diferentemente de Internazionale e Chelsea, o Rossonero, além de marcar bem, se soltou para o jogo e por pouco não marcou no primeiro tempo.
Boateng comemora primeiro gol que deu confiança ao Milan. (AP)
        Mas foi na etapa final que a vitória milanista começou a ser escrita, o jovem craque El Shaarawy não deixou Daniel Alves sair para o jogo e ainda arrumou a falta que resultou no primeiro gol do jogo. Constant rolou e Montolivo mandou uma bomba, a bola bateu na mão do Zapata e Prince Boateng abriu o placar com um chute bonito. O juiz validou o gol e o Milan estava na frente do poderoso, porém, manso Barcelona. Vale lembrar que na temporada passada, o Barcelona eliminou o Milan com um pênalti bem discutível, seria a “vingança” do destino para com o clube catalão?
        Para matar o Barça de vez no San Siro, o time de Silvio Berlusconi fez uma linda jogada, mais uma vez Montolivo participou do lance, deu um lindo lançamento para Niang deixar Puyol no chão e tocar para El Shaarawy manter a bola no ar e dar uma cavadinha para Muntari pegar de primeira e tirar de Valdés, 2 a 0 para o Milan e a festa no San Siro estava completa.
Messi passou em branco mais uma vez em Milão. (Marca)
        A cada temporada que passa, os clubes já sabem como eliminar as chances do Barcelona fazer seu jogo, pois é, enfim esse estilo de jogo vai sendo derrubado e o Barça terá de revisar seus conceitos. Contudo, a volta será no Camp Nou e os catalães ainda tem chances de classificação, mas agora, o favoritismo foi para o time de Milão.
Jones empata para o Schalke e o coloca como
favorito na volta. (EFE)
        Na Turquia, o equilíbrio reinou, Drogba e Sneijder voltaram e atuaram muito bem, porém, o Schalke tem um time mais organizado e conseguiu empatar com gols em plena Galatasaray. O time de Gelsenkirchen jogou melhor, mas graças ao um petardo marcado por Yilmaz, um dos artilheiros da competição, os turcos saíram na frente. Ainda na primeira etapa, Farfán fez linda jogada e passou para Jones empatar e dar números finais ao encontro, 1 a 1.
        A UEFA Champions League dará uma pausa de uma semana e os jogos de volta retornam a todo vapor a partir da primeira semana de março, até lá, ficaremos ansiosos e empolgados para ver quem passa as quartas de final da maior competição de clubes do mundo.