quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Tudo igual no Bernabéu


O jogo de ida da semifinal da Copa do Rei terminou como o primeiro jogo de La Liga, empatado. Uma partida equilibrada que mostrou um show tático de Real e Barcelona, Messi e Cristiano Ronaldo dessa vez foram apenas coadjuvantes.
Dois dos grandes destaques da partida, Xavi e Xabi Alonso disputam bola. (EFE)
Contudo, o jogo começou pegando fogo, muito brigado e mais toque de bola, o times estavam se testando e a esperam de alguém falhar, o que não aconteceu na primeira etapa. O Barcelona atacava bem, se aproximou do gol com uma bola no travessão de Xavi, e quando Ricardo Carvalho falhou feio, o meia espanhol chutou sem goleiro, mas o jovem zagueiro francês Varane salvou na linha. O Real respondeu com um ataque fatal, Xabi Alonso tocou para Callejón passou para Benzema, sozinho, o francês deu um toque e chutou com a bola no ar, por pouco o Real não abriu o placar. O primeiro tempo foi lá e cá, mas o equilíbrio reinou.
Varane corta a bola de ninguém menos que
Lionel Messi. (AFP)
Na etapa final, o Real foi logo atacando com Benzema, que chutou por cima do goleiro Pinto. Na resposta do Barça, o gol, em uma bola meio que rifada, Lionel Messi dividiu com Xabi Alonso, levando a melhor o argentino passou para Cesc Fàbregas, que livrinho tocou no canto, Diego López só viu a bola entrar, 1 a 0 para o time catalão.
Com seu time na desvantagem, Mourinho colocou Modric, que entrou bem, dando bons passes. Assim que entrou, o croata tocou para Essien, que cruzou na medida para Cristiano Ronaldo empurrar para o gol, o que não aconteceu, o português perdeu um gol feito e o Barcelona seguia com a vantagem.
Uma grande chance do Barcelona veio numa bomba de Daniel Alves, mas Diego espalmou para longe da área. Em resposta, Ozil arrancou pela direita e tocou com perfeição para Ronaldo, porém, não era o dia dele, Piqué correu mais que o português e salvou o Barça.
Em seguida, foi a vez do Barcelona perder gols feitos, primeiro, Fàbregas recebeu de Dani Alves e chutou por cima, depois, Pedro arrancou e chutou no cantinho, dessa vez, o espanhol não obteve sorte e a bola foi para fora. Quem não faz, toma! O Real empatou com um lindíssimo cruzamento de Ozil, mais perfeição ainda foi a cabeçada de Raphael Varane, jovem bom de bola que foi o destaque do jogo, 1 a 1 e ponto final.
Equipe do Real comemora o gol de empate de Raphael Varane. (AFP)
No final, Jordi Alba ainda chutou forte, mas o subistituto do lesionado Casillas, Diego López, salvou os brancos. E foi só isso, o jogo de volta acontece só no mês que vem, daqui para lá, tudo pode acontecer, inclusive uma eliminação precoce na UEFA Champions League. Barcelona leva vantagem por ter feito o gol fora de casa, mas se tratando do maior clássico do planeta, não existe favorito.