sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Teatro a céu aberto


Novak Djokovic e Andy Murray decidem o Australian Open.
        
Murray e Djokovic fazem a grande final em Melbourne. (Daily Mail)
        Embora esteja um pouco atrasado, a Tribuna faz sua primeira postagem sobre tênis e logo mais sobre a grande final do Australian Open, o primeiro Grand Slam do ano. O número um do mundo Novak Djokovic começou o ano muito bem e vem passeando no torneio, Andy Murray vem crescendo desde o ano passado e fez uma final espetacular contra ninguém menos que Roger Federer.
Djok passeou sobre David Ferrer. (AP)
        Na primeira semifinal, Novak Djokovic passou fácil por David Ferrer, a partida só durou 1 hora e 30 minutos, 3 a 0 (6/2-6/2-6/1) e se garantiu na terceira final consecutiva em Melbourne, o sérvio pode se tornar tetra campeão do aberto. Com apenas 25 anos, Novak vai batendo recordes que no futuro, pode colocá-lo no topo da história do tênis.
No torneio, Novak já despachou o francês Paul-Henri Mathieu, o americano Ryan Harrison, o tcheco Radek Stepanek, o suíço Stanislas Wawrinka e os tenistas de elite Tomas Berdych e David Ferrer. Agora, Djok encara Andy Murray, que também faz um grande campeonato, o inglês vem em uma incrível crescente desde que conquistou as Olimpíadas de Londres, mesmo após perder Wimbledon para Roger Federer, o britânico manteve a boa forma e derrotou seu novamente adversário Djokovic.
Murray suou, mas despachou Roger Federer. (Reuters)
Uma partidaça, o grande jogo, a partida do campeonato, não palavras para descrever a semifinal entre Federer e Murray. Murray sofreu, porém, batalhou até o fim para vencer o duelo por 3 sets a 2 (6/4, 6(5)/7, 6/3, 6(2)/7 e 6/2), Murray mostrou muita habilidade, principalmente em seus saques, convertendo 21 aces na partida.
Os dois tenistas já se enfrentaram numa final de Australian Open, foi em 2011, na ocasião, Novak venceu Murray por 3 sets a 0. Os tempos são outros e a partida de domingo promete muito maior equilíbrio e emoção. Novak Djokovic ou Andy Murray? A Tribuna acompanha e comenta tudo o que rolará na grande final do primeiro Grand Slam do ano.

Palpite: Novak Djokovic