domingo, 13 de janeiro de 2013

Moderno e decisivo, eis Robin Van Persie


      Bem, meu professor de redação me passou um artigo com o tema: O poder de decisão do cidadão moderno. Então, nada melhor que trazer esse tema para as quatro linhas e mostrar o cara DECISIVO na atualidade.      
Atualmente, Van Persie encanta e decide no Teatro dos Sonhos. (ISIP)
DECISÃO, eis o sobrenome do holandês camisa 20 do Manchester United, Robin Van Persie é ídolo por onde passa. Assistindo nessa manhã o clássico contra o Liverpool, Robin, que conta com a ajuda de um meio de campo privilegiado, só precisou de 18 minutos para abrir o marcador e ainda no primeiro tempo, o cara quase marcou de letra, esse aí é um jogador difícil de encontrar.
Van Persie já chutou e acertou 40 chutes no alvo nessa atual Premier League, obtendo sucesso em 17 ocasiões, número espetacular, além disso, o atacante é um exímio cobrador de faltas, dando assistências invejáveis para seus companheiros. O fato é que, sem sombra de dúvidas, Robin Van Persie é o melhor exemplo de jogador moderno e DECISIVO.
Na época de Arsenal, foram 194 jogos e 96 gols, com certeza, se tivesse permanecido no clube londrino, se tornaria o maior artilheiro do clube, superando a lenda Thierry Henry, porém, isso não aconteceu e Van Persie optou pela chance de conquistar títulos no maior campeão inglês.
Contudo, o maior exemplo de decisão foi quando o garoto Van Persie, na época de Feyenoord, nem era titular da equipe holandesa, mas na final da Copa da UEFA da temporada 2001/2002, contra o Borussia Dortmund, o épico jogador foi DECISIVO, deu o título ao Feyenoord e se apresentou ao mundo.
Nos tempos de Gunners, Van Persie também era unanimidade. (Ladyarse)
Na seleção de seu país, Van Persie já marcou mais de trinta vezes e sempre ajuda a Holanda a bater marcas históricas nas eliminatórias, pois é, o homem é DECISIVO. É por essas e outras que Robin Van Persie quebra e continuará quebrando seus recordes, pois, é o maior exemplo de jogador moderno e DECISIVO.