segunda-feira, 5 de novembro de 2012

A volta do que não deveria ter ido


Para quem achou que o campeonato estava definido e não haveria mais emoção na reta final da Fórmula 1 2012 se enganou por completo, o Grande Prêmio de Yas Marina, em Dubai, foi somente a melhor prova do ano. Após 25 anos de espera, um piloto da Lotus voltou ao lugar mais alto do pódio, isso tudo graças ao Homem de Gelo, o senhor da F1 Kimi Raikkonen. Foi a primeira vitória do finlandês em sua volta a Fórmula 1.
O Homem de gelo retornou a F1 e agora briga pelo título. (Getty Images)
Nem adiantou Lewis Hamilton comemorar a pole, superando as RBRs, o show mesmo, foi dos líderes do mundial. O britânico largou em primeiro e tinha a vitória nas mãos, todavia, o carro da McLaren apresentou problemas que fizeram com que Lewis abandonasse a prova, deixando Raikkonen com a vitória nas mãos. Vice líder, Fernando Alonso tinha tudo para se igualar a Vettel no mundial de pilotos, por isso, o espanhol aproveitou que o alemão ia largar dos boxes e a luta na corrida, contudo, o espanhol chegou na segunda colocação, diminuindo a vantagem de Vettel.
Vettel se agiganta e
chega em terceiro. (Getty Images)
Vettel, esse é o nome da lenda, o alemão foi punido na super pole e teve de largar nos boxes, porém, nem os juízes da FIA pensavam que o alemão pudesse operar um milagre, pois é, ele operou, Vettel vôo na pista e terminou na terceira colocação, cortando o barato de Alonso e Raikkonen.
Em uma situação inusitada, em um momento Grosjean, Mark Webber foi buscar posições, primeiramente, o australiano foi tentar ultrapassar Pastor Maldonado, entretanto, o venezuelano deu um chega pra lá que fez Webber rodar. Após se recuperar, Webber foi pra cima de Felipe Massa e numa passagem bastante desleal, fez o brasileiro rodar e o ultrapassou de maneira incorreta, contudo, nada aconteceu. O nos vale refletir é que se tivesse sido ao contrário, com certeza, Felipe teria sido punido.
Os líderes do campeonato fazem o pódio em Dubai. (AFP)
        Com o resultado da prova, o campeonato embolou mais uma vez, Sebastian Vettel chegou a 255 pontos, dez a mais que Fernando Alonso. Em terceiro e agora cada vez mais perto, Kimi Raikkonen tem 198 pontos e fará de tudo para chegar nessas duas últimas provas, vai pegar fogo. Primeiro, o GP dos EUA e depois, a grande decisão em Interlagos, tudo para saber quem vencerá o mundial mais emocionante da história da Fórmula 1.


Pos
Piloto
Equipe
Pts
1
255
2
245
3
198
4
167
5
165
6
153
7
95
8
93
9
90
10
66
11
58
12
49
13
46
14
43
15
43
16
30
17
12
18
10
19
0
20
0
21
0
22
0
23
0
24
0
25
0


Classificação F1 2012 – Equipes

Pos
Equipe
Motor
Pts
1
422
2
340
3
318
4
288
5
136
6
124
7
95
8
73
9
22
10
0
11
0
12
Espanha HRT
0