segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Uma velha Senhora para salvar a Itália



       A UEFA Champions League já começou e de destaque podemos tirar como sempre, Barcelona e Real Madrid, que venceram grandes jogos, atual vice campeão, o Bayern também convenceu. Arsenal e Manchester United venceram com dificuldades e poderão penar na competição. 


Andrea Pirlo é a força da Juventus para voltar a conquistar a Liga dos Campeões. (Zimbio)
Contudo, o jogo que mais me chamou atenção foi o clássico entre Chelsea e Juventus. Com o espírito de atual campeão, o Chelsea fez dois a zero com sua jóia, Oscar. A Velha Senhora, com um elenco muito forte e entrosado, empatou e calou o Stamford Bridge.
Primeira rodada à parte, vale destacar o excelente e invicto time da Juventus. Após uma temporada excepcional em 2011/2012, a Juve conquistou o Calcio de maneira invicta e ainda levou o vice da Copa Itália. Já nessa temporada, a Juventus conquistou a super copa da Itália e manteve o ótimo desempenho, porém, a equipe começou a temporada 2012/2013 sofrendo um baque, o seu comandante, Antonio Conte, foi suspenso por dez meses pela Federação italiana de futebol por participar do esquema de manipulação de resultados.
Todavia, o time se reforçou muito bem e com uma base pronta e entrosada já lidera o Calcio e não deverá ter problemas para se classificar na Liga dos Campeões. Para essa temporada, vieram a ainda promessa Giovinco, o zagueiro Lúcio, o chileno Isla, o volante ganês Asamoah e o gigante dinamarquês Bendtner.
A Juve já celebrou título
nessa temporada. (The Independent)
 A última vez que um time italiano conquistou a Liga dos Campeões foi na temporada 2009/2010, quando a Internazionale de José Mourinho, venceu o Bayern por 2 a 0. De lá pra cá, o futebol italiano vive um crise, tanto é que Juventus e Milan são os únicos representantes na Champions. O Calcio perdeu umas das vagas que dão acesso a maior competição da UEFA para a Alemanha, que tem seu campeonato muito fortalecido. O Milan vem bastante enfraquecido e deverá decepcionar na competição, já a Senhora, está muito bem preparada e certamente deverá brigar pelo título.
Para restabelecer e devolver o futebol da Itália ao topo da Europa, a Juve terá a difícil mas não impossível missão de conquistar o maior torneio de futebol do mundo. Mesmo após a saída de seu maior ídolo, Del Piero, a equipe vai com a força e a história de Buffon, Pirlo, Quagliarella, Chiellini, Marchisio, Vidal e Cia para recolocar a Juve onde ela realmente merece. Avanti Vecchia Signora!