sábado, 21 de julho de 2012

UFC 149: O mais zicado de todos os tempos!


Bom dia, meus amigos leitores! Como eu comecei esse post no dia 20 de julho, que é o dia do amigo, gostaria de ratificar minha saudação, pois nós da tribuna do Cisco temos muito prazer em que escrever sobre os mais diversos temas para agradar a todos.
Poster oficial do evento. (UFC.com)
Mas, deixando a bajulação de lado, vamos ao que interessa que é o UFC. Após apenas dois finais de semana, a maior organização de lutas do mundo promoveria um dos super card para este final de semana. Mas, aparentemente, Dana White se esqueceu de pedir proteção para seus lutadores neste evento. Por mais que tenha uma disputa de cinturão interino, as lesões de vários atletas acabaram ofuscando e evento como um todo. Foram mais de 10 ausências por lesão! Entre eles estão os brasucas Minotauro (que machucou o braço, mas participou das danças dos famosos bem de boa...), Tiago Alves e Thiago Silva, além de Michael Bisping, Siyar Bahadurzada, Claude Patrick entre outros e o campeão dos penos leves do DREAM, Bibiano Fernandes, que não conseguiu chegar a um acordo contratual com a franquia.
O Scotiabank Saddledome já viu outros tipos de lutas. (yahoosports.com)

Mas não há só ausências no UFC 149. Este será o primeiro evento na cidade de Calgary no Canadá, que é o país que mais recebe eventos depois dos EUA. O Scotiabank Saddledome, casa do Calgary Flames, time da NHL (Liga profissional de Hockey dos EUA e Canadá) vai hospedar o UFC 149. E teremos a estreia de um lutador que pode ser a chave para muitos PPV vendidos, o cubano Héctor Lombard, ex-judoca profissional e ex-campeão dos pesos médios do Bellator (hoje, o principal concorrente do UFC), ele e Chris Weidman são os mais cotados para enfrentar Anderson Silva numa próxima defesa de cinturão. A receptividade dos canadenses ao MMA é muito positiva para que tantos eventos sejam organizados e realizados no país dos castores. E eles serão representados por sete lutadores, contudo, nenhuma grande estrela canadense dará o “ar da graça”, isso é perceptível ao reparar que apenas um lutador figurará no card principal. Além da grande luta da noite que consagrará o adversário de Dominick Cruz pelo cinturão dos galos entre Urijah Faber e Renan Barão. O primeiro foi o responsável pela única derrota do atual campeão no MMA. Já o segundo, vem há bastante tempo sendo escolhido o grande adversário do atual campeão. 

Não é desses galos que estamos falando hoje. 
A quantidade de lesões atrapalhou muito este evento. Afetou tanto o card principal como o card premiliminar, que acabou sendo composto por lutadores em ascensão. Os destaques são para as pelejas entre o ex-bad boy Court McGee e o mocinho da vida real Nick Ring (para quem não sabe, Ring ajudou um casal que estava sendo espancado e assaltado por meliantes.). O especialista no solo Roland Dolorme contra o rapidinho Francisco Rivera, que tem possui cinco vitórias no primeiro round. E para finalizar, o canadense Ryan Jimmo fará sua estreia no UFC contra o australiano Anthony Perosh.

Agora vamos para a parte mais legal, as previsões! É com muito desgosto que eu informo o vergonhoso número de apenas duas vitórias (Uma delas foi a vitória de Demian Maia, que me deixou bem feliz!).

CHRIS CLEMENTS X MATT RIDDLE
Essa luta dos meio-médios será a única com um representante do Canadá no card principal. Clements tem uma boa variação de golpes em pé e um excelente poder de nocaute, pois dez das onze vitórias dele ocorreram desta maneira. Riddle se movimenta muito, tem um excelente cardio e queixo muito bom. Apresenta uma boa variação de golpes, mas não tem um poder de nocaute efetivo. Todavia, Riddle leva vantagem na luta no solo, por ter um bom tempo de queda e poder amarrar a luta. Entretanto, acredito que o canadense vai estar muito motivado para vencer em casa.

PALPITE: CLEMENTS POR NOCAUTE NO SEGUNDO ROUND.

Ebersole e sua belíssima depilação (Sherdog.com)
BRIAN EBERSOLE VS JAMES HEAD

Se existe um cara que é totalmente subestimado na categoria dos meio-médios o nome dele é Brian Ebersole. Mais conhecido como o homem da “seta”, Ebersole é um lutador muito duro e raçudo, sempre dando o máximo quando entra o octógono. Carrega uma invencibilidade dentro do UFC e vem de 11 vitórias seguidas! Seu adversário, James Head, é um lutador bastante equilibrado, que sabe mesclar bem golpes em pé e se sente bastante confortável no chão, tento até participado de campeonatos de submission. A luta vai ser muito dura, pois Ebersole, apesar de ser mais forte que Head, já foi finalizado 9 vezes na sua carreira.

PALPITE: EBERSOLE POR DECISÃO UNÂNIME

CHEICK KONGO VS SHAWN JORDAN

De uma coisa podemos ter certeza, nessa luta teremos um nocaute. Cheick Kongo é veterano e é conhecido pelo seu poder de nocaute. Mas Kongo não tem o mesmo queixo de antigamente, vem de derrota por nocaute e quase foi nocauteado por Pat Barry. Shawn Jordan possui uma boa habilidade de boxe, mostrando precisão em seus socos. Também como Kongo, tem um grande poder de nocaute. Jordan fará sua segunda luta no UFC, contra alguém que tem servido de elevador para outros lutadores. Mas, estamos falando da categoria dos pesados e um soco pode resolver tudo.

PALPITE: KONGO POR NOCAUTE NO PRIMEIRO ROUND

HECTOR LOMBARD VS TIM BOETSCH

A estreia do cubano Hector Lombard está gerando bastante expectativa a todos os fãs do MMA. Após varrer a categoria dos médios no Bellator e possuir mais de vinte lutas de invencibilidade, Lombard é a aposta de Dana White para causar algum incômodo ao “invencível” Anderson Silva. Já Boetsch tem feito boas apresentações após baixar seu peso para a categoria dos médios, tendo vencido três pelejas, inclusive uma virada contra o japonês Yushin Okami. Lombard possui habilidades em todas as situações de lutas, sendo graduado em judô e jiu-jitsu e ostentando dezessete vitórias por nocaute. Boetsch é um ótimo wrestler e possui um bom poder de nocaute, mas terá de se desdobrar para vencer o cubano.

PALPITE: LOMBARD POR NOCAUTE NO SEGUNDO ROUND

URIJAH FABER VS RENAN BARÃO

A estratégia de Aldo contra Faber deu certo (google.com)
Quem fala que não gosta de luta de pesos leves, deve parar para assistir esse combate. O californiano Urijah Faber é um excelente lutador. Possui um wrestling de primeira linha e um bom poder de nocaute, além de um cardio que parece não ter fim. Mas Faber já foi derrotado por um companheiro de treinos de Barão, José Aldo, que minou a movimentação de Faber com chutes na perna. Barão terá sua chance de enfrentar o campeão da categoria se passar pelo americano, que, para muitos, é mais difícil que o próprio campeão. Barão vem da Nova União, academia que tem formado excelentes lutadores de categorias leves. Barão ainda possui a maior invencibilidade da história do MMA, com 28 triunfos seguidos. Imagino que pelo background dos lutadores, a luta vai terminar no solo. Vai ser muito difícil prever um resultado, mas confio e vou torcer muito pelo brasileiro.

PALPITE: BARÃO POR FINALIZAÇÃO NO SEGUNDO ROUND!

Vai pra cima deles, Barão!! (Sherdog.com)





WAR BARÃO!!!!!!!!!