sexta-feira, 6 de julho de 2012

Em busca do tesOURO olímpico.


Hoje é um dia que marcante o futebol brasileiro. Além do merecido título do Sport Club Corinthians Paulista e a final da copa do Brasil entre Palmeiras e Coritiba, foi divulgada a lista dos 18 jogadores que disputarão as olimpíadas em Londres. Sim, Mano Menezes (AKA Burro da CBF) fez suas escolhas, aquela que começou com uma lista imensa no começo do ano, logo após a saída de Ricardo Teixeira da CBF e foi enxuta após a excursão contra Dinamarca, EUA, México e Argentina. Mano deixou claro que durante essas partidas, muitos jogadores que jogaram seriam avaliados. Foi o que aconteceu, para a surpresa de muitos (ou melhor, todos) o treinador da CBF foi coerente com suas palavras.

A grande diferença da importância desta lista de jogadores não é só de um título inédito que o Brasil pode conseguir, mas sim, o futuro do treinador na seleção. No ano de 2000, Vanderlei Luxemburgo tinha um retrospecto muito mais positivo que Mano Menezes, sendo o campeão da última Copa América e se mantinha entre os classificados para a copa de 2002. Mas era Luxemburgo e toda sua arrogância, o que fez com que ele apostasse em um monte de jovens e tropeçar diante do fraco time de Camarões com nove jogadores em campo. A derrota não passou em branco e custou o emprego de Luxa. Sem dúvidas nenhuma, esse filme foi apresentado ou lembrado para Mano. Sinceramente, tomara que sim, porque a batata está assando.

Os africanos sempre são fortes em Olimpíadas (Estadao.com.br)
A grande diferença dos momentos era exatamente a renovação do time. No ano 2000, o Brasil contava com um grupo de jovens que em pouco participavam da seleção principal. Ronaldinho Gaúcho foi o símbolo daquela geração, que ainda contava com Alex Cabeção, Fábio Aurélio, Luisão,  Edu, Athirson, Hélton, Baiano (VIXI MARIA!!), Mozart (QUÉINNNNNN???) e alguns mais. Já Mano Menezes vai utilizar uma boa parte do time que ele considera titular da seleção principal, o que deveria dar mais entrosamento à equipe.... Bem, deveria, né?

Outro detalhe é que o torneio de futebol dos jogos olímpicos tem um nível mais fraco, isso é muito evidente ao assistir as partidas. Isso não significa que as partidas serão fáceis, mas que, teoricamente, o Brasil tem um material humano suficientemente bom para acreditar no ouro olímpico. E o que traria desconfiança para os torcedores? Além de todo retrospecto da seleção pós copa de 2010, nada!

Vamos à lista:

GOLEIROS
Neto (Fiorentina)
Rafael (Santos)
LATERAIS
Danilo (Porto)
Rafael (Manchester United)
Alex Sandro (Porto)
Marcelo* (Real Madrid)
ZAGUEIROS
Thiago Silva* (Milan)
Juan (Inter de Milão)
Bruno Uvini (São Paulo)
VOLANTES
Rômulo (Ex-Vasco e agora no Spartak)
Sandro (Tottenham)
MEIAS
Oscar (Inter-RS)
Paulo Henrique Ganso (Santos)
Lucas (São Paulo)
ATACANTES
Alexandre Pato (Milan)
Hulk* (Porto)
Leandro Damião (Internacional)
Neymar (Santos)

O "jeitinho brasileiro" de comemorar os resultados dos jogos olímpicos.(Estadão.com.br)
Antes de começar a falar posição por posição, eu estou tentado fazer um desenho tático da equipe. Mano vem jogando com um 4-2-1-3 na seleção principal, mas, com apenas dois volantes, acredito que esse plano está complicado. Aliás, dois volantes é pouco e vai complicar MUITO! O problema é que não há peças de reposição. Para mim, o grande erro foi chamar quatro laterais, podendo levar algum que servisse como coringa e atuasse nos dois lados.

Sem mais delongas, vamos analisar os convocados:

GOLEIROS – Indiscutível. Rafael está fazendo um excelente trabalho no Santos há bastante tempo. Foi titular na última excussão e não há do que reclamar. Neto é outro jogador muito seguro e de bom histórico. Fez um excelente campeonato brasileiro em 2010 pelo Atlético Paranaense e hoje está no Fiorentina com todos os méritos. Pelo menos nessa posição, Mano e eu estamos de acordo.

LATERAIS – Não tem como eu começar de outra forma. QUATRO LATERAIS???? NÃO É COPA DO MUNDO, MANO!!!!! E outra, tirando Marcelo, que é o melhor jogador da seleção hodiernamente, os outros três não vêm de boas partidas pela equipe canarinho. Danilo será o provável companheiro de Marcelo e espero que seja de fato utilizado, pois suas últimas partidas, ninguém passava a bola para ele. Já sobre os outros dois, não tenho nada a comentar porque não jogaram nada quando estiveram em campo. Alex Sandro teve mais destaque, mas nada relevante.

ZAGUEIROS – Escolhas previsíveis. Thiago Silva é o melhor zagueiro do mundo e o seu companheiro de defesa será o segundo melhor zagueiro das Olimpíadas. Juan e Uvini são jovens promissores que aprenderão bastante com o capitão brasileiro. Aliás, Uvini jogou um bolão no último mundial sub-20, que é o torneio que mais se aproxima dos jogos olímpicos. Entretanto, acredito que Juan será o titular, como foi nas últimas partidas. Gostei das escolhas.

VOLANTES – Dois volantes?? DOIS VOLANTES????? Isso deveria ser brincadeira, mas quando lembramos que Mano é o treinador, percebemos que é verdade. Romulo é um grande jogador. Sandro nem tanto. Mas, futebol é fase e não sabemos o que ocorrerá durante o certame. A minha grande crítica é não ter peça de reposição. Lesões e suspensões existem e atrapalham times, todo torcedor sabe disso, como é que o treinador não leva isso em consideração? Vai improvisar quem? Tá vendo que o quarto lateral atrapalhou!

"Mano, você concorda com a opinião de Romário?" (mundo das tribos)
MEIAS – Fico muito feliz em ver Oscar encabeçando esta lista. O jogador do Internacional hoje é o melhor meio-campista do Brasil e titular da seleção principal. Ele consegue juntar a sua agilidade com técnica, algo que seus dois concorrentes (Ganso e Lucas) para a vaga ainda não conseguiram. Lucas faz um bom ano. Oscila um pouco, é verdade, mas acredito que será muito importante para as olimpíadas, além de ter sido fundamental para a classificação do Brasil para os jogos olímpicos. Já Ganso vive um momento horrível! Ninguém consegue entender a baixa do jogador. Ganso não aparenta desinteressado, ele está! É nítido quando assistimos as transmissões do Santos e agora seus problemas contratuais. Mas, Ganso joga muita bola, e nenhum treinador o deixaria de fora.

ATACANTES – Por mais que seja fã do seu futebol, a convocação de Hulk é questionável. Quatro atacantes também é muito, mas faz sentido. Porém, Hulk jogou muita bola nos amistosos, então, carimbou sua vaga aí. Além deles nós temos Neymar, grande esperança da seleção nas olimpíadas e que não está vivendo uma boa fase. Aliás, gostaria que a mídia esquecesse um pouco o garoto para ver se ele resolve voltar a jogar bola. Damião é o camisa “9” do time principal, ou seja, isso já o credencia. Já Pato, bem, qual Pato jogará? O craque que o Brasil espera que ele comprove ser? Ou o ex-jogador em atividade com idade olímpica que aparece mais em coluna social do que jornais esportivos? Espero que o primeiro.

Bem, as respostas para essas perguntas, só quando a tocha olímpica for acesa.

Mano, eu acredito no seu trabalho! (Futirinhas.com)




PS : FORA MANO!!