terça-feira, 19 de junho de 2012

Rooney estréia e França sofre para classificar


Grupo D:

Ucrânia 0 x 1 Inglaterra (Rooney): A fase de grupos da UEFA Euro 2012 se encerrou hoje com a estréia de Wayne Rooney e um final polêmico entre Ucrânia e Inglaterra. A Ucrânia precisava de uma simples vitória sobre o English Team para classificar-se, a Inglaterra de Roy Hodgson, bastava apenas um empate.
Enfim, Rooney estréia na Euro 2012. (Reuters)
        No primeiro tempo, os ucranianos foram bem melhores e viram uma Inglaterra se defendendo bem, principalmente com o zagueirão do Chelsea, John Terry e grandes defesas de Joe Hart. Com Shevchenko no banco por cansaço, Devit o substituiu, porém, o atacante não chega nem aos pés do Sheva com 35 anos. Apesar dos ataques ucranianos, a melhor chance da primeira etapa foi inglesa, num boa bola cruzada de Ashley Young, mas Rooney, o estreante da noite não conseguiu cabecear com eficiência.
        Os ingleses mostraram muita força na fase de grupos da Euro, surpreendendo a muitos e agora vai com moral elevada para a fase final do torneio europeu. No segundo tempo, a Inglaterra foi se soltando, muito por conta do craque inglês nessa Euro, Steven Gerrard embalou a equipe para o ataque. O goleiro da Ucrânia, Pyatov, parecia bastante nervoso e deixava bolas bobas passar. Foi assim que o gol inglês saiu.
        Logo com 2 minutos, Gerrard driblou bonito e cruzou para a área ucraniana, a bola desviou em dois jogadores da Ucrânia e o goleiro Pyatov não segurou, a bola sobrou para Wayne Rooney empurrar para as redes. A Ucrânia sentiu o gol e errava sempre na saída para o jogo.
        Aos 15 minutos de jogo, veio a polêmica, a bola foi lançada para Milevskiy, que em posição irregular passou para Devic, o atacante chutou na saída de Hart, John Terry se esforçou e fez um milagre, tirando a bola do gol. Os jogadores ucranianos reclamaram muito, pois disseram que a bola entrou. Reafirmando ainda mais o apelo de todos, a FIFA tem que colocar o chip nas bolas dos campeonatos, é a única saída para um jogo mais justo. Ironia do destino, a Inglaterra foi eliminada na copa 2010 para a Alemanha num lance parecido, Frank Lampard mandou para o gol, mas os árbitro não consideraram gol por considerar que a bola não tinha entrado totalmente, agora, a Inglaterra consegue a classificação.
Surpreendente, a Inglaterra se classifica em primeiro lugar. (AFP)
        No desespero, o técnico da Ucrânia, Oleh Blokhin colocou Shevchenko, que entrou aplaudido pela torcida. Apesar da euforia, Sheva não  conseguiu faazer o milagre e a Ucrânia deu adeus a UEFA Euro 2012.
        Assim como Suiça e Áustria, em 2008, Polônia e Ucrânia estão fora da Eurocopa em sua casa logo na fase de grupos, porém, os ucranianos deixaram o campo aplaudidos pelo esforço, já a Polônia, deixou a Euro com  um sabor de fracasso, pois não conseguiu sequer vencer uma partida.
        Voltando para o grupo D, a Inglaterra surpreende e consegue se classificar em primeiro. Mais do que motivados, agora o English Team encara a Itália que também vem em ascensão, um grande duelo as quartas de final nos reserva.

Inglaterra
Hart, Johnson, Terry, Lescott e Cole; Gerrard, Young, Milner (Walcott), Parker, Rooney (Chamberlain); Welbeck (Carroll)
Ucrânia
Pyatov, Selin, Rakitskiy, Tymoshchuk e Khacheridi; Garmash (Nazarenko), Gusev, Yarmolenko, Konoplyanka; Milevskiy (Butko), Devic (Shevchenko)
Técnico: Roy Hodgson
Técnico:Oleh Blokhin (UKR)
Gols: Rooney, aos 2 minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos:Gerrard e Cole (Inglaterra); Tymoshchuk e Shevchenko (Ucrânia)
Árbitro:Viktor Kassai (HUN)
Auxiliares:Gabor Erös (HUN) e György Ring (HUN
Local: Donbass Arena, em Donetsk (Ucrânia)


França 0 x 2 Suécia (Ibrahimovic – Larsson): Na despedida da já eliminada Suécia, a favorita França jogou mal e foi derrotada por Ibra e Cia. Com um bom futebol, a Suécia deixa a Euro com um ar de que podia ter ido melhor na competição.
Ibra manda um lindo petardo para o gol. (Getty Images)
        Num dos primeiros tempos mais chatos da Euro 2012, franceses e suecos pareciam satisfeitos com o empate, vale destacar que para a França a vitória era importantíssima, já que caso perdesse ou empatasse, os franceses poderiam ter um precoce encontro com a campeã mundial, a Espanha.
        No segundo tempo, o jogo melhorou e Ibra decidiu. A Suécia atacou e dessa vez, não cometeu os erros dos outros jogos, onde permitiu a virada adversária. Aos 8 minutos, Ibrahimovic marcou o gol mais bonito da Eurocopa até o momento, passando o lindo petardo de Balotelli ontem.
Larsson decreta a saideira sueca da Euro 2012. (Reuters)
        A França nem procurou empatar o jogo, pelo contrário, parecia muito conformada com a derrota. No fim da partida, aos 46 minutos, Larsson decretou o fim para a Suécia e classificação da França, 2 a 0 para a Suécia.
        Perdendo o jogo, a França perde uma invencibilidade de 23 jogos e os torcedores franceses começam a realmente pensar se essa seleção tem condições de conquistar a Euro. A França agora encara a temida Espanha, a grande prova de fogo de Laurent Blanc sob o comando do selecionado francês.
       

Suécia
Isaksson, Granqvist, Mellberg, J Olsson e M Olsson; Svensson (Holmén), Kallstrom, Larsson e Bajrami (Wilhelmsson); Ibrahimovic e Toivonen (Wernbloom).
França
Lloris, Debuchy, Rami, Mexès e Clichy; Diarra, Nasri (Ménez), M'Vila (Giroud), Ben Arfa (Malouda) e Ribéry; Benzema.
Técnico: Erik Hamrén.
Técnico: Laurent Blanc.
Gols: no segundo tempo: Ibrahimovic, aos 8 minutos, Larsson, aos 46 minutos
Cartões amarelos: Svensson e Holmén (SUE) e Mexès(FRA)
Local: Estádio Olímpico de Kiev. Árbitro: Pedro Proença (Portugal)


Confira como ficou o grupo D após as três rodadas:

1
Inglaterra
7
3
2
1
0
5
3
2
77.8
2
França
4
3
1
1
1
3
3
0
44.4
3
Ucrânia
3
3
1
0
2
2
4
-2
33.3
4
Suécia
3
3
1
0
2
5
5
0
33.3





Com o fim da fase de grupos, a Euro volta quinta-feira com o início da fase de quartas de final da UEFA Euro 2012. Os confrontos das quartas ficaram assim: República Tcheca X Portugal, Grécia X Alemanha, Espanha X França e Inglaterra e Itália. Grandes jogos nos reservam no evento futebolístico do ano. Quem conquista a Euro 2012? Bem, isso só o tempo irá nos dizer...