quinta-feira, 5 de abril de 2012

Classificações sem surpresas


            Fim da fase de quartas de final da UEFA Champions League. Sem nenhuma surpresa, os favoritos Barcelona, Bayern, Chelsea e Real Madrid passaram sem grandes dificuldades e agora farão clássicos nas semifinais que definirão as equipes que vão à Munique disputar a grande final da liga.


Barça comemora mais o triunfo sobre o Milan. (Daily Mail)
Barcelona 3 x 1 Milan (Messi - Nocerino - Messi - Iniesta): Após um primeiro confronto parado Barcelona e Milan fizeram um grande jogo de volta no Camp Nou. Com pênaltis polêmicos, ou não, os catalães dominaram bem a partida, porém, enfrentaram um Milan aguerrido que sofreu o gol de pênalti e foi buscar o empate, numa boa jogada que resultou no gol de Nocerino. Pouco tempo depois, mais um pênalti para o Barcelona, Messi colocou o barça na frente e, depois, bastou controlar o jogo. Os espanhóis ainda ampliaram com Iniesta e agora vão às semifinais enfrentar o Chelsea, relembrando aquele grande duelo polêmico de 2009.



Sempre competente, Olic comemora mais um gol do Bayern. (Reuters)
Bayern 2 x 0 Olympique (Olić - Olić):  Depois do 2 a 0 no jogo de ida, os bávaros já estavam praticamente classificados, todavia, o time alemão não teve pena do Olympique e, mesmo poupando alguns titulares, venceu os franceses por 2 a 0, com dois gols do croata Ivica  Olić, que estava um pouco esquecido no banco do clube de Munique. Ao Bayern, o sonho de disputar a final em sua casa, e ao Olympique, a sensação do dever cumprido de chegar as quartas, com todas as dificuldades sofridas na temporada. Os bávaros agora duelarão com o fortíssimo Real Madrid por um lugar na tão sonhada final.



Frank Lampard converte seu penalti e garante o Chelsea nas semis. (EFE)
Chelsea 2 x 1 Benfica (Lampard - Javi García - Raul Meireles): Talvez o único jogo “emocionante”. O Chelsea venceu tanto na ida, quanto na volta o Benfica. Com a vantagem aberta no primeiro confronto, o Chelsea não esperou o Benfica e foi pra cima, conseguindo um pênalti aos 21 minutos do primeiro tempo que resultou no gol de Lampard. No finzinho do segundo tempo, Javi García empatou o jogo e parecia que ia botar fogo na partida. Mas que nada! Poucos minutos depois, em um contra ataque fulminante, Raul Meireles fez boa jogada sacramentando a classificação londrina a mais uma semifinal de Champions League. É a sexta aparição dos Blues em semifinais e vão ter pela frente, o melhor dentre todos Barcelona.



Real Madrid 5 x 2 Apoel (Ronaldo - Kaká - Manduca - Ronaldo - Callejón - Solari - Di María): Os madrilenhos deitaram e rolaram na fase de quartas de final, enfrentaram um Apoel, onde o que viesse era lucro, portanto, o Real não tomou conhecimento da equipe cipriota e após os 3 a 0 em Nicósia, massacrou o time em Madri. Uma partida excepcional de Kaká, que relembrando os tempos de Milan, marcou um lindo petardo e por pouco não marcou outro parecido. Vale destacar a excelente volta de Ángel di María, que mandou uma linda bola de cobertura no quinto gol dos merengues. O Apoel deixa a Liga dos Campeões de cabeça erguida e com muito respeito conquistado após uma ótima fase de grupos e eliminando o Lyon nas oitavas de final. O Real agora pega toda a artilharia pesada do Bayern de Munique por um lugar no eldorado.
Kaká é o homem da partida contra o Apoel. (Reuters)
A fase semifinal ocorrerá em duas partes, nos dias 17 e 18, e 24 e 25 de abril, com grandes embates que prometem pegar fogo e é claro que a Tribuna irá cobrir tudo o que rola no maior campeonato de clubes do mundo.