segunda-feira, 23 de abril de 2012

Campeão, o retorno


O Grande Prêmio do Bahrein, a quarta corrida da temporada da Fórmula 1, encerrou a primeira etapa do campeonato, já que agora as corridas vão para a Europa (Espanha e Mônaco) e depois para o Canadá até retornar a Europa, para uma longa etapa.

O alemão conquista sua primeira vitória na temporada. (Reuters)
Na disputa pela pole position, no sábado, vimos o eterno mito da F1 Michael Schumacher ir mal e parar logo no Q1, largando na décima sétima posição. Se um alemão foi mal, outro velho conhecido alemão foi muito bem, Sebastian Vettel enfim conseguiu se manter bem no grid, conquistando a pole com o tempo de 1m32s422, foi a primeira pole do bicampeão mundial nesta temporada. Completando a primeira fila ao lado de Vettel ficou Lewis Hamilton, que faz uma ótima temporada. Na segunda fila, mais uma vez dobradinha da RBR e McLaren, com Mark Webber e Jenson Button, respectivamente. Os brasileiros não foram bem e ficaram no Q2 com Felipe Massa em décimo quarto e Bruno Senna logo atrás em décimo quinto.
A Renault Lotus celebra dobradinha no pódio. (Getty Images)
No domingo, eis a corrida e, de ponta a ponta, vimos o melhor piloto da atualidade, Sebastian Vettel, dominar a prova e entrar de vez na disputa do mundial. Em segundo a maior surpresa, Kimi Raikkonen, que fez uma prova sensacional. Após 2 anos fora da F1, o finlandês consegue um pódio logo no início da temporada, resultado muito celebrado pela sua equipe, a Renault Lotus, que depois de momentos turbulentos, vive uma época de calmaria com um exímio profissional no volante. Completando o pódio, ficou Romain Grosjean, companheiro de Raikkonen na Lotus, o francês conseguiu seu primeiro pódio na carreira, o resultado coloca a Renault Lotus na briga pelo mundial de construtores, a equipe agora é terceira colocada, só atrás de RBR e McLaren, respectivamente.
Dentre os brasileiros, Felipe Massa fez sua melhor corrida na temporada, terminado a prova na nona colocação. Enquanto isso, Bruno Senna fez sua pior e ficou na vigésima segunda posição.
Com quatro corridas completadas, Sebastian Vettel lidera o mundial de pilotos com 53 pontos, seguido por Lewis Hamilton com 49 e Mark Webber com 48. Entre as equipes, a RBR com 101 e a McLaren com 92 tem uma ligeira vantagem sobre a terceira colocada Renault Lotus que tem 57 pontos.
Será que o campeonato mais equilibrado dos últimos anos nos reservará mais surpresas? (Getty Images)
O nosso próximo encontro é no Grande Prêmio de Barcelona, no dia 13/05, e numa temporada tão equilibrada, não se pode prever nada. É esperar pra ver.