sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Love para estancar a crise


Hoje pela manhã o Clube de Regatas do Flamengo apresentou a contratação da temporada no futebol brasileiro, o velho conhecido da torcida Vágner Love que sempre se mostrou com muita vontade de voltar e hoje concretiza um verdadeiro sonho.

Love se emociona ao vestir o "manto sagrado".
Em meio a turbulências no clube carioca, Love chega para amenizar a crise que sempre atrapalha o rubro negro, tanto financeira como política, o clube sempre deixa se expor e acaba gerando mal estar nos bastidores e se espalha pela imprensa. Love chegou prometendo fazer história e um pouco mais do que ele já fez em 2010, ano no qual ele marcou 23 gols em 29 jogos mas não conseguiu nenhum título. O atacante sempre fazia juras de amor ao clube e lutou até o fim para amolecer os russos e voltar a Gávea, agora o craque tem contrato até 2014 e disse que quer morrer no Flamengo, gerando muitas expectativas e prometendo uma boa parceria com o “padrinho” Ronaldinho.

O artilheiro do amor em sua excelente passagem pelo CSKA de Moscou.

Vale destacar na apresentação do artilheiro do amor, a bancada montada com todos os representantes do Fla num verdadeiro ato político já visando a campanha desse ano, realmente lamentável para um clube do tamanho do Flamengo.

Ficha técnica:
Nome: Vagner Silva de Souza.
Data de nascimento: 11 de Junho de 1984 / Rio de Janeiro.
Altura:1,72m.
Peso:75 kg.
Clubes: Palmeiras, CSKA (RUS) e Flamengo.

Veja na íntegra a apresentação de Vágner Love em sua volta ao Flamengo:


terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Um novo eldorado?


Na última semana, o PSG ficou muito perto de anunciar Carlos Tévez como sua nova estrela. Acertou com o Manchester City, mas o próprio Tévez recusou se mudar para a França. Mas, como um clube tão rico não consegue se firmar no mercado?

PSG vem prometendo com os investimentos que recebe do Qatar.

Javier Pastore é a maior contratação da história da França.
O Saint-Germain pertence ao grupo do príncipe Tambim Bin Hamad, do famoso “mundo árabe” e a frente dos negócios está nada mais nada menos que o brasileiro ex-jogador do clube, Leonardo. O time foi ao mercado e anunciou uma das maiores promessas do futebol mundial, Javier Pastore, por 45 milhões de euros junto ao Palermo, mas, de impacto, só o meia chegou. Um dos problemas do PSG não conseguir transações de forte impacto é que a liga da França está longe de ser uma das melhores da Europa e os times da França nem tem tanta tradição nas competições internacionais.
Além de Pastore, o clube parisiense conta com estrelas como: Diego Lugano, Nenê, Ménez e Maxwel e o recém contratado técnico Carlo Ancelotti. Com a negativa de Tévez, o clube busca mais nomes de peso para conseguir títulos importantes e divulgar sua marca pelo mundo. Os novos capítulos dessa “novela” do PSG rumo as grandes ambições continuarão até a equipe encontrar uma cara de time campeão e pronto.

Brasileiro Nenê é um dos destaques do clube parisiense.





quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Virou freguês?

Em mais o confronto Real e Barça, dessa vez pelas quartas de final da Copa do Rei da Espanha e mais uma vez o Barcelona mostrou maturidade suficiente para vencer o arquirrival em pleno Santiago Bernabéu.
Jogo duro com o Real saindo na frente.
Com mais uma vitória, os catalães não perdem para o Real desde a final da Copa do Rei na temporada passada, levando em conta as vitórias do Barça nas semifinais da Liga dos Campeões da Europa e a vitória pelo campeonato espanhol nessa temporada.


O embate foi bastante duro e como sempre não faltou emoção, Cristiano Ronaldo abriu o placar para os madrilenhos no 1° tempo na falha do goleiro Pinto. Após o intervalo o time catalão voltou mais tranqüilo e com o talento de sempre para manter a alta posse de bola que chegou a ser 70% a favor do Barça e Puyol empatou o jogo, e aos 31 do 2° tempo Abidal virou para o time da Catalunha e decretou a vitória.



Dessa vez quem dançou "Ai se eu te pego"
 foi a turma catalã.
Pepe em mais um lance rídiculo de imaturidade.
Não podemos deixar passar despercebido a violência de sempre do zagueiro luso-brasileiro Pepe, em mais lances de puro amadorismo, vimos Pepe pisando na mão esquerda de Messi enquanto ele estava no chão, tudo proposital claro.



O fato é que segue a sina do Real Madrid que não consegue vencer o Barcelona, que por sua vez, ainda não demonstra sinal de fraqueza e segue fazendo história e dando aulas de bom futebol.

Veja os gols da partida:





sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Os marcos de uma lenda


Marcos comemora vitória do Palmeiras
O fim de 2011 chegou e o que todos os amantes do futebol temiam se concretizou: São Marcos disse adeus ao futebol. Um dos melhores goleiros da história do futebol e uma pessoa que sempre mostrou amor ao que fazia e ao clube que jogou em toda sua carreira.                                       


Um exemplo dentro e fora de campo, Marcos foi homem o suficiente para criticar quando precisava criticar, pressionar e motivar o elenco e principalmente, quando criticava a si mesmo buscando fazer o melhor pelo clube ou seleção o qual defendia.

  O goleiro em seu momento de fé. Marcos sempre se mostrou bem religioso .
                                             

Fundamental na campanha que levou o Brasil ao pentacampeonato mundial em 2002 e sem dúvida, se não o melhor, um dos melhores atletas da história do Palmeiras, uma peça que vai deixar saudades não só aos torcedores alviverdes, mas a todos os torcedores e admiradores do futebol em todo o Brasil.


Ficha técnica:

 Marcos Roberto Silveira Reis
4 de agosto de 1973 (38 anos)
Oriente (SP), Brasil
Clubes: Palmeiras 532 jogos
Seleção nacional: 29 jogos

Títulos:
·         Campeonato Brasileiro:1993 e 1994
·         Torneio Rio-São Paulo: 1993 e 2000
·         Campeonato Paulista: 1993, 1994, 1996 e 2008
·         Copa Mercosul: 1998
Marcos na defesa mais importante da campanha do penta.
·         Copa do Brasil: 1998
·         Copa Libertadores da América: 1999
·         Copa dos Campeões: 2000
·         Campeonato Brasileiro Série B: 2003
·         Seleção Brasileira:
·         Copa América: 1999
·         Copa do Mundo: 2002

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Welcome Home, Thierry


No embalo da estréia de Henry inicio a Tribuna do Cisco. Um retorno magistral, fantástico e até mesmo emocionante, algo que não se pode definir apenas com palavras. Essa foi a reestréia do francês Thierry Henry pelo Arsenal. O maior artilheiro da história dos gunners vem por empréstimo de 2 meses junto ao New York Red Bulls.

Henry comemora o gol de sua volta.

O embate foi contra o Leeds United, válido pela Fa Cup, a Copa da Inglaterra, e o jogo caminhava para um zero a zero quando aos 23 do segundo tempo e na primeira oportunidade que teve, o atacante não desperdiçou, com isso os Gunners se classificaram para a 4° fase da copa.






Henry não vem para ser herói e sim para cooperar com o elenco, mas já na sua estréia deixa seus torcedores muito eufóricos e ansiosos para o que vem por aí, vale lembrar que o ponta é o maior artilheiro da história do clube com 227 gols e agora retorna pra ampliar esse recorde.

Sejam bem vindos, sintam-se em casa



O futebol é a grande paixão do Brasil. Esporte número um do planeta, o bate-bola é apresentado ao brasileiro desde o seu nascimento. Gostar de futebol, no nosso país, é quase uma tendência natural, intrínseca ao nosso sangue. O futebol é cultural!

Cartão de visitas do brazuca, o futebol funciona como um grande quebra-gelo em qualquer ambiente. Não existe lugar, seja qual for, em que um bom papo sobre a rodada do fim de semana não integre pelo menos meia dúzia de marmanjos peludos, torcedores fanáticos, defendendo seu próprio clube. Isso sem contar com as mulheres apaixonadas pelo esporte.




Pois muito bem, sou mais um apaixonado pelo futebol. Meu nome é Cisco Nobre e vivo, como e respiro futebol. Esta página nada mais é do que a tentativa de compartilhar com os meus caros amigos algumas gotas dessa paixão. Que elas inspirem uma grande integração. Que o apito inicial esteja dado, a bola está rolando...